Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
1ª pess. sing. pret. perf. ind. de partirpartir
2ª pess. pl. imp. de partirpartir
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

par·tir par·tir - ConjugarConjugar
(latim partio, -ire, dividir em partes, distribuir, repartir)
verbo transitivo, intransitivo e pronominal

1. Dividir em partes; separar com força ou violência (ex.: ainda partem a janela com essa brincadeira; se o cano partir, a culpa é sua; o copo partiu-se). = QUEBRAR

2. Causar ou sofrer fractura (ex.: partiu a cabeça na escola; o osso partiu; escorregou nas escadas e partiu-se todo). = QUEBRAR

verbo transitivo

3. Repartir; distribuir.

4. Ter origem ou começo. = PROCEDER, PROVIR

5. Confinar.

6. Seguir, prosseguir; prolongar-se, estender-se.

verbo intransitivo

7. Pôr-se a caminho, seguir viagem.

8. Ir-se embora. = RETIRAR-SE

9. Sair com ímpeto. = ARREMESSAR-SE

verbo pronominal

10. Retirar-se, sair.

11. Fugir, afastar-se.

12. [Figurado]   [Figurado]  Afligir-se, doer-se.


a partir de
Com início em determinada data; a datar de (ex.: o dinheiro estará disponível a partir de segunda-feira).

partir de
Admitir (princípio ou doutrina) como base dos seus argumentos (ex.: o trabalho é fácil, partindo do princípio que as bases já estão divididas).

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "parti" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Questiona-se muito, nos dias de hoje, a existência ou não, na língua portuguesa, da locução Na medida em que. Afinal é uma expressão que existe ou não?
A locução na medida em que vem registada em dicionários de língua que habitualmente registam locuções nos seus verbetes (por exemplo, no Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea, da Academia das Ciência/Verbo, 2001 e no Dicionário Houaiss, do Círculo de Leitores, 2002). Não há qualquer razão linguística para não usar a referida locução, a não ser a sensibilidade e a capacidade de opção do utilizador da língua.



Das seguintes frases, qual delas não corresponde a um provérbio: Janeiro quente traz fartura a toda a gente; Janeiro quente traz o diabo no ventre; Janeiro greleiro não enche o celeiro; Janeiro frio e molhado enche a tulha e farta o gado?
O provérbio Janeiro quente traz fartura a toda a gente não se encontra registado em nenhuma das obras por nós consultadas, ao contrário dos outros três que podem ser encontrados, por exemplo, no dicionário de provérbios da enciclopédia electrónica Diciopédia 2003 (2002, Porto Editora). Para além disso, o seu sentido parece ir contra o sentido dos outros três provérbios que refere, pois todos eles propugnam a ideia de que no mês de Janeiro a chuva e o frio são mais benéficos do que o tempo quente e seco.
pub

Palavra do dia

qui·es·cen·te qui·es·cen·te
(latim quiescens, -entis, particípio presente de quiesco, -ere, repousar, descansar; estar calmo)
adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

Que descansa; que está em sossego. = QUIETO, TRANQUILO

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2020, https://dicionario.priberam.org/parti [consultado em 23-09-2020]