Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

monaquismo

monaquismomonaquismo | n. m.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

mo·na·quis·mo mo·na·quis·mo


nome masculino

1. Monacato.

2. Apego aos conventos.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "monaquismo" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

Penso na máxima repetida por Santo António Abade, fundador do monaquismo ..

Em Tupiniquim

...“Abbá”, que significa pai, e isso o santo de hoje bem soube ser do monaquismo ocidental..

Em Blog da Sagrada Família

Santo Antônio Abade , fundador do monaquismo cristão, que enfrentou momentos

Em Blog da Sagrada Família

O monaquismo cristão surgiu pela primeira vez no Egito no início do século IV, começando com...

Em VISEU, terra de Viriato.

...senão deste capítulo para o leitor comum é a longa explanação da história do monaquismo e dentro dela da Ordem de São Bento, pelo simpática tagarelice do padre Anselmo,...

Em Abencerragem
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Não encontrei a palavra manicáca, que segundo alguns dicionários antigos (Porto Editora) significa afeminado.
A grafia correcta é manicaca ou menicaca. A grafia acentuada, manicáca, é considerada uma forma histórica, isto é, uma grafia que surgiu em textos mais antigos mas que hoje não é aceite como correcta (razão pela qual a editora que menciona, a Porto Editora, deixou de a incluir nos seus dicionários mais recentes).



Gostaria que me informassem se se diz "à última da hora" ou "à última hora".
A locução adverbial à última hora é considerada usualmente como a expressão correcta para significar "no último momento possível" ou "quando se pensava já não ser possível", em detrimento da locução à última da hora, considerada incorrecta por alguns autores, apesar de o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências registar ambas as locuções: à última hora no verbete hora; à última da hora nos verbetes hora e último.
O principal argumento utilizado para considerar a primeira mais correcta do que a segunda é o facto de, em à última hora, o adjectivo último estar a qualificar o substantivo hora, no sentido de "que vem depois de todos". Em à última da hora, a palavra última corresponde a um substantivo, que habitualmente não é registado nos dicionários com este significado. No entanto, o substantivo última tem, nesta locução, um significado que se aproxima daquele que é usado (e dicionarizado) no substantivo plural últimas, usado em expressões como nas últimas ou às últimas. Sob este ponto de vista, a locução à última da hora é parafraseável por “nos últimos momentos da hora” ou “no limite da hora” e, assim sendo, o seu uso não pode ser condenado.
À semelhança do substantivo última, há um conjunto considerável de palavras que se empregam quase exclusivamente em locuções mais ou menos fixas, o que não lhes retira correcção. São os casos, por exemplo, do adjectivo alhas, em palhas alhas; do substantivo arrecuas, em às arrecuas; ou dos substantivos comes e bebes, na locução comes e bebes, entre muitos outros.

pub

Palavra do dia

guar·den·se guar·den·se


(Guarda, topónimo + -ense)
adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

1. Relativo ou pertencente à cidade portuguesa da Guarda, no distrito com o mesmo nome.

nome de dois géneros

2. Natural ou habitante da Guarda.


SinónimoSinônimo Geral: EGITANIENSE

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/monaquismo [consultado em 27-11-2021]