PT
BR
Pesquisar
Definições



legitimação

A forma legitimaçãopode ser [derivação feminino singular de legitimarlegitimar] ou [nome feminino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
legitimaçãolegitimação
( le·gi·ti·ma·ção

le·gi·ti·ma·ção

)


nome feminino

1. Acto ou efeito de legitimar.

2. Justificação.

legitimarlegitimar
( le·gi·ti·mar

le·gi·ti·mar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo e pronominal

1. Tornar(-se) legítimo.


verbo transitivo

2. Reconhecer como legítimo ou autêntico.

3. Habilitar para o exercício de certos actos ou o gozo de certos direitos.

4. Justificar.

etimologiaOrigem etimológica:latim medieval legitimo, -are.

Auxiliares de tradução

Traduzir "legitimação" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Ao fazer a pesquisa do termo prescindir, observei que constava como verbo intransitivo. Pesquisei, no entanto, no dicionário Aurélio e constava como verbo transitivo. Gostaria de alertar para esse possível erro.
Apesar de, actualmente, o verbo prescindir dever ser considerado um verbo transitivo indirecto, como faz o Aurélio, a classificação mais tradicional em dicionários portugueses (diferentemente de dicionários brasileiros como o Aurélio ou o Houaiss) é classificar verbos com regência de proposições que não sejam a (como "entregar a") como intransitivos (como é o caso de "prescindir de"). Em casos semelhantes, é normal encontrar discrepâncias entre dicionários portugueses e brasileiros, sendo a classificação dos segundos geralmente mais rigorosa.



Tenho dúvidas na construção desta frase: "caso tenha dúvidas, não hesite em perguntar" ou "caso tenha dúvidas, não hesite perguntar". Não sei qual a mais correcta.
As duas frases apresentadas encontram-se correctas, pois o verbo hesitar, quando selecciona uma frase infinitiva, pode ser transitivo directo, isto é, selecciona um complemento que não é regido por preposição (ex.: não hesite perguntar) ou transitivo indirecto, isto é, selecciona um complemento regido por preposição (ex.: não hesite em perguntar). Pesquisas em corpora e motores de busca mostram no entanto que a construção como transitivo indirecto (hesitar em) é mais usual.