PT
BR
Pesquisar
Definições



produtização

A forma produtizaçãopode ser [derivação feminino singular de produtizarprodutizar] ou [nome feminino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
produtizaçãoprodutização
( pro·du·ti·za·ção

pro·du·ti·za·ção

)


nome feminino

[Marketing] [Marketing] Acto ou efeito de produtizar ou de transformar em algo que pode ser produzido em larga escala com custos competitivos (ex.: estratégia de produtização).

etimologiaOrigem etimológica:produtizar + -ção.
produtizarprodutizar
( pro·du·ti·zar

pro·du·ti·zar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

[Marketing] [Marketing] Transformar num produto ou em algo que pode ser produzido em larga escala com custos competitivos (ex.: produtizar um conceito; produtizar o serviço).

etimologiaOrigem etimológica:inglês [to] productize.

Anagramas

Esta palavra no dicionário



Dúvidas linguísticas



Na frase Os únicos defeitos dela são ser chata e teimosa estou em dúvida quanto ao uso da palavra único no plural.
O substantivo defeito é masculino (ex.: o copo tem um defeito) e o adjectivo único concorda em género e número com o substantivo que modifica (ex.: nestas férias não leu um único livro, vendeu as únicas jóias que possuía), pelo que a frase Os únicos defeitos dela são ser chata e teimosa está correcta.



Na frase "Houve movimentos financeiros entre todos os operadores, nacionais e estrangeiros", qual é o propósito da vírgula ali colocada? Poder-se-á concluir que a frase significa que houve movimentos financeiros entre todos os operadores nacionais, entre todos os operadores estrangeiros e entre todos os operadores nacionais e estrangeiros?
A questão colocada diz respeito, por um lado, ao uso da pontuação, nomeadamente da vírgula, e, por outro, à diferença entre os grupos adjectivais apositivos e os grupos adjectivais restritivos. Relativamente ao uso da vírgula em geral, poderá consultar a resposta vírgula antes da conjunção e.

No caso da frase em análise, a vírgula é usada para separar o aposto "nacionais e estrangeiros", constituído por dois adjectivos coordenados, do nome que está a qualificar. Este aposto não constitui uma restrição ao nome operadores, mas fornece informação adicional sobre o mesmo (trata-se de "todos os operadores", que poderão ser "nacionais ou estrangeiros"). Se porventura se tratasse de um adjectivo restritivo, isto é, que limita o significado do antecedente, não poderia ser separado do seu antecedente por vírgula (ex.: houve movimentos financeiros entre todos os operadores nacionais e não *houve movimentos financeiros entre todos os operadores, nacionais).