Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

mástica

másticamástica | n. f.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

más·ti·ca más·ti·ca


nome feminino

O mesmo que mástique.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "mástica" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

volto a Sintra Acho-me pelintra Não bucha ma’stica Dá-lhe o meu recado Que se encontre bem E beijos à mãe Se não for pecado. XV Em Setúbal como em Sesimbra, não fruí de boa-sorte. Também – é bem verdade – lá não encontrei a morte. Havia ainda, nessa época falecida, a (paso)doble estação Outono

Em daniel abrunheiro

...la angustia, cuarenta y dos compases agolpados en la voz y una patria que mastica hojas amargas..

Em Viva a Poesia

Temeroso del crujir en las maderas, ¿ mastica su filigrana en un rincón??

Em Viva a Poesia

...evidenciar la potencia ígnea del verdadero relato: la historia de un joven exiliado que mastica su desarraigo e intenta convertirse en escritor, con todo el vértigo que

Em Entropía (las apostillas)

EL CABALLO DE MI PADRE El caballo mastica el sol entre los pastos, la luz azulada que asordina las horas del verano...

Em Rua das Pretas
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Gostaria de saber qual é a grafia correcta para poster e seu plural, no sentido da apresentação destes posteres em congressos.
Além do anglicismo poster (“cartaz” ou “ampliação fotográfica”), os dicionários de língua portuguesa mais recentes registam ainda o seu aportuguesamento, que varia consoante se trate da norma europeia ou da norma brasileira do português. Assim, o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa (Lisboa: Editorial Verbo, 2001), bem como o Grande Dicionário Língua Portuguesa (Porto: Porto Editora, 2004), propõem para a norma europeia do português o aportuguesamento póster (com indicação do plural pósteres) e o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (Rio de Janeiro: Editora Objetiva, 2001), bem como o Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa (Curitiba: Positivo, 2004), propõem para a norma brasileira do português o aportuguesamento pôster (com indicação do plural pôsteres).



Ao escrever um texto num computador que tem instalado o vosso corrector ortográfico FLiP 5, verifiquei que a palavra por mim usada "precaridade" é assinalada como erro. Habituada a ver constantemente em propaganda política o erro "precariedade", verifiquei com horror que esta era a sugestão do FLiP! Felizmente tenho em casa um bom dicionário da Porto Editora munida do qual pude provar ao meu marido que não sou eu a ignorante... Em nome do meu marido e de tantos outros que não se podem dar ao luxo de dispensar o corrector ortográfico, solicito a V. Exas. que se dêem pressa em corrigir este grave erro, a fim de evitar que as gerações vindouras, de léxico já tão fragilizado, aprendam o erro como coisa certa e venham depois arrogantemente corrigir os poucos que ainda vão sabendo falar e escrever um português escorreito.
A forma correcta é precariedade: não se trata de erro, conforme pode verificar seguindo a hiperligação para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa ou consultando outras obras lexicográficas, como sejam o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa, o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, o Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa, o Grande Vocabulário da Língua Portuguesa, de José Pedro Machado, ou o Vocabulário da Língua Portuguesa, de Francisco Rebelo Gonçalves (este último refere mesmo que precaridade se trata de forma inexacta de precariedade). Aliás, a generalidade dos dicionários e vocabulários regista apenas precariedade, dado ser esta a forma que respeita as regras de boa formação morfológica em português: de facto, os adjectivos com a terminação átona -io (ex.: espúrio, hereditário, sério, transitório, vitalício) formam os substantivos correspondentes por aposição do sufixo -edade (ex.: espuriedade, hereditariedade, seriedade, transitoriedade, vitaliciedade), terminando por isso em ‑iedade.

O Grande Dicionário Língua Portuguesa (2004), da Porto Editora, regista, efectivamente, a palavra precaridade, remetendo-a para precariedade, tal como acontece no dicionário electrónico Cândido de Figueiredo – Grande Dicionário Electrónico da Língua Portuguesa (Bertrand Editora / Máquinas em Movimento – Oficina Multimédia Lda., 1996 [CD-ROM]) ou no Novo Grande Dicionário da Língua Portuguesa Conforme Acordo Ortográfico (Texto Editores, 2007). As razões inerentes a esta inclusão prendem-se provavelmente com o uso, com a necessidade de reencaminhar os falantes para a forma preferencial ou devem-se a outros critérios sobre os quais poderá questionar as respectivas editoras/equipas editoriais.

Em momento algum, porém, se pode afirmar que precariedade é um erro, pois é justamente essa a forma considerada mais correcta. A forma precaridade advém da possível confusão com palavras formadas por aposição do sufixo -idade, muito produtivo em português, como regularidade (de regular + -idade) ou efemeridade (de efémero + -idade).

A Priberam zela por incluir no léxico do FLiP termos atestados em obras de referência, nomeadamente, prontuários, vocabulários e dicionários. A ortografia de tais obras rege-se, em princípio, pelos principais textos legais em vigor para a norma europeia (sobretudo o Acordo Ortográfico de 1945 e o Acordo Ortográfico de 1990), respeitando a tradição lexicográfica portuguesa. A inclusão de novos vocábulos, seja por sugestão de utilizadores, seja por pesquisas em corpora, quando não atestados em obras de referência, é efectuada apenas se a sua formação respeitar as regras ortográficas e morfológicas da língua portuguesa.

pub

Palavra do dia

al·var al·var


(alvo + -ar)
adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

1. De cor quase branca. = ALVACENTO, ALVADIO, ALVARINHO, ESBRANQUIÇADO

adjectivo de dois géneros e nome de dois géneros
adjetivo de dois géneros e nome de dois géneros

2. [Depreciativo]   [Depreciativo]  Que ou quem mostra pouca inteligência ou muita ingenuidade (ex.: cara alvar; não ia responder àquele alvar). = PARVO, PATETA, TOLO

nome masculino

3. [Viticultura]   [Viticultura]  Casta de uva branca.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/m%C3%A1stica [consultado em 28-01-2022]