Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub

konverserer

Palavra não encontrada. Se procurava uma das palavras seguintes, clique nela para consultar a sua definição.

Caso a palavra que procura não seja nenhuma das apresentadas acima, sugira-nos a sua inclusão no dicionário.
pub

Dúvidas linguísticas


Gostava que me informassem, se possível, sobre como se aplica o artigo na palavra personagem. Diz-se o personagem ou a personagem?
A palavra personagem entrou no português vinda do francês, e, regra geral, as palavras que no francês terminam em -age e que são masculinas (ex.: bagage, barrage, camouflage, dérapage, etc.), em português terminam em -agem e são femininas (ex.:bagagem, barragem, camuflagem, derrapagem, etc.). Acontece que o uso da palavra pelos falantes ou a influência do género masculino em francês levaram a que a palavra já esteja registada em obras lexicográficas de referência como palavra feminina ou masculina (por exemplo, no Vocabulário da Língua Portuguesa (1966) de Rebelo Gonçalves, no Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea (2001), da Academia das Ciências/Verbo, no Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (2002), do Círculo de Leitores, ou no Grande Dicionário Língua Portuguesa (2004), da Porto Editora).

O artigo definido deverá então concordar com o substantivo personagem em género e número, consoante a consideremos palavra feminina (O Jasão é a minha personagem favorita) ou masculina (A Medeia é o meu personagem favorito). O que é importante é, no mesmo texto ou documento, ser coerente com a opção tomada e mantê-la.




Gostaria de esclarecer qual a forma correta de escrever a palavra extra classe, ou seja, com hífen ou sem hífen?
Apesar de não se encontrar dicionarizada, a grafia correcta é extraclasse, pois, de acordo com o Acordo Ortográfico de 1945, o prefixo extra só se escreve com hífen quando o elemento que se lhe segue começa por vogal (ex.: extra-axilar, extra-oficial), h (ex.: extra-hepático), r (ex.: extra-regulamentar) ou s (ex.: extra-sensorial). A palavra extraordinário poderia parecer uma excepção a esta regra, mas na verdade ela não se formou com este prefixo, antes entrou no português já formada no latim.

Segundo o Acordo Ortográfico de 1990, o elemento de formação extra- apenas deve ser ligado por hífen a palavras que comecem por h ou por a (ex.: extra-hepático, extra-axilar). No caso de o elemento seguinte começar por r ou s, não deverá ser seguido de hífen e aquelas consoantes devem ser dobradas (ex.: extrarregulamentar, extrassensorial).

Palavra do dia

al·ma·ço al·ma·ço


(português antigo a lo maço)
adjectivo e nome masculino
adjetivo e nome masculino

Diz-se de ou espécie de papel grosso.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/konverserer [consultado em 26-07-2021]