Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
fem. sing. de masculinomasculino
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

mas·cu·li·no mas·cu·li·no
(latim masculinus, -a, -um)
adjectivo
adjetivo

1. Próprio de ou relativo a homem (ex.: identidade masculina; ponto de vista masculino).

2. Que é do sexo caracterizado pela produção de gâmetas masculinos (ex.: espécime masculino). = MACHO

3. Próprio de ou relativo a macho (ex.: órgão sexual masculino).

4. Que tem qualidades ou atributos considerados como pertencentes aos homens (ex.: roupa masculina). = MÁSCULO, VARONIL

5. Que é composto por homens (ex.: grupo masculino; selecção masculina de hóquei).

6. [Biologia]   [Biologia]  Diz-se de célula sexual, geralmente com capacidade de locomoção e de menores dimensões relativamente à célula feminina, que, na reprodução sexuada, se funde com a célula feminina para formar um ovo (ex.: o espermatozóide é a célula sexual masculina; gâmeta masculino).

7. [Botânica]   [Botânica]  Que tem estames, mas não tem pistilo (ex.: flor masculina).

8. [Gramática]   [Gramática]  Que é do género feminino, por oposição ao género masculino e ao género neutro, nas línguas em que este existe (ex.: palavra masculina; pronome masculino; substantivo masculino).

adjectivo e substantivo masculino
adjetivo e substantivo masculino

9. [Gramática]   [Gramática]  Diz-se de ou género das palavras que indicam macho ou das que se consideram não femininas nem neutras (ex.: género masculino; estes adjetivos estão no masculino: maravilhoso, valentão, vencedor).

substantivo masculino

10. Conjunto de qualidades ou atributos considerados como pertencentes aos homens (ex.: representações do masculino na escultura).

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "masculina" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Qual a forma correcta de escrever/dizer no plural bolo-rei?
Teoricamente, são possíveis as formas bolos-reis e bolos-rei.

Por um lado, pode considerar-se que o plural é bolos-reis pois, em muitas palavras compostas por dois substantivos, ambos flexionam no plural (cf. Celso CUNHA e Lindley CINTRA, Nova Gramática do Português Contemporâneo, Lisboa: Edições Sá da Costa, 1998, p. 189). Por outro lado pode considerar-se que o plural é bolos-rei porque "o segundo termo da composição é um substantivo que funciona como determinante específico" (Celso CUNHA e Lindley CINTRA, Nova Gramática do Português Contemporâneo, Lisboa: Edições Sá da Costa, 1998, p. 188).

Em Portugal, a forma bolos-reis é a que se encontra mais registada (é, por exemplo, a forma preconizada por Rebelo Gonçalves, no seu Vocabulário da Língua Portuguesa (Coimbra: Coimbra Editora, 1966) e no Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa (Lisboa: Verbo, 2001).




“Daniel Sampaio visitou a escola que frequentara, mas constatou que tudo estava diferente, ainda que o espaço físico fosse o mesmo.”
Tenho algumas dúvidas na divisão e classificação das orações da frase acima e ainda nas funções sintácticas desempenhadas pelas seguintes palavras na mesma frase:
- a escola
- Daniel Sampaio
- tudo
- diferente
Será que me poderiam esclarecer?
A frase transcrita contém 5 orações: 1) Daniel Sampaio visitou a escola (oração subordinante); 2) que frequentara (oração subordinada adjectiva relativa restritiva); 3) mas constatou (oração coordenada adversativa); 4) que tudo estava diferente (oração subordinada substantiva integrante) e 5) ainda que o espaço físico fosse o mesmo (oração subordinada adverbial concessiva).
Relativamente às funções sintácticas, na oração “Daniel Sampaio visitou a escola que frequentara”, “Daniel Sampaio” desempenha a função de sujeito (é com essa expressão que o verbo concorda) e a “escola que frequentava” é o complemento directo (a expressão “a escola” é apenas uma parte do complemento directo). Na oração “que tudo estava diferente”, “tudo” desempenha a função de sujeito e “diferente” a função de predicativo do sujeito.
A nomenclatura da classificação das orações ou das funções sintácticas pode variar, mas esta é uma classificação possível.

pub

Palavra do dia

na·so·ge·ni·a·no na·so·ge·ni·a·no
(naso- + geniano)
adjectivo
adjetivo

[Anatomia]   [Anatomia]  Relativo ao nariz e à região do queixo (ex.: sulco nasogeniano).

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/masculina [consultado em 22-09-2018]