PT
BR
Pesquisar
Definições



raposas

A forma raposasé [feminino plural de raposaraposa].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
raposaraposa
|ô| |ô|
( ra·po·sa

ra·po·sa

)


nome feminino

1. [Zoologia] [Zoologia] Mamífero carnívoro, da família dos canídeos (Canis vulpes), que compreende animais de cauda espessa e focinho pontiagudo.

2. A pele desse animal.

3. [Figurado] [Figurado] Pessoa fina e manhosa.

4. Cesto cilíndrico usado na vindima.

5. Reprovação num exame escolar.

6. [Náutica] [Náutica] Forro de madeira debaixo das mesas do traquete.

7. Raízes que se introduzem nos canos condutores de água.

8. [Informal] [Informal] Bebedeira.

9. [Jogos] [Jogos] Jogo popular.


adjectivo de dois géneros e nome de dois génerosadjetivo de dois géneros e nome de dois géneros

10. [Brasil] [Brasil] [Desporto] [Esporte] Relativo ao Cruzeiro Esporte Clube ou o que é seu jogador ou adepto. = CRUZEIRENSE, CRUZEIRISTA

Colectivo:Coletivo:Coletivo:raposada.

Auxiliares de tradução

Traduzir "raposas" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Peço auxílio para a composição de palavras com prefixos gregos e latinos. Quando são em justaposição e quando são em aglutinação? Minha dúvida neste momento é com a palavra intra + esclerótico.
A existência ou não de hífen depois de prefixos gregos e latinos é difícil de sistematizar em poucas linhas, pois isso difere consoante os prefixos (há até divergências ligeiras entre a norma europeia e a norma brasileira do português, por serem diferentes as obras de maior referência neste aspecto).

No caso de intra- (este caso aplica-se também aos prefixos contra-, extra-, infra-, supra- e ultra-), de acordo com a Base XXIX do Acordo Ortográfico de 1945, deve usar-se hífen antes de palavras iniciadas por vogal (ex.: intra-arterial, intra-ocular), h (ex.: intra-hepático), r (ex.: intra-raquidiano) ou s (ex.: intra-sinovial). Assim sendo, deve escrever-se intra-esclerótico segundo o Acordo Ortográfico de 1945, para o português de Portugal, ou o Formulário Ortográfico de 1943, para o português do Brasil.

Com a aplicação do Acordo Ortográfico de 1990, e segundo a Base XVI, o prefixo intra- (assim como todos os prefixos ou elementos prefixais com o mesmo contexto ortográfico, isto é, terminados na letra a) deve aglutinar-se sempre com o elemento seguinte (ex.: intraocular), excepto se este começar por a (ex.: intra-arterial) ou h (ex.: intra-hepático). No caso de o elemento seguinte começar por r ou s, essas consoantes devem ser dobradas (ex.: intrarraquidiano, intrassinovial). Assim sendo, deve escrever-se intraesclerótico segundo o Acordo Ortográfico de 1990.




As palavras Malanje, Uíje, Cassanje, etc., levam a letra g ou j ?
Os topónimos angolanos referidos deverão ortografar-se correctamente nas formas Malanje, je e Caçanje (esta última grafia corresponde também ao nome comum caçanje).

É esta a grafia registada nas principais obras de referência para o português europeu, nomeadamente no Tratado de Ortografia da Língua Portuguesa (Coimbra: Atlântida Editora, 1947) e no Vocabulário da Língua Portuguesa (Coimbra: Coimbra Editora, 1966), de Rebelo Gonçalves, ou no Grande Vocabulário da Língua Portuguesa, de José Pedro Machado (Lisboa: Âncora Editora, 2001). Apesar disso, é esmagadora a ocorrência de grafias alternativas como *Malange, *Uíge, *Cassange ou *Cassanje (o asterisco indica incorrecção, de acordo com as obras de referência para a ortografia e com a tradição lexicográfica).

É de referir que com o Acordo Ortográfico de 1990 (nomeadamente na Base III) não há qualquer alteração a este respeito.