PT
BR
Pesquisar
Definições



referencia

Será que queria dizer referência?

A forma referenciapode ser [segunda pessoa singular do imperativo de referenciarreferenciar] ou [terceira pessoa singular do presente do indicativo de referenciarreferenciar].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
referenciarreferenciar
( re·fe·ren·ci·ar

re·fe·ren·ci·ar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Fazer referência ou menção a. = MENCIONAR, REFERIR

2. Ter como ponto de referência.

3. [Pouco usado] [Pouco usado] Tomar como referência.

4. Encaminhar para um atendimento ou seguimento especializado ou para outro nível de cuidados (ex.: referenciar o doente para um especialista; referenciar um aluno que manifesta dificuldades de regulação emocional).

5. Identificar numa lista ou registo (ex.: referenciar um indivíduo como potencial terrorista).

etimologiaOrigem etimológica:referência + -ar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "referencia" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Gostaria de saber a vossa definição da palavra antropofágico e gostaria também que me dessem um exemplo de como a palavra escatológico pode ser usada com vários sentidos.
O adjectivo antropofágico designa o que é relativo a antropofagia ou a antropófago (cujas definições poderá encontrar no Dicionário da Língua Portuguesa On-line, seguindo as hiperligações) e pode, na maioria dos contextos, ser sinónimo de canibalesco.

O adjectivo escatológico diz respeito a escatologia, mas, atendendo a que esta palavra corresponde a dois homónimos (isto é, palavras que se escrevem e lêem de maneira igual, mas que têm significados e etimologias diferentes), pode ter significados diferentes consoante os contextos. Por exemplo, humor escatológico poderá dizer respeito ao humor feito com recurso a alusões aos excrementos e necessidades fisiológicas; por outro lado, filosofia escatológica poderá dizer respeito à filosofia que trata do que pode acontecer no fim do mundo ou no fim dos tempos.




Como se escreve: "boas festas a todos os seguidores" ou "boas-festas a todos os seguidores"?
Como o contexto que refere não é suficientemente esclarecedor, ambas as grafias, boas festas e boas-festas, estão correctas; os seus usos e funções é que são distintos.

Regra geral, expressões de votos escrevem-se sem hífen:
1. a) Já começaram a jantar? Bom apetite.
b) Boa viagem e boas férias.
c) Se não nos virmos antes, Bom Natal e Bom Ano.
d) Bom feriado! Aproveite para descansar.
e) Obrigada pelo convite mas acabei de lanchar. Bom proveito!

O mesmo acontece com os cumprimentos e saudações:
2. a) Bom dia. Como tem passado?
b) Boa tarde, meninos.
c) Então, boa noite e até amanhã.

No entanto, enquanto substantivos designativos desses cumprimentos, as formas de 2) são escritas com hífen:
3. a) Chega sempre com um bom-dia sorridente.
b) Que boa-tarde sisudo foi esse?
c) Deixo um boa-noite caloroso a todos os ouvintes.

O par boas festas/boas-festas tem um comportamento semelhante, podendo ser interjeição ou substantivo, de acordo com o contexto em que essas expressões são usadas. Quando se pretende cumprimentar e expressar votos de felicidade no Natal e no Ano Novo, usa-se a locução, escrita sem hífen: Boas festas a todos os seguidores. Quando a expressão é usada como substantivo, escreve-se com hífen: Aproveito para estender as minhas sinceras boas-festas a todos os seguidores.