Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

paradas

fem. pl. part. pass. de pararparar
fem. pl. de paradoparado
fem. pl. de paradaparada
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

pa·rar pa·rar

- ConjugarConjugar

(latim paro, -are, preparar)
verbo intransitivo

1. Cessar no movimento ou na acção.

2. Não passar além de.

3. Estacar.

4. Chegar a um termo ou fim.

5. Residir.

6. Permanecer; conservar-se.

7. Frequentar.

8. Descansar.

9. Recair ou vir ao domínio ou propriedade de alguém (uma coisa depois de outros a terem possuído).

10. Reduzir-se ou converter-se (uma coisa em outra diferente da que se esperava).

verbo transitivo

11. Impedir a continuação do movimento, curso ou progresso de.

12. Aparar.

13. Sustentar.

14. Fixar; conservar.

15. Prevenir.

16. Apontar (ao jogo).

verbo auxiliar

17. Usa-se seguido da preposição de e infinitivo, para indicar fim de acção, processo ou estado (ex.: ainda não parou de chover).


Ver também resposta à dúvida: pára segundo o Acordo Ortográfico de 1990.

pa·ra·do pa·ra·do


(particípio de parar)
adjectivo
adjetivo

1. Que parou.

2. Que não se move. = QUIETO

3. Desocupado.


pa·ra·da pa·ra·da


(feminino de parado, particípio de parar)
nome feminino

1. Acção de parar, de deter-se. = PARAGEM

2. Sítio ou lugar onde se pára.

3. Estação, muda.

4. Fim ou termo do movimento de alguma coisa, especialmente da corrida.

5. Suspensão, pausa.

6. Formatura de forças militares ou de bombeiros para revista ou para alguma solenidade.

7. [Militar]   [Militar]  Reunião da tropa que entra de guarda, e o lugar onde se reúne para partir cada troço ao seu respectivo destino.

8. [Jogos]   [Jogos]  Dinheiro que se arrisca em cada lance.

9. [Esgrima]   [Esgrima]  Defesa contra um golpe, na esgrima.

10. Açude, represa.

11. [Brasil]   [Brasil]  Local, coberto ou não, onde as pessoas esperam por um transporte público (autocarro, táxi, etc.). [Equivalente no português de Portugal: paragem.]Ver imagem = PONTO

12. [Brasil: Rio de Janeiro]   [Brasil: Rio de Janeiro]  Qualquer objecto, facto ou acontecimento cujo nome não se sabe ou não se quer mencionar (ex.: comprei uma parada na farmácia; que parada é essa que vocês estão combinando?). = COISA, LANCE, NEGÓCIO


dobrar a parada
Pôr o dobro da quantia apontada no jogo.

[Por extensão]   [Por extensão]  Duplicar o preço de algo.

furtar a parada a
Tirar a vez a alguém; antecipar-se-lhe.

parada cardíaca
[Brasil]   [Brasil]  Interrupção súbita dos batimentos do coração que, se for superior a três minutos, pode provocar lesões cerebrais irreversíveis. (Equivalente no português de Portugal: paragem cardíaca.)

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "paradas" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

...5 - 3 Benfica Nicolía, Pinto(2) Uma equipa que praticamente não defende, falha bolas paradas em quantidades industriais, não pode ter sucesso..

Em O INDEFECTÍVEL

...dei por mim a ver e a rever de enfiada as tão (merecidamente) elogiadas paradas da internacional portuguesa, até que um sorriso, uma pergunta retorica e uma constatação me...

Em O INDEFECTÍVEL

Os CTT têm mais de meio milhão de encomendas paradas nos seus armazéns..

Em VISEU, terra de Viriato.

...apenas 2 semanas antes, operou como voo 941 de Seattle para São Francisco, com paradas intermediárias em Portland e Eugene..

Em NOTÍCIAS SOBRE AVIAÇÃO AVIATION NEWS

...Wikipedia) Devido à localização baixa do Aeroporto de Schiphol e sua tendência para águas paradas , ele é muito amigável aos pássaros..

Em NOTÍCIAS SOBRE AVIAÇÃO AVIATION NEWS
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Gostaria de saber qual o plural de esfíncter: esfíncteres ou esfincteres? Tem ou não tem acento?
Os dois plurais de esfíncter estão abonados por obras de referência, e qualquer um deles é válido.

A flexão do plural provoca, em algumas palavras esdrúxulas terminadas em -r ou -n no singular, o deslocamento do acento tónico para a terceira sílaba a contar do fim da palavra (ex.: especímenes, plural de espécimen, lucíferes, plural de lúcifer) ou para a segunda sílaba a contar do fim da palavra (ex.: juniores, plural de júnior), uma vez que, em português, as palavras isoladas têm acentuação tónica numa das três últimas sílabas.

Aparentemente, por se tratar de uma palavra grave, não haveria necessidade de alterar a acentuação do plural da palavra esfíncter, mas Rebelo Gonçalves, no Vocabulário da Língua Portuguesa (Coimbra: Coimbra Editora, 1966), referência maior para a lexicografia portuguesa, regista esfincteres como plural de esfíncter, à semelhança de, por exemplo, caracteres, plural de carácter, que constitui um caso excepcional na língua. Esta é também a opção seguida pela a edição portuguesa do Dicionário Houaiss.

Outras importantes obras de referência, como o Grande Vocabulário da Língua Portuguesa (Lisboa: Âncora Editora, 2001) e a maioria das obras lexicográficas publicadas em Portugal e no Brasil, registam no entanto esfíncteres como plural de esfíncter, não acrescentando esta palavra à reduzida lista de excepções.




Colibri diz-se: Culibri? ou Colibri (com o som do -o- aberto)? Li que a sílaba acentuada é a última? Sendo aguda, que som tem a sílaba Co-? E porquê, ou seja qual é a regra para a pronunciação desta palavra?
Na questão colocada, está em causa a qualidade da vogal de uma sílaba átona, e não a sua acentuação (a palavra é sempre acentuada na última sílaba: colibri).

A letra o pode corresponder ao som [o], como em avô ou dor, ao som [ɔ], como em avó ou corda, ou ao som [u], como em comida ou carro.

No português europeu, como regra geral (com muitas excepções), as vogais que não pertencem a uma sílaba tónica são elevadas. Por exemplo, no caso da vogal o das palavras corda e cordão, o som [ɔ] (vogal mais baixa) da palavra corda (com acento tónico em cor) passa a pronunciar-se [u] (vogal mais alta) em cordão pois a sílaba tónica passou a ser a última cordão. Esta regra geral pode aplicar-se a colibri (como a sílaba tónica é bri, a sílaba co- pode pronunciar-se [ku]), mas no caso desta palavra, há informação lexical, isto é, relativa à própria palavra e não às regras mais gerais da língua, que faz com que, por motivos etimológicos ou outros, a maioria dos falantes pronuncie [kɔ]libri. Esta é então também a pronúncia registada no Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea, da Academia da Ciências/Verbo e, posteriormente, no Grande Dicionário Língua Portuguesa, da Porto Editora.

pub

Palavra do dia

túr·ne·po túr·ne·po


(inglês turnip)
nome masculino

[Agricultura]   [Agricultura]  Espécie de nabo grande e redondo, cultivado especialmente para alimentação de gado.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/paradas [consultado em 23-10-2021]