Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

quelho

quelhoquelho | n. m.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

que·lho |â| ou |ê|que·lho |ê|


(alteração de quelha)
nome masculino

1. [Regionalismo]   [Regionalismo]  Rua muito estreita. = RUELA, VIELA

2. Caminho rústico estreito, geralmente entre muros ou valados.Ver imagem = AZINHAGA

3. Caleira por onde o grão desce da canoira para o olho da mó.


SinónimoSinônimo Geral: QUELHA

pub

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

para a sua esposa Maria Constança Quelho Batoréu Mendes Pinheiro da Providência, que foi professora de Ciências Físico-Químicas em escolas básicas...

Em De Rerum Natura

Mas o Quelho do Abade, em Penafiel, lá estava, bem visível..

Em avenida da salúquia 34

Dadas as características da ruela ou viela também se podia chamar “ Quelho da Autonomia” ou “Beco da Autonomia” ou “Travessa da Autonomia”..

Em PALAVRA PUXA PALAVRA

O Bairro do Quelho é um sítio desconhecido mas com uma riqueza histórica extraordinária..

Em About Portugal

do Oculto (Largo dos Laranjais), Praça de Mercar (Largo Cónego José Maria Gomes), Quelho das Desgraças (Rua João Lopes de Faria), Largo dos Duques (Largo da Misericórdia) e...

Em informadouro.pt
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


A utilização de aspas dentro de aspas é correta, como quando, por exemplo, se realça uma palavra dentro de uma citação, ou se cita algo dentro de outra citação? Exemplo: "Nos casos do art. 41 há referência aos "casos expressos em lei" (palavras realçadas). Um deles está bem perto, que é o do art. 42, § 1.º" (fim de citação). Outras dúvidas relacionadas: O que fazer quando a palavra realçada for a última da citação, fazendo com que as aspas de uma e outra coincidam? Utilizam-se uma ou duas aspas no final da frase? Exemplo: "Nos casos do art. 41 há referência aos "casos expressos em lei". ou "Nos casos do art. 41 há referência aos "casos expressos em lei"". As aspas vêm antes ou depois do ponto final numa citação? Exemplo: "Eu adoro chocolate". ou "Eu adoro chocolate."
Nos exemplos citados, as aspas estão a ser usadas para identificar uma citação e para destacar uma parte do texto. Estes são dois usos possíveis para as aspas, mas o seu emprego simultâneo pode gerar confusão no leitor, que poderá considerar que se trata de uma citação dentro de uma citação. Por este motivo, para tornar mais claro um destaque dentro de uma citação, será aconselhável recorrer a outra maneira de dar destaque gráfico, como o itálico (ex.: "Nos casos do art. 41 há referência aos casos expressos em lei"), o sublinhado (ex.: "Nos casos do art. 41 há referência aos casos expressos em lei"), o negro (ex.: "Nos casos do art. 41 há referência aos casos expressos em lei") ou a combinação de dois ou mais destes destaques gráficos (ex.: "Nos casos do art. 41 há referência aos casos expressos em lei").

Não é, no entanto, incorrecta a utilização de aspas dentro de aspas, devendo haver o cuidado de fechar cada um dos conjuntos de aspas, mesmo que isso origine sinais repetidos (ex.: "Nos casos do art. 41 há referência aos "casos expressos em lei""); nestes casos, poderá optar pelo uso de aspas diferentes (ex.: "Nos casos do art. 41 há referência aos «casos expressos em lei»").





Qual é a diferença entre puseste-a e puseste-la? Já li ambas aplicadas e no entanto não sei qual é a diferença ou se alguma delas está incorrecta.
Ambas as expressões estão correctas, mas correspondem a formas verbais de pessoas gramaticais diferentes (tu/vós) do pretérito perfeito do indicativo, pelo que não podem ser aplicadas no mesmo contexto.

A forma puseste-a corresponde à segunda pessoa do singular (= tu puseste alguma coisa), enquanto a forma puseste-la corresponde à segunda pessoa do plural (= vós pusestes alguma coisa).

A construção *tu puseste-la (= *tu pusestes alguma coisa) é agramatical, como indica o asterisco, e resulta da confusão entre as formas verbais da segunda pessoa do singular e do plural do pretérito perfeito. Convém por isso ter presente que a segunda pessoa do singular do pretérito perfeito do indicativo não tem s final (tu puseste), ao contrário da 2ª pessoa do plural (vós pusestes).

pub

Palavra do dia

reu·chli·ni·a·no reu·chli·ni·a·no


([Johannes] Reuchlin, antropónimo + -iano)
adjectivo
adjetivo

[Linguística]   [Lingüística]   [Linguística]  Relativo à pronúncia do grego clássico que segue a do grego moderno, defendida por Johann Reuchlin (1455-1522), humanista e filólogo alemão.ERASMIANO

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/quelho [consultado em 30-06-2022]