Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

rematado

rematadorematado | adj.
masc. sing. part. pass. de rematarrematar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

re·ma·ta·do re·ma·ta·do


adjectivo
adjetivo

1. Que se rematou ou concluiu. = ACABADO, CONCLUÍDO, PRONTO

2. Encimado.

3. [Informal]   [Informal]  Que não deixa muitas dúvidas (ex.: ele é um idiota rematado). = CHAPADO, COMPLETO, PERFEITO

4. [Costura]   [Costura]  Diz-se do último ponto de uma costura por se lhe dar a volta que o segura.


re·ma·tar re·ma·tar

- ConjugarConjugar

verbo transitivo

1. Finalizar, concluir.

2. Encimar; coroar.

3. Executar o ponto de remate.

verbo intransitivo

4. Findar; terminar.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "rematado" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

No minuto final, já depois de Carlo Di Benedetto ter rematado ao ferro, Gonçalo Alves imitou o companheiro de equipa na lista de marcadores, elevou...

Em HELDER BARROS

e pobre cheios de gadgets tecnológicos viciantes e caros, sendo rematado com uma terceira frase: Há uma moral a tirar disto..

Em De Rerum Natura

Meïté, que o Pasinato defendeu para a barra, tendo ainda o Waldschmidt rematado cruzado para outra defesa complicada do guarda-redes..

Em N

transformado por Ronaldo, a França empatou num penalti bem rematado por Benzema mas mal assinalado e na primeira parte apenas destaque para uma boa...

Em Depois Falamos

...diferenza de todo o temario, tanto por interese e cultivo persoal coma polo recén rematado máster que fixera o ano

Em Trasalba
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Inseri, no vosso corrector ortográfico, a palavra “desejante” que, há tempos, vi escrita, erradamente, em vez do adjectivo “desejoso”. Para surpresa minha, o citado corrector, no português de Portugal, não acusa o erro.
A palavra desejante, apesar de não se encontrar registada em nenhum dos dicionários de língua portuguesa à nossa disposição, está averbada no Vocabulário Ortográfico da Academia Brasileira de Letras e apresenta-se correctamente formada (através da aposição do sufixo -ante ao verbo desejar), daí a sua inclusão no léxico do corrector ortográfico do FLiP. O adjectivo desejante, cujo uso é bastante frequente (como se pode verificar através de pesquisas em corpora e motores de busca da Internet), partilha do significado do adjectivo desejoso (ex.: ela é uma pessoa desejosa de conhecimento = ela é uma pessoa desejante de conhecimento), apesar de este ser mais frequente e estar já consagrado pelo uso. Ambos resultam de processos regulares de derivação no português, pela junção, respectivamente, do sufixo -ante ao radical de um verbo e do sufixo -oso ao radical de um substantivo.



Sempre aprendi que o correto era falar supérfulo. Porém de uns anos para cá vejo pessoas falando supérfluo e sempre imaginei que elas estavam falando errado. Procurei no dicionário Priberam e vi que supérfulo não existe. Está incorreto mesmo? Realmente não existe? Se eu falar vou passar vergonha? Sempre aprendi que assim era correto e sentirei dificuldade de falar supérfluo pois sempre imaginei ser errado. Podem me ajudar e me dizer qual das pronúncias está correta e se supérfulo realmente está errado?
A única forma correcta e atestada em dicionários é supérfluo, adjectivo derivado do latim superfluus.
O fenómeno que acontece em supérfluo, quando erradamente pronunciado ou escrito *supérfulo, é denominado por metátese e corresponde a uma troca de letras ou sons no interior de uma palavra. Há casos em que a metátese reflecte uma mudança linguística, isto é, corresponde efectivamente a uma alteração na evolução de uma palavra enquadrada na história da língua (é o caso, por exemplo, do advérbio latino semper que evoluiu para o português sempre). Não parece, porém, tratar-se de mudança linguística o que acontece com a metátese em supérfluo, quando pronunciado ou escrito *supérfulo. Em português, a estrutura regular de uma sílaba é uma sequência consoante-vogal (ex.: ba-ta-ta); há inúmeros casos que não seguem esta estrutura, mas esta é estatisticamente aquela que é mais frequente. Por este motivo, muitos falantes tendem a manter este padrão na pronúncia e a sequência consonântica -fl- seguida da sequência vocálica -uo em supérfluo é transformada numa sequência consoante-vogal-consoante-vogal (-fulo), fazendo uma regularização silábica abusiva e originando uma forma incorrecta *supérfulo.

Poderá consultar também outra resposta sobre o mesmo assunto em pronúncia de impregnar.

pub

Palavra do dia

ar·tão ar·tão


(grego ártos, -ou, bolo ou pão de farinha de trigo)
nome masculino

[Pouco usado]   [Pouco usado]  Alimento feito de massa de farinha de cereais cozida num forno. = PÃO

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/rematado [consultado em 16-10-2021]