Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

maria-fedida

maria-fedidamaria-fedida | n. f.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ma·ri·a·-fe·di·da ma·ri·a·-fe·di·da


(Maria, antropónimo + feminino de fedido)
nome feminino

[Brasil]   [Brasil]   [Entomologia]   [Entomologia]  Insecto hemíptero (Nezara viridula), de cor verde e cheiro considerado desagradável.Ver imagem = PERCEVEJO-VERDE

pub

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

renomados como Cláudia Raia, Débora Bloch, Louise Cardoso, Marco Nanini, Diogo Vilela, Maria Zilda Bethlem, Guilherme Karan, Ney Latorraca, Pedro Paulo Rangel e Cristina Pereira. O programa ajudou a consolidar as carreiras de atores como Luiz Fernando Guimarães e Regina Casé (ambos revelados pelo grupo

Em duronaqueda.blogs.sapo.pt

renomados como Cláudia Raia, Débora Bloch, Louise Cardoso, Marco Nanini, Diogo Vilela, Maria Zilda Bethlem, Guilherme Karan, Ney Latorraca, Pedro Paulo Rangel e Cristina Pereira. O programa ajudou a consolidar as carreiras de atores como Luiz Fernando Guimarães e Regina Casé (ambos revelados pelo grupo

Em duronaqueda.blogs.sapo.pt

Março, em que sóóó após o carnaval começam a aparecer, timidamente e mergulhados na mais fedida ressaca, os primeiros dias realmente úteis do ano... E que o país começa a dar os seus primeiros passos em direção à produtividade... Vendo ainda os nobres operários que voltam "numa velocidade..." às obras

Em palavreadomarginal.blogs.sapo.pt

Março, em que sóóó após o carnaval começam a aparecer, timidamente e mergulhados na mais fedida ressaca, os primeiros dias realmente úteis do ano... E que o país começa a dar os seus primeiros passos em direção à produtividade... Vendo ainda os nobres operários que voltam "numa velocidade..." às obras

Em blogpalavreadoumtantoquantopoetico.blogs.sapo.pt

Março, em que sóóó após o carnaval começam a aparecer, timidamente e mergulhados na mais fedida ressaca, os primeiros dias realmente úteis do ano... E que o país começa a dar os seus primeiros passos em direção à produtividade... Vendo ainda os nobres operários que voltam "numa velocidade..." às obras

Em palavreadomarginal.blogs.sapo.pt
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Gostaria de saber se a palavra real admite duas formas de plural: réis e reais, assim como mel, temos: méis e meles?
Efectivamente a palavra real admite o plural réis (não confundir com reis, plural de rei), mas apenas na acepção de antiga unidade monetária de Portugal e do Brasil. Nas restantes acepções de adjectivo e de substantivo masculino, incluindo a da actual unidade monetária do Brasil, só é admitida a forma plural reais. Não se trata assim de um duplo plural, ao contrário do caso de mel.



Em "Ninguém te vai agradecer", qual a função sintáctica de te? Será complemento indirecto?
O pronome pessoal te pode desempenhar função de complemento directo (ex.: vi-te ontem) ou de complemento indirecto (ex.: dei-te um beijo). No caso em apreço, o pronome te desempenha a função de complemento indirecto, uma vez que corresponde à pronominalização de uma construção do verbo agradecer como transitivo indirecto, com a preposição a (agradecer-te = agradecer a ti), podendo ocorrer com um complemento directo (ex.: ninguém te vai agradecer o favor = ninguém to vai agradecer).
Para determinar a função sintáctica deste pronome, é útil substituir a segunda pessoa gramatical (tu > te) pela terceira (ele > o/lhe), pois neste caso o complemento directo e o complemento indirecto têm formas diferentes, o para o complemento directo, lhe para o complemento indirecto (ex.: ninguém vai agradecer o favor ao rapaz > ninguém lhe vai agradecer o favor / *ninguém o vai agradecer o favor; o asterisco indica agramaticalidade).

Para dúvidas deste teor, poderá consultar uma obra como o Dicionário Gramatical de Verbos Portugueses, dirigido por João Malaca CASTELEIRO (Lisboa: Texto Editores, 2007), que contém a explicitação das funções sintácticas de cada verbo.

pub

Palavra do dia

es·ta·me·nha es·ta·me·nha


(latim staminea, feminino de stamineus, -a, -um, filamentoso)
nome feminino

1. Tecido grosseiro de lã.

2. Hábito de frade, geralmente feito desse tecido. = BUREL

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/maria-fedida [consultado em 06-10-2022]