Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

monjal

monjalmonjal | adj. 2 g.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

mon·jal mon·jal


adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

1. [Pouco usado]   [Pouco usado]  Relativo a monge ou monja.

2. Feito por mão de monja.

pub

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Dúvidas linguísticas


Como se designam as palavras que derivam do mesmo étimo latino como mágoa, mancha e mácula?
As palavras mágoa, mancha e mácula (a este grupo poderia acrescentar-se as palavras malha e mangra) são exemplos de palavras divergentes, isto é, palavras com o mesmo étimo latino (macula, -ae) que evoluiu para várias formas diferentes. Neste caso específico, as palavras mágoa, mancha, malha ou mangra chegaram ao português por via popular, apresentando cada uma delas diferentes fenómenos regulares de evolução: mágoa sofreu a queda do -l- intervocálico e a sonorização do -c- intervocálico (macula > *macua > *magua > mágoa); mancha sofreu a nasalização do primeiro -a-, a queda do -u- intervocálico e a palatalização do grupo consonântico -cl- (macula > *mãcula > *mãcla > mancha); malha sofreu a queda do -u- intervocálico e a palatalização do grupo consonântico -cl- em -lh- (macula > *macla > malha); mangra sofreu a nasalização do primeiro -a-, a queda do -u- intervocálico, o rotacismo do -l- e a sonorização do -c- (macula > *mãcula > *mãcla > *mãcra > mangra). A palavra mácula chegou ao português por via erudita, apresentando uma forma quase idêntica ao étimo latino.



Nas frases que se seguem estará correcta a repetição da preposição por? 1. O acordo foi assinado pelo ministro português da Agricultura e pelo seu homólogo angolano. 2. A decisão para apoiar uma candidatura comum foi igualmente aprovada pelas organizações regionais africanas, pela União Africana, pelo Conselho dos Assuntos Económicos e Sociais e pela maior parte dos governos africanos.
Nas frases referidas, a preposição por está correctamente utilizada, pois trata-se de construções passivas (foi assinado e foi aprovada são formas do pretérito perfeito de assinar e aprovar, na voz passiva). Os sintagmas introduzidos pela preposição por (nas formas pelo, pelas ou pela, resultantes da contracção com os artigos o, as ou a) correspondem ao agente da passiva. Nos exemplos acima, este agente da passiva é complexo, isto é, é constituído por duas ou mais partes coordenadas pela conjunção e:

1. O acordo foi assinado pelo ministro português da Agricultura e pelo seu homólogo angolano.
2. A decisão para apoiar uma candidatura comum foi igualmente aprovada pelas organizações regionais africanas, pela União Africana, pelo Conselho dos Assuntos Económicos e Sociais e pela maior parte dos governos africanos.

Nestes casos, a omissão da preposição pode gerar dificuldades de interpretação ou mesmo agramaticalidade.

pub

Palavra do dia

so·ro·se |ó|so·ro·se |ó|


(grego sorós, -oû, montão, acervo + -ose)
nome feminino

[Botânica]   [Botânica]  Reunião de frutos carnudos, provenientes de várias flores de uma inflorescência agrupada, como na amora ou no ananás.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/monjal [consultado em 20-09-2021]