PT
BR
Pesquisar
Definições



proposto

A forma propostopode ser [masculino singular particípio passado de proporpropor], [adjectivoadjetivo] ou [nome masculino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
propostoproposto
|ô| |ô|
( pro·pos·to

pro·pos·to

)


adjectivoadjetivo

1. Que se propôs.


nome masculino

2. Pessoa que outro escolhe e paga para o substituir no seu cargo, conservando, porém, a responsabilidade dos actos do seu substituto.

3. Coisa proposta.

vistoPlural: propostos |ó|.
etimologiaOrigem etimológica:latim propositus, -a, -um, particípio passado de propono, -ere, propor.
iconPlural: propostos |ó|.
proporpropor
|ô| |ô|
( pro·por

pro·por

)
Conjugação:irregular.
Particípio:irregular.


verbo transitivo

1. Pôr ante alguém para que seja examinado.

2. Apresentar como alvitre, submeter à apreciação.

3. Oferecer.

4. Narrar, referir (para obter explicação ou conselho).

5. Prometer a si mesmo.

6. Ordenar, determinar, dispor.


verbo intransitivo

7. Formar intento.


verbo pronominal

8. Oferecer-se.

9. Intentar, formar o propósito, ter em vista.

10. Tomar como norma ou regra.

etimologiaOrigem etimológica:latim propono, -ere, colocar diante, pôr na mesa, expor à vista, apresentar, oferecer.
Confrontar: prepor.

Auxiliares de tradução

Traduzir "proposto" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Há derivação da palavra sazonal para sazonalidade?
A palavra sazonalidade é composta por derivação, através da adjunção do sufixo -idade ao adjectivo sazonal.



Gostaria de esclarecer qual a forma correta de escrever a palavra extra classe, ou seja, com hífen ou sem hífen?
Apesar de não se encontrar dicionarizada, a grafia correcta é extraclasse, pois, de acordo com o Acordo Ortográfico de 1945, o prefixo extra só se escreve com hífen quando o elemento que se lhe segue começa por vogal (ex.: extra-axilar, extra-oficial), h (ex.: extra-hepático), r (ex.: extra-regulamentar) ou s (ex.: extra-sensorial). A palavra extraordinário poderia parecer uma excepção a esta regra, mas na verdade ela não se formou com este prefixo, antes entrou no português já formada no latim.

Segundo o Acordo Ortográfico de 1990, o elemento de formação extra- apenas deve ser ligado por hífen a palavras que comecem por h ou por a (ex.: extra-hepático, extra-axilar). No caso de o elemento seguinte começar por r ou s, não deverá ser seguido de hífen e aquelas consoantes devem ser dobradas (ex.: extrarregulamentar, extrassensorial).