Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

lesa-gramática

lesa-gramáticalesa-gramática | n. f.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

le·sa·-gra·má·ti·ca le·sa·-gra·má·ti·ca


(leso + gramática)
nome feminino

Desrespeito ou violação das regras gramaticais consideradas como correctas.

Plural: lesas-gramáticas.Plural: lesas-gramáticas.
pub

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

, Dombrovskis, mais as suas cortes de funcionários zelosos, a última coisa que desejam é que possa haver qualquer mitigado sucesso de um governo que está a cometer esse crime de lesa -economia que é “reverter” salários e pensões, taxar fundos e bancos e não ao contrário. (…) PS, PCP e BE incitaram a sua

Em LUMINÁRIA

governo que está a cometer esse crime de lesa -economia que é “reverter” salários e pensões, taxar fundos e bancos e não ao contrário. (…) PS, PCP e BE incitaram a sua experiência fora do “arco da governação”, derrubando um governo assente no partido que ganhou as eleições, e apoiando um partido que as

Em Entre as brumas da memória

ensino secundário tratou-se, em minha opinião, de um crime de lesa -majestade às belas-letras. Aliás, sempre que falamos de Camilo não podemos divorciá-lo do seu papel de um dos melhores mestres da Língua Pátria e, muito menos ainda, de “O ódio de perdição” que os responsáveis da 5 de Outubro lhe

Em De Rerum Natura

um centro de investigação (de que sou director-adjunto), cujo feito mais recente é a conclusão de um António Vieira em 30 volumes, em que aparece a nossa Academia de Letras como patrocinadora. Tendo ele escrito sobre o nosso primeiro gramático, editado a Gramática da Linguagem Portuguesa (1536) e

Em ER

um centro de investigação (de que sou director-adjunto), cujo feito mais recente é a conclusão de um António Vieira em 30 volumes, em que aparece a nossa Academia de Letras como patrocinadora. Tendo ele escrito sobre o nosso primeiro gramático, editado a Gramática da Linguagem Portuguesa (1536) e

Em passos-perdidos.blogs.sapo.pt
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Gostaria de saber se as palavras escritas em letras maiúsculas são acentuadas. Ex.: ÁRVORE.
Na ortografia portuguesa, as palavras têm a mesma acentuação independentemente de serem grafadas com letras maiúsculas ou minúsculas. Assim, se pretender escrever árvore, ébano, ímpeto, óbito, único com inicial maiúscula ou totalmente em maiúsculas, deverá escrever Árvore ou ÁRVORE, Ébano ou ÉBANO, Ímpeto ou ÍMPETO, Óbito ou ÓBITO ou Único ou ÚNICO.

O texto do Acordo Ortográfico, que regula a ortografia do português europeu e que tem regras específicas para o uso de maiúsculas nas bases XXXIX a XLVII, não refere explicitamente este assunto, mas o próprio texto legal contém sempre acentos em maiúsculas, nomeadamente em palavras como "MINISTÉRIO", "Ámon", "Áustria-Hungria", "Nun'Álvares", "Índias" ou no nome do Presidente da República em 1945, "ANTÓNIO ÓSCAR DE FRAGOSO CARMONA".

Outras ortografias de línguas românicas próximas do português, como o espanhol ou o francês, têm o mesmo comportamento. A Real Academia Española (Ortografía de la Lengua Española, Madrid: Editorial Espasa Calpe, 1999, p. 53) refere explicitamente que as maiúsculas levam acento e que a Academia nunca estabeleceu uma norma em sentido contrário. Quanto ao francês, a tradição escolar costuma ensinar que as maiúsculas podem não ser acentuadas, não sendo essa, no entanto, a posição da Académie Française, que recomenda o uso sistemático das maiúsculas acentuadas; também a União Europeia, no Código de Redacção Interinstitucional relativo ao francês postula que as maiúsculas são, em princípio, sempre acentuadas (http://publications.europa.eu/code/fr/fr-240203.htm).




Tenho uma dúvida em relação à classificação das seguintes orações do poema «Prece» da Mensagem, e pedia uma ajudinha. «Mas a chama, que a vida em nós criou, Se ainda há vida ainda não é finda.»
Estes dois versos de Pessoa constituem uma frase complexa que contém três orações (que também podem ser designadas por frases, segundo a Terminologia Linguística para os Ensinos Básico e Secundário publicada em Diário da República em Dezembro de 2004):
1) mas a chama [...] ainda não é finda - oração subordinante;
2) que a vida em nós criou - oração subordinada relativa restritiva, com antecedente (o antecedente é a chama);
3) se ainda há vida - oração subordinada adverbial condicional.

pub

Palavra do dia

chi·me·co |é|chi·me·co |é|


(inglês shoemaker, sapateiro)
nome masculino

[Portugal: Madeira, Informal]   [Portugal: Madeira, Informal]  Pessoa de baixa estatura. = BAIXOTE

Confrontar: chumeco.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/lesa-gram%C3%A1tica [consultado em 29-11-2021]