Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

Pesquisa por "inextinguibilidade" nas definições

Dúvidas linguísticas


Gostaria de saber se a palavra meta informação leva hífen ou não, dado que meta termina em vogal e informação começa igualmente por vogal.
A palavra metainformação deverá ser escrita sem hífen e sem espaço entre os elementos que a compõem. O novo Acordo Ortográfico não altera a grafia desta palavra.

Com o Acordo de 1990, há, no entanto, uma alteração ortográfica que afecta este elemento meta-.
Segundo a interpretação do Acordo de 1945 de Rebelo Gonçalves, que é uma referência incontornável para a lexicografia portuguesa, este elemento prefixal não deve ser seguido de hífen em nenhuma circunstância (ex.: metacromatismo, metassíncrise).
Segundo o Acordo Ortográfico de 1990, na Base XVI, o prefixo meta- deverá ser seguido de hífen apenas se a palavra seguinte começar pela mesma vogal em que termina, isto é, por a (ex.: meta-análise), ou por h (ex.: meta-história).




Tenho um conjunto de dúvidas do dicionário técnico sobre a forma de escrita das palavras: microrrechupe ou micro rechupe; sobreaquecimento ou sobre aquecimento; sobreespessura ou sobre espessura; hipereutéctico ou hiper eutéctico?
De acordo com a tradição lexicográfica, o prefixo micro- aglutina-se sempre ao elemento que se lhe segue (ex.: microeconomia, microfilme, microonda). Quando esse elemento começa por r ou s, verifica-se a duplicação dessas letras (ex.: microrradiografia, microssismo). Logo, a forma correcta é microrrechupe.

De acordo com a base XXIX do Acordo Ortográfico de 1945, o prefixo sobre- só é seguido de hífen quando o elemento que se lhe segue começa por h (ex.: sobre-humano). No caso de o elemento começar por r ou s, verifica-se, tal como no prefixo micro-, a duplicação dessas letras (ex.: sobrerrosado, sobressair). Nos restantes casos, o prefixo aglutina-se ao elemento imediato (ex.: sobreeminente, sobredente). Sendo assim, as formas correctas são sobreaquecimento e sobreespessura. No entanto, com a aplicação do Acordo Ortográfico de 1990, e segundo o disposto na Base XVI, 1.º, alínea b), utiliza-se o hífen “nas formações em que o prefixo ou pseudoprefixo termina na mesma vogal com que se inicia o segundo elemento”, pelo que passa a escrever-se sobre-espessura.

Quanto ao prefixo hiper-, ele é seguido de hífen quando o elemento seguinte começa por h ou r (ex.: hiper-hedonismo, hiper-realismo). Nos restantes casos aglutina-se (ex.: hiperácido, hipersensível). A forma correcta é por isso hipereutéctico.

Palavra do dia

pro·pri·a·gem pro·pri·a·gem


(redução de apropriagem)
nome feminino

1. [Chapelaria]   [Chapelaria]  Trabalho de acabamento do chapéu, depois da preparação do feltro ou da tintura. = APROPRIAGEM

2. [Chapelaria]   [Chapelaria]  Oficina onde se preparam chapéus.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/pesquisar/inextinguibilidade [consultado em 27-01-2022]