Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

rias

2ª pess. sing. pret. imperf. ind. de rirrir
2ª pess. sing. pres. conj. de rirrir
fem. pl. de riaria
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

rir rir

- ConjugarConjugar

(latim rideo, -ere)
verbo intransitivo e pronominal

1. Manifestar o riso.

2. Mostrar alegria ou divertimento. = SORRIR

3. Causar alegria.

4. [Popular]   [Popular]  Fender-se, rasgar-se.

verbo transitivo

5. Achar graça a (ex.: rio-me sempre das histórias dele).

6. Fazer troça de ou gozar com. = CHALACEAR, ESCARNECER, GOZAR, GRACEJAR, ZOMBAR


ri·a ri·a


nome feminino

1. Pequeno braço de mar que, em forma de baía, penetra no interior da costa.

2. Espécie de albufeira.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "rias" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

threads/hist%C3%B3 rias -de-avi%C3%B5es-da-ii-guerra-mundial-no-baixo-alentej..

Em www.passarodeferro.com

O ′′ Sea Cloud Spirit ′′ veleiro de três mastros construídos nas Rias Baixas, primeiro em Marín nas facturas Navais e hoje estaleiros de Nodosa e depois...

Em Sergio@Cruises

pancada na cabeça, nas lajes do terraço do forte onde anualmente passava as fé rias , acompanhado pela governanta D..

Em Geopedrados

...lagos, rios, ribeiras, canais, pauis, sapais e pequenas albufeiras, bem como em estuários e rias do

Em Tupiniquim

Hoje (não te rias ), Cesário V..

Em daniel abrunheiro
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Devo usar o termo implementador, ou aconselham algum outro?
O vocábulo implementador parece ser de formação recente (a partir de implementar + sufixo -dor) e não se encontra averbado pelos principais dicionários de língua. Ainda assim, implementador obedece às regras de boa formação morfológica, tal como outros casos formados a partir do sufixo -dor (exprimindo a noção de "agente") e que já se encontram atestados lexicograficamente: alimentador, desfragmentador, instrumentador, etc.

Pesquisas em corpora e em motores de busca da Internet revelam que o termo implementador vem sendo usado, sobretudo na área da informática, como adjectivo (ex.: entidade implementadora, parceiros implementadores) e como substantivo, designando a pessoa ou a entidade que implementa (ex.: implementadores de páginas HTML, a empresa surgiu no mercado das tecnologias de informação como implementadora).




A questão da regência verbal sempre foi problemática na língua portuguesa e, se calhar, em todas as outras. Mas, uma das regências mais controversas é a do verbo apelar. Uns insistem que a preposição exigida por este verbo é a, enquanto outros consideram que é para. Qual será então a forma correcta? Por exemplo, devemos dizer o padre apelou os crentes para se manterem fiéis à doutrina ou o padre apelou aos crentes a manterem-se fiéis à doutrina?
O verbo apelar pode ser intransitivo, isto é, admite uma construção sem complemento nominal obrigatório (ex.: O advogado apelou), ou transitivo indirecto, isto é, admite uma construção com um complemento nominal regido de preposição, que pode ser a, de ou para, consoante os contextos ou as acepções. A construção de apelar com a preposição de é usual no sentido que diz respeito a recurso de decisões ou sentenças (ex. O advogado apelou da sentença). As construções que parecem ser objecto de dúvida são aquelas em que se utiliza as preposições a ou para. Neste caso, ambas estão atestadas nos principais dicionários de língua e de regência verbais, sendo possíveis e correctas as construções O padre apelou aos crentes ou O padre apelou para os crentes. Esta construção pode ainda complicar-se como o exemplo apresentado sugere: O padre apelou aos crentes para se manterem fiéis.

Os dicionários e as gramáticas geralmente não se pronunciam sobre estas construções mais complexas, por haver dificuldade em descrevê-las ou designá-las. Neste caso, o complemento assinalado constitui um outro complemento indirecto que se articula com o primeiro. Do ponto de vista sintáctico, não parece existir motivo para a preposição não poder ser a mesma nos dois casos (ex.: O padre apelou aos crentes a se manterem fiéis.), mas para evitar ambiguidades ou dificuldades de percepção, a preposição deverá ser diferente. Se se entender que a construção é demasiado complexa, é possível simplificá-la apenas com um complemento indirecto, mantendo toda a informação semântica (ex.: O padre apelou a que os crentes se mantivessem fiéis ou O padre apelou para os crentes se manterem fiéis).

A construção que não respeita a regência do verbo é aquela em que existe um complemento directo, isto é, um complemento nominal não regido de preposição. Assim sendo, o exemplo *O padre apelou os crentes para se manterem fiéis à doutrina pode ser considerado agramatical, pois o verbo deve ter um complemento indirecto, logo o complemento destacado deverá ser introduzido por uma preposição: O padre apelou aos crentes para se manterem fiéis à doutrina.

pub

Palavra do dia

a·bro·que·lar a·bro·que·lar

- ConjugarConjugar

(a- + broquel + -ar)
verbo transitivo

1. Dar a forma de broquel a.

verbo transitivo e pronominal

2. Cobrir ou defender-se com broquel ou escudo (ex.: tentaram abroquelar o rei dos tiros do regicida; os soldados abroquelavam-se nas couraças).

3. [Figurado]   [Figurado]  Dar ou procurar resguardo ou protecção (ex.: não podemos abroquelar os fortes e desproteger os fracos; abroquelava-se do ruído e da confusão). = AMPARAR, DEFENDER, PRECAVER, PROTEGER, RESGUARDAR


SinónimoSinônimo Geral: BROQUELAR

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/rias [consultado em 26-10-2021]