PT
BR
Pesquisar
Definições



sede

A forma sedepode ser [primeira pessoa singular do presente do conjuntivo de sedarsedar], [segunda pessoa plural do imperativo de serser], [terceira pessoa singular do imperativo de sedarsedar], [terceira pessoa singular do presente do conjuntivo de sedarsedar] ou [nome feminino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
sede1sede1
|é| |é|
( se·de

se·de

)


nome feminino

1. Lugar em que alguém se pode sentar.

2. Assento de pedra no vão das janelas antigas.

3. Capital de diocese.

4. Jurisdição episcopal.

5. Lugar onde se concentra o poder ou a administração (ex.: sede de concelho).

6. Lugar onde uma empresa ou sociedade tem o seu estabelecimento principal ou a sua maior actividade.

7. Ponto ou lugar onde se concentram certos factos ou fenómenos ou onde um acontecimento se realiza.

8. Lugar de análise, discussão ou avaliação de algo.


em sede de

No âmbito de ou na condição de (ex.: o contrato encontra-se em sede de apreciação pelo Tribunal Arbitral; estes rendimentos devem ser declarados em sede de IRS).

etimologiaOrigem etimológica:latim sedes, -is, assento, morada, centro, fundamento, lugar.
sede2sede2
|ê| |ê|
( se·de

se·de

)


nome feminino

1. Necessidade ou vontade de beber.

2. Falta de humidade ou de água. = SECURA

3. [Figurado] [Figurado] Desejo ardente.

4. Desejo de obter bens ou poder. = AVIDEZ, COBIÇA

etimologiaOrigem etimológica:latim sitis, -is.
serser
|ê| |ê|
Conjugação:irregular.
Particípio:regular.


verbo copulativo

1. Serve para ligar o sujeito ao predicado, por vezes sem significado pleno ou preciso (ex.: o dicionário é útil).

2. Corresponder a determinada identificação ou qualificação (ex.: ele era muito alto; ela é diplomata).

3. Consistir em.

4. Apresentar como qualidade ou característica habitual (ex.: ele é de manias; ela não é de fazer essas coisas).

5. Estar, ficar, tornar-se.

6. Exprime a realidade.

7. Acontecer, ocorrer, suceder.

8. Equivaler a determinado valor, custo ou preço (ex.: este relógio é 60€).


verbo transitivo

9. Pertencer a (ex.: o carro é do pai dele).

10. Ter como proveniência (ex.: o tapete é de Marrocos).

11. Preferir ou defender (ex.: eu sou pela abolição da pena de morte).


verbo intransitivo

12. Exprime a existência.

13. Acontecer, suceder (ex.: não sei o que seria, se vocês se fossem embora).

14. Indica o momento, o dia, a estação, o ano, a época (ex.: já é noite; são 18h00).


verbo auxiliar

15. Usa-se seguido do particípio passado, para formar a voz passiva (ex.: foram ultrapassados, tinha sido comido, fora pensado, será espalhado, seríamos enganados).


nome masculino

16. Aquilo que é, que existe. = ENTE

17. O ente humano.

18. Existência, vida.

19. O organismo, a pessoa física e moral.

20. Forma, figura.


a não ser que

Seguido de conjuntivo, introduz a condição para que algo se verifique (ex.: o atleta não pretende mudar de clube, a não ser que a proposta seja mesmo muito boa).

não poder deixar de ser

Ser necessário; ter forçosamente de ser.

não poder ser

Não ser possível.

não ser para graças

Não gostar de brincadeiras; ser valente.

o Ser dos Seres

Deus.

qual é

[Brasil, Informal] [Brasil, Informal] Expressão usada para se dirigir a alguém, geralmente como provocação (ex.: qual é, vai sair da frente ou não?).

ser alguém

Ser pessoa importante e de valia.

ser com

Proteger.

ser dado a

Ter inclinação para.

ser da gema

Ser genuíno.

ser de crer

Ser crível; merecer fé.

ser humano

O homem. = HUMANO

ser pensante

O homem.

etimologiaOrigem etimológica:latim sedeo, -ere, estar sentado.
Confrontar: cer, sere.
sedarsedar
( se·dar

se·dar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

Moderar; acalmar; assedar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "sede" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Qual a abreviatura da palavra tonelada (tonelada métrica)?
A tonelada métrica é uma unidade de medida de massa, que se representa pelo símbolo t, e equivale a mil quilogramas (1 t = 1000 kg).



Em "Ninguém te vai agradecer", qual a função sintáctica de te? Será complemento indirecto?
O pronome pessoal te pode desempenhar função de complemento directo (ex.: vi-te ontem) ou de complemento indirecto (ex.: dei-te um beijo). No caso em apreço, o pronome te desempenha a função de complemento indirecto, uma vez que corresponde à pronominalização de uma construção do verbo agradecer como transitivo indirecto, com a preposição a (agradecer-te = agradecer a ti), podendo ocorrer com um complemento directo (ex.: ninguém te vai agradecer o favor = ninguém to vai agradecer).
Para determinar a função sintáctica deste pronome, é útil substituir a segunda pessoa gramatical (tu > te) pela terceira (ele > o/lhe), pois neste caso o complemento directo e o complemento indirecto têm formas diferentes, o para o complemento directo, lhe para o complemento indirecto (ex.: ninguém vai agradecer o favor ao rapaz > ninguém lhe vai agradecer o favor / *ninguém o vai agradecer o favor; o asterisco indica agramaticalidade).

Para dúvidas deste teor, poderá consultar uma obra como o Dicionário Gramatical de Verbos Portugueses, dirigido por João Malaca CASTELEIRO (Lisboa: Texto Editores, 2007), que contém a explicitação das funções sintácticas de cada verbo.