PT
BR
Pesquisar
Definições



sede

A forma sedepode ser [primeira pessoa singular do presente do conjuntivo de sedarsedar], [segunda pessoa plural do imperativo de serser], [terceira pessoa singular do imperativo de sedarsedar], [terceira pessoa singular do presente do conjuntivo de sedarsedar] ou [nome feminino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
sede1sede1
|é| |é|
( se·de

se·de

)


nome feminino

1. Lugar em que alguém se pode sentar.

2. Assento de pedra no vão das janelas antigas.

3. Capital de diocese.

4. Jurisdição episcopal.

5. Lugar onde se concentra o poder ou a administração (ex.: sede de concelho).

6. Lugar onde uma empresa ou sociedade tem o seu estabelecimento principal ou a sua maior actividade.

7. Ponto ou lugar onde se concentram certos factos ou fenómenos ou onde um acontecimento se realiza.

8. Lugar de análise, discussão ou avaliação de algo.


em sede de

No âmbito de ou na condição de (ex.: o contrato encontra-se em sede de apreciação pelo Tribunal Arbitral; estes rendimentos devem ser declarados em sede de IRS).

etimologiaOrigem etimológica:latim sedes, -is, assento, morada, centro, fundamento, lugar.
sede2sede2
|ê| |ê|
( se·de

se·de

)


nome feminino

1. Necessidade ou vontade de beber.

2. Falta de humidade ou de água. = SECURA

3. [Figurado] [Figurado] Desejo ardente.

4. Desejo de obter bens ou poder. = AVIDEZ, COBIÇA

etimologiaOrigem etimológica:latim sitis, -is.
serser
|ê| |ê|
Conjugação:irregular.
Particípio:regular.


verbo copulativo

1. Serve para ligar o sujeito ao predicado, por vezes sem significado pleno ou preciso (ex.: o dicionário é útil).

2. Corresponder a determinada identificação ou qualificação (ex.: ele era muito alto; ela é diplomata).

3. Consistir em.

4. Apresentar como qualidade ou característica habitual (ex.: ele é de manias; ela não é de fazer essas coisas).

5. Estar, ficar, tornar-se.

6. Exprime a realidade.

7. Acontecer, ocorrer, suceder.

8. Equivaler a determinado valor, custo ou preço (ex.: este relógio é 60€).


verbo transitivo

9. Pertencer a (ex.: o carro é do pai dele).

10. Ter como proveniência (ex.: o tapete é de Marrocos).

11. Preferir ou defender (ex.: eu sou pela abolição da pena de morte).


verbo intransitivo

12. Exprime a existência.

13. Acontecer, suceder (ex.: não sei o que seria, se vocês se fossem embora).

14. Indica o momento, o dia, a estação, o ano, a época (ex.: já é noite; são 18h00).


verbo auxiliar

15. Usa-se seguido do particípio passado, para formar a voz passiva (ex.: foram ultrapassados, tinha sido comido, fora pensado, será espalhado, seríamos enganados).


nome masculino

16. Aquilo que é, que existe. = ENTE

17. O ente humano.

18. Existência, vida.

19. O organismo, a pessoa física e moral.

20. Forma, figura.


a não ser que

Seguido de conjuntivo, introduz a condição para que algo se verifique (ex.: o atleta não pretende mudar de clube, a não ser que a proposta seja mesmo muito boa).

não poder deixar de ser

Ser necessário; ter forçosamente de ser.

não poder ser

Não ser possível.

não ser para graças

Não gostar de brincadeiras; ser valente.

o Ser dos Seres

Deus.

qual é

[Brasil, Informal] [Brasil, Informal] Expressão usada para se dirigir a alguém, geralmente como provocação (ex.: qual é, vai sair da frente ou não?).

ser alguém

Ser pessoa importante e de valia.

ser com

Proteger.

ser dado a

Ter inclinação para.

ser da gema

Ser genuíno.

ser de crer

Ser crível; merecer fé.

ser humano

O homem. = HUMANO

ser pensante

O homem.

etimologiaOrigem etimológica:latim sedeo, -ere, estar sentado.
Confrontar: cer, sere.
sedarsedar
( se·dar

se·dar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

Moderar; acalmar; assedar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "sede" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Ao utilizar o vosso dicionário, obtive o seguinte resultado para a palavra amoníaco: do Lat. ammoniacu < Gr. ammoniakón s. m., gás incolor, de cheiro intenso, sabor acre e com efeitos lacrimogéneos; gás composto de azoto e hidrogénio, que se encontra na urina e nas matérias em decomposição. A partir de lacrimogéneos obtive: masc. plu. de lacrimogéneo, do Lat. lacrima + Gr. gen, r. de gígnomai, gerar. No entanto a palavra lacrimogéneo não aparece no vosso dicionário, mas sim lacrimogénio (com i em vez de e): adj., que provoca ou produz lágrimas; que faz chorar. Assim, gostaria de saber se existem as duas formas ou se uma se encontra errada.
Como muito bem observou, a informação disponibilizada não é coerente. De facto, não se pode dizer que a forma lacrimogénio seja errada, mas, sendo possível, é uma variante de lacrimogéneo, menos usada e praticamente não registada em dicionários e vocabulários de língua portuguesa.

O DPLP deveria ter registado a entrada lacrimogéneo (e lacrimogénio, a ser registado, deveria remeter para lacrimogéneo, sendo esta última a forma preferencial).




As palavras Malanje, Uíje, Cassanje, etc., levam a letra g ou j ?
Os topónimos angolanos referidos deverão ortografar-se correctamente nas formas Malanje, je e Caçanje (esta última grafia corresponde também ao nome comum caçanje).

É esta a grafia registada nas principais obras de referência para o português europeu, nomeadamente no Tratado de Ortografia da Língua Portuguesa (Coimbra: Atlântida Editora, 1947) e no Vocabulário da Língua Portuguesa (Coimbra: Coimbra Editora, 1966), de Rebelo Gonçalves, ou no Grande Vocabulário da Língua Portuguesa, de José Pedro Machado (Lisboa: Âncora Editora, 2001). Apesar disso, é esmagadora a ocorrência de grafias alternativas como *Malange, *Uíge, *Cassange ou *Cassanje (o asterisco indica incorrecção, de acordo com as obras de referência para a ortografia e com a tradição lexicográfica).

É de referir que com o Acordo Ortográfico de 1990 (nomeadamente na Base III) não há qualquer alteração a este respeito.