Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

mitra

mitramitra | n. f. | n. m. | adj. 2 g. n. m.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

mi·tra mi·tra


(latim mitra, -ae)
nome feminino

1. Cobertura da cabeça, alta e pontiaguda, entre os persas, egípcios, árabes, etc.

2. [Religião]   [Religião]  Barrete de forma cónica, fendido na parte superior, e que em certas solenidades é usado por bispos, arcebispos e cardeais.

3. [Religião católica]   [Religião católica]  Poder espiritual do Papa.

4. [Religião católica]   [Religião católica]  Dignidade ou jurisdição de um prelado eclesiástico.

5. [História]   [História]  Carapuço de papel que se colocava na cabeça dos condenados da Inquisição.

6. [Popular]   [Popular]  Carapuça.

7. [Informal]   [Informal]   [Ornitologia]   [Ornitologia]  Uropígio das aves.

8. [Zoologia]   [Zoologia]  Género de moluscos gastrópodes.

9. [Zoologia]   [Zoologia]  Género de aracnídeos.

nome masculino

10. [Portugal, Informal, Depreciativo]   [Portugal, Informal, Depreciativo]  Jovem urbano, geralmente associado às camadas sociais mais desfavorecidas, de comportamento ruidoso, desrespeitoso, ameaçador ou violento e que tem gostos considerados vulgares (ex.: aquele mitra gosta de roupa que realce os músculos).

11. [Portugal: Porto, Informal]   [Portugal: Porto, Informal]  Indivíduo que impõe a sua presença ou companhia, que vai a eventos ou actividades sem ter sido convidado.

12. [Popular]   [Popular]  Coelho velho.

adjectivo de dois géneros e nome masculino
adjetivo de dois géneros e nome masculino

13. [Brasil]   [Brasil]  Que tem manha ou esperteza. = ESPERTO, MANHOSO, MITRADO

14. [Brasil]   [Brasil]  Avarento.


receber a mitra
Ser nomeado bispo.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "mitra" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

Nota oficial da Mitra Diocesana de Campos O Blog "O VAGALUME" agradece a sua participação..

Em O VAGALUME

aprimorado (arco), Equipamento 18, Esquiva fabulosa, Finta ágil, Mitra aprimorada, Rolamento defensivo 2, Tomar a iniciativa, Zombar PODERES Nenhum OFENSIVO Iniciativa +4 Desarmado...

Em confrariadearton.blogspot.com

Recusou a mitra

Em Castelo Branco - O ALBICASTRENSE

Contar o mito de Mitra , uma figura que se tornou famosa nos últimos séculos do Império Romano, não...

Em www.mitologia.pt

Laurindo Santos Mitra , 1º Cabo 06624869;;

Em Alberto Helder
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Encontrei um problema com o vosso dicionário. Ao consultar o mesmo com as opções pré-AO, os plurais sugeridos aparecem sempre grafados segundo o AO. Isto acontece por exemplo na palavra "pêra", que aparece com as cores do pré-AO mas o único plural indicado é "peras" e não "pêras".
Não se trata de um erro, pois o plural de pêra é peras, com ou sem aplicação do Acordo Ortográfico de 1990.

O Acordo Ortográfico de 1990 (cf. Base IX, 9.º) elimina, de facto, os acentos em pêra e pêro (assim como em palavras cujo acento serve para distinguir homógrafos de certas palavras gramaticais, como nos pares pára/para, péla/pela, pêlo/pelo), mas, segundo o Acordo Ortográfico de 1945, o plural dessas duas palavras não tem acento gráfico, referindo explicitamente na Base XXII que se distinguem "pêra, substantivo, e pera, preposição arcaica (mas o plural, peras, sem acento); pêro, substantivo, e pero, conjunção arcaica (mas o plural, peros, também sem acento)". Isto acontece porque os substantivos pêra e pêro são homógrafos de palavras arcaicas (a preposição pera [= para] e a conjunção pero [= mas, porém]), mas os seus plurais peras e peros não são homógrafos de nenhuma outra palavra, uma vez que as preposições e as conjunções não têm plural.




Como se escreve? Eu não consigo deitar-me cedo. Eu não consigo me deitar cedo. Não consigo perceber se o não está associado ao primeiro ou segundo verbo, pois nos verbos reflexos na negativa os pronomes vêm antes do verbo.
O verbo conseguir, à semelhança de outros verbos como desejar, querer ou tentar, tem algumas propriedades análogas às de um verbo auxiliar mais típico (como o verbo ir, por exemplo). Nestes casos, este verbo forma com o verbo principal uma locução verbal, podendo o clítico estar antes do verbo auxiliar (ex.: eu não me vou deitar cedo; eu não me consigo deitar cedo) ou depois do verbo principal (ex.: eu não vou deitar-me cedo; eu não consigo deitar-me cedo). Isto acontece porque o verbo considerado auxiliar ou semiauxiliar pode formar com o verbo que o sucede uma locução verbal coesa, como se fosse um só verbo (e, nesse caso, o clítico é atraído pela partícula de negação não e desloca-se para antes da locução verbal) ou, por outro lado, o verbo conseguir pode manter algumas características de verbo pleno (e, nesse caso, o clítico me pode manter-se ligado ao verbo principal deitar, de que depende semanticamente). Nenhuma das duas construções pode ser considerada incorrecta, apesar de a segunda ser frequentemente considerada preferencial.

Nesta frase, o marcador de negação (o advérbio não) está claramente a negar o verbo conseguir e é semanticamente equivalente a "eu deito-me tarde, porque não sou capaz de me deitar cedo". Se estivesse a negar o verbo deitar-se (eu consigo não me deitar cedo), teria um valor semântico diferente, equivalente a "eu sou capaz de me deitar tarde", devendo nesse caso o clítico estar colocado antes do verbo deitar.

pub

Palavra do dia

bras·sa·gem bras·sa·gem


(francês brassage)
nome feminino

Primeira fase do fabrico da cerveja, em que se mistura o malte com água a temperatura controlada, para formar o mosto. = BRASSADURA

Confrontar: braçagem.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/mitra [consultado em 06-08-2021]