PT
BR
Pesquisar
Definições



mira

A forma mirapode ser [segunda pessoa singular do imperativo de mirarmirar], [terceira pessoa singular do presente do indicativo de mirarmirar] ou [nome feminino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
miramira
( mi·ra

mi·ra

)


nome feminino

1. [Armamento] [Armamento] Peça que, numa arma de fogo, regula a pontaria.

2. [Figurado] [Figurado] Instituto, propósito, fim.

3. [Técnica] [Técnica] Espécie de régua graduada para fazer nivelações de terrenos.

4. [Televisão] [Televisão] Imagem estática, geralmente com formas geométricas, rectângulos de cores e escala de cinzas, emitida na ausência de programação televisiva, e que serve de controlo para testar a qualidade da transmissão.


estar à mira

Observar, vigiar.

etimologiaOrigem etimológica:derivação regressiva de mirar.
mirarmirar
( mi·rar

mi·rar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Fitar os olhos em; encarar.

2. Aspirar a.


verbo intransitivo

3. Fazer pontaria.

4. Olhar, estar voltado para.


verbo pronominal

5. Ver-se no espelho, na água.

Auxiliares de tradução

Traduzir "mira" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Pode-se utilizar a palavra exigencial? Ex.: selecção exigencial de componentes.
Apesar de o adjectivo exigencial não se encontrar registado em nenhum dos dicionários e vocabulários de língua portuguesa à nossa disposição, ele encontra-se bem formado a partir da aposição do sufixo -al ao substantivo exigência, pelo que o seu uso é possível e até muito frequente, como o revelam pesquisas em corpora e em motores de busca da Internet, especialmente em contextos relativos às áreas da construção e da engenharia civil, com o significado “que é relativo a ou que envolve uma exigência” (ex.: fizeram uma selecção exigencial dos novos materiais).



Qual o superlativo absoluto sintético do adjectivo maníaco?
Como é referido na resposta superlativos eruditos, o grau superlativo absoluto sintético é geralmente formado pela adjunção do sufixo -íssimo ao adjectivo. Em alguns casos, são necessárias as devidas adequações ortográficas para manter as características fonéticas do adjectivo no grau normal. Por analogia com outros adjectivos terminados em -aco (ex.: fraco - fraquíssimo; velhaco - velhaquíssimo), o superlativo absoluto sintético de maníaco parece ser maniaquíssimo. Os adjectivos terminados em -aco, tal como os terminados em -eco (ex.: seco - sequíssimo), formam este superlativo com adequação ortográfica para manter o som /k/ da sílaba final (é de referir que as formas consideradas irregulares advêm da existência de um superlativo latino como, por exemplo, opaco - opacíssimo). Os adjectivos terminados em -ico formam este superlativo geralmente sem manutenção do som /k/ da sílaba final (ex.: público - publicíssimo), embora, por vezes, haja manutenção desse som (ex.: simpático - simpatiquíssimo - simpaticíssimo).