PT
BR
Pesquisar
Definições



panda

A forma pandapode ser [feminino singular de pandopando], [nome feminino] ou [nome masculino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
pandapanda
( pan·da

pan·da

)
Imagem

ZoologiaZoologia

Género de mamíferos ursídeos, de pelagem branca e preta, que se alimenta quase exclusivamente de bambu.


nome feminino

1. [Botânica] [Botânica] Planta cesalpiniácea africana.

2. [Ornitologia] [Ornitologia] Ave pernalta, africana e asiática.

3. [Pesca] [Pesca] Bóia de cortiça na tralha superior dos aparelhos de arrastar.


nome masculino

4. [Zoologia] [Zoologia] Género de mamíferos ursídeos, de pelagem branca e preta, que se alimenta quase exclusivamente de bambu.Imagem = PANDA-GIGANTE

5. [Zoologia] [Zoologia] Género de mamíferos, pequeno e de pelagem castanha avermelhada, cuja alimentação é à base de bambu. = PANDA-VERMELHO

pandopando
( pan·do

pan·do

)


adjectivoadjetivo

1. Que tem um formato arredondado ou curvo (ex.: pandas bochechas; ventre pando). = ABAULADO, BOJUDO, CHEIO, REDONDO

2. Que se arredondou devido ao vento (ex.: vela panda). = ENFUNADO, INCHADO, INFLADO

3. Que está aberto e encurvado (ex.: asas pandas).

4. Que se move ou age devagar (ex.: gestos muito pandos). = LENTO, TARDIO, VAGAROSOLESTO

5. Que não está esticado (ex.: ramos pandos). = BAMBO, LASSOESTICADO, RETESADO, TESO

etimologiaOrigem etimológica:latim pandus, -a, -um, curvado, curvo, inclinado, dobrado.

Auxiliares de tradução

Traduzir "panda" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Há derivação da palavra sazonal para sazonalidade?
A palavra sazonalidade é composta por derivação, através da adjunção do sufixo -idade ao adjectivo sazonal.



Em "Ninguém te vai agradecer", qual a função sintáctica de te? Será complemento indirecto?
O pronome pessoal te pode desempenhar função de complemento directo (ex.: vi-te ontem) ou de complemento indirecto (ex.: dei-te um beijo). No caso em apreço, o pronome te desempenha a função de complemento indirecto, uma vez que corresponde à pronominalização de uma construção do verbo agradecer como transitivo indirecto, com a preposição a (agradecer-te = agradecer a ti), podendo ocorrer com um complemento directo (ex.: ninguém te vai agradecer o favor = ninguém to vai agradecer).
Para determinar a função sintáctica deste pronome, é útil substituir a segunda pessoa gramatical (tu > te) pela terceira (ele > o/lhe), pois neste caso o complemento directo e o complemento indirecto têm formas diferentes, o para o complemento directo, lhe para o complemento indirecto (ex.: ninguém vai agradecer o favor ao rapaz > ninguém lhe vai agradecer o favor / *ninguém o vai agradecer o favor; o asterisco indica agramaticalidade).

Para dúvidas deste teor, poderá consultar uma obra como o Dicionário Gramatical de Verbos Portugueses, dirigido por João Malaca CASTELEIRO (Lisboa: Texto Editores, 2007), que contém a explicitação das funções sintácticas de cada verbo.