Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

pinta

pintapinta | n. f.
pintapinta | n. f.
pintapinta | n. f.
3ª pess. sing. pres. ind. de pintarpintar
2ª pess. sing. imp. de pintarpintar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

pin·ta pin·ta 3


(francês pinte)
nome feminino

[Metrologia]   [Metrologia]  Antiga medida portuguesa de capacidade para líquidos.


pin·ta pin·ta 1


(derivação regressiva de pintar)
nome feminino

1. Pequena mancha. = MALHA, NÓDOA, SALPICO

2. Mancha de cor, geralmente redonda (ex.: tecido azul às pintas). = BOLINHA

3. [Informal]   [Informal]  Aspecto exterior ou sinal que indica algo (ex.: ele não tem pinta de malandro; as sardinhas têm má pinta, não devem ser frescas). = APARÊNCIA, AR

4. [Informal]   [Informal]  Qualidade de quem tem um estilo próprio, avaliado positivamente.

5. [Jogos]   [Jogos]  Ponto ou sinal de uma carta de jogar, de um dado ou de uma peça de dominó.Ver imagem

6. [Jogos]   [Jogos]  Jogo de cartas.

7. [Brasil, Informal, Depreciativo]   [Brasil, Informal, Depreciativo]  Pessoa que não inspira confiança. = PINTA-BRAVA


às pintas
Com bolinhas de cor sobre fundo de outra cor (ex.: laço vermelho às pintas).

conhecer pela pinta
[Informal]   [Informal]  O mesmo que tirar pela pinta.

tirar pela pinta
[Informal]   [Informal]  Conhecer pela aparência física, por certos modos ou trejeitos.


pin·ta pin·ta 2


(feminino de pinto)
nome feminino

1. Franga implume. = FRANGAINHA, PINTAINHA

2. [Portugal: Açores]   [Portugal: Açores]  Órgão sexual feminino.

3. [Brasil: Nordeste]   [Brasil: Nordeste]  Órgão sexual masculino. = PÉNIS


pin·tar pin·tar

- ConjugarConjugar

(latim vulgar *pinctare, de *pinctus, do latim pictus, -a, -um, particípio passado de pingo, -ere, pintar)
verbo transitivo

1. Cobrir com tinta (ex.: pintar o muro; pintei a parede de azul).

2. Aplicar cor a ou tornar colorido. = COLORIR

3. Representar por traços, desenho ou combinação de cores (ex.: pintar uma paisagem; pinta cenas marítimas).

4. Representar pela palavra ou pela escrita (ex.: o chefe não é tão mau como o pintam). = DESCREVER, RETRATAR

5. [Informal]   [Informal]  Fazer cair em logro ou engano. = ENGANAR, ILUDIR, LOGRAR

verbo transitivo e pronominal

6. Aplicar produtos cosméticos que dão cor ou mudam a cor (ex.: pintar o cabelo; pintou os olhos; não sai de casa sem se pintar).

verbo intransitivo

7. Dedicar-se à pintura de obras artísticas (ex.: deixou de pintar).

8. Começar a tomar cor (ex.: as cerejas já pintam).

9. Começar a ficar com pêlos ou cabelos brancos. = EMBRANQUECER, ENCANECER

10. [Informal]   [Informal]  Começar a surgir penugem ou pêlos num adolescente.

11. [Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]  Aparecer algo ou alguém, geralmente de forma inesperada (ex.: pintou um clima interessante; se pintar um problema, ele resolve).

verbo pronominal

12. Tingir-se.

nome masculino

13. Acto ou modo de pintar.


pintar bem
Ser prometedor.

pintar mal
Não ser prometedor.

vir ao pintar
Vir a propósito.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "pinta" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

total distanciamiento entre los sentimientos personales del poeta y aquellos que a un tiempo pinta y analiza”..

Em Entropía (las apostillas)

...na História - “nove meses de Inverno e três de Inferno” -, onde nos pinta vigorosamente a vida, a um tempo obscura e conflituosa desse mundo esquecido, o da...

Em BioTerra

Isso pinta o quadro das atividades que cada célula estava a fazer quando foi recolhida..

Em VISEU, terra de Viriato.

O festival, organizado pelo Município de Estarreja, pinta -se de verde como forma de manifesto, alertando consciências..

Em Not

agora também pinta ??

Em largo da memória
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Gostava de saber se a vossa ferramenta FLiP pode corrigir palavras com especificação de gênero, sugerindo palavras que não especificam gênero masculino ou feminino. Por exemplo, a correção de "menino" para "menine", para ser neutro.
O FLiP (Ferramentas para a Língua Portuguesa) oferece verificação e sugestões de correcção em casos de concordâncias de género, número e pessoa. No entanto, no caso especificado não se trata de um erro de concordância, mas de uma tomada de posição sociopolítica que, por opção individual, se reflecte linguisticamente, e que os correctores ortográficos, sintácticos e estilísticos não incorporam por não se tratar de prática generalizada pelos falantes e escreventes do português nem estar consignada pelos instrumentos legais que dispõem sobre a ortografia da língua portuguesa.
Adicionalmente, deve referir-se que, em português, o género gramatical não corresponde sempre ao sexo da entidade referente. Além disso, a língua portuguesa, tal como é usada pelos falantes e descrita pelas gramáticas, não tem género neutro, sendo o género em português uma categoria morfossintáctica dos nomes que admite apenas dois valores (feminino e masculino).

Em geral, quando associado a um nome animado, o género aplica-se a entidades de sexo masculino ou feminino, mas a oposição de género masculino/feminino não se limita a esta distinção, havendo, principalmente nos nomes inanimados, convenções linguísticas que não têm nenhum referente relacionado com o sexo (ex.: o frasco , a garrafa). Para além disso, os nomes epicenos (ex.: elefante [fêmea/macho]) e os nomes sobrecomuns (ex.: o cônjuge; a vítima), apesar de terem um valor único de género, podem designar entidades de sexo feminino ou masculino.
Os nomes de dois géneros (ou nomes comuns de dois), quando a mesma forma se pode aplicar ao género feminino e ao masculino, são ambíguos quanto ao género, mas o contexto sintáctico geralmente resolve essa ambiguidade (ex.: a/o estudante aplicada/o). A oposição de género reflecte-se ainda na referência ou substituição por um pronome, na concordância com modificadores (adjectivos, por exemplo) ou na presença de sufixos ou desinências.

A alteração de menino ou menina para *menine, *meninx, *menin@ ou outro tipo de soluções gráficas sem marcação de género não seria propriamente uma correcção, pois do ponto de vista ortográfico essas seriam consideradas formas erradas, uma vez que a ortografia é a parte da língua mais convencional e a única sujeita a textos legais. A alteração para desinências sem marcação explícita de género é uma opção individual do utilizador da língua, que o corrector automático não pode aplicar à generalidade dos usuários nas frases típicas alvo de correcção.




Gostaria de saber qual o significado de decupar.
A palavra decupar é um neologismo muito em voga na área do cinema e da televisão, com os significados de (i) segmentar, dividir texto [de guião/roteiro] em cenas e planos e de (ii) anotar duração de material gravado para efeitos de edição.
pub

Palavra do dia

vi·trí·o·lo vi·trí·o·lo


(latim tardio vitriolum, do latim vitrum, -i, vidro)
nome masculino

[Antigo]   [Antigo]   [Química]   [Química]  Nome vulgar do ácido sulfúrico e de alguns sulfatos.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/pinta [consultado em 26-09-2022]