Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

j'en passe et des meilleurs

j'en passe et des meilleursj'en passe et des meilleurs | loc.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

j'en passe et des meilleurs


(locução francesa que significa "passo [alguns] e dos melhores")
locução

Palavras que Vítor Hugo põe na boca de Rui Gomes da Silva, fidalgo português, quando este mostrava a Carlos V os retratos dos seus antepassados e rematava com a enumeração incompleta dos seus feitos.

Fonte: Vítor Hugo, Hernâni.
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "j'en passe et des meilleurs" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

pivot du développement, en reconnaissant que, tant que les acteurs locaux n'ont pas les moyens d'agir par eux-mêmes et une juste compréhension des problèmes, les plans de développement, disposeraient-ils des meilleurs soutiens, ne produisent en général que des résultats négligeables ou non viables à

Em armelboriszionne.blogs.sapo.pt

Lire en ligne ou Télécharger eBooks PDF complet pour votre PC ou Mobile: Trotsky Les enquêtes de l'inspecteur Higgins Tome 16, Crime dans la Vallée des rois Les Tempêtes Europe, diversité culturelle et mondialisations Philippe V Le Souterrain Nuage et eau Une société fragmentée ? Reviens, grand

Em khavomdeger.blogs.sapo.pt

mariage Développer son entreprise L’Envers du décor Rendez-vous en septembre Du coeur à l'établi La rébellion française. Mouvements populaires et conscience sociale (1661-1789) Le Démon du passé De San Francisco vue holographique Au pays des Marrakech’Chats The Island Claude Javeau, témoin de son temps La

Em nessstertanmye.blogs.sapo.pt

Nomades et sédentaires : perspectives ethnoarchéologiques Papa, c'est encore loin quand je serai grand ? Technologie des ordinateurs et des réseaux - 8e éd. Monkey’s Requiem Dès l'or, Victor… Le Chant Libérateur La saga Danone L'Amour au subjonctif En face Premiers pas en informatique avec Windows 10 pour…

Em saurepeger.blogs.sapo.pt

du baroque en Allemagne La gestion des entreprises sociales Chine : culture et traditions Houellebecq, en fait Christmas Pudding Les Grands Mystères de l'Histoire - Tome 1 La Grande Guerre oubliée Qu'est-ce que la Préhistoire ? Résistance lyonnaise, j 'écris ton nom Nicolas Pages L'héritier des

Em saurepeger.blogs.sapo.pt
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


No seguinte exemplo, o pronome do complemento directo deve vir antes ou depois do verbo?
- Já fizeste o trabalho?
- Sim, acabei de o fazer. / Sim, acabei de fazê-lo.
- Não, ainda tenho de o fazer. / Não, ainda tenho de fazê-lo.
Nas frases indicadas, as locuções verbais acabar de fazer e ter de fazer correspondem a construções em que os verbos acabar e fazer, seguidos da preposição de, são verbos auxiliares. Em geral, em locuções verbais com verbos auxiliares ou semiauxiliares (excepto com os que formam tempos verbais compostos: ex.: tem lido, foi lido), o clítico é colocado depois do verbo principal (ex.: O livro é interessante e posso lê-lo em dois dias; Ele veio visitar-me esta semana), podendo haver, menos consensualmente, colocação do clítico depois do verbo auxiliar ou semiauxiliar (ex.: O livro é interessante e posso-o ler em dois dias; Ele veio-me visitar esta semana). No entanto, quando a construção do verbo auxiliar ou semiauxiliar inclui uma preposição, especialmente de ou por, o pronome clítico pode ocorrer antes ou depois do verbo auxiliar (ex. Sim, acabei de o fazer. / Sim, acabei de fazê-lo), mas não depois do verbo auxiliar (ex. *Sim, acabei-o de fazer; o asterisco indica agramaticalidade).
Esta reflexão aplica-se também à outra frase apresentada (Não, ainda tenho de o fazer. / Não, ainda tenho de fazê-lo), mas nesse caso será ainda possível a opção Não, ainda o tenho de fazer, pois o advérbio ainda tem a propriedade de atracção do clítico (ver os casos referidos nas alíneas a) a j) da resposta posição dos clíticos).




Qual o plural para a expressão alerta ou em alerta? As orações Eles permanecem alertas e Eles permanecem em alerta estão corretas?
Nenhuma das expressões referidas pode ser considerada incorrecta.

A palavra alerta pode ser usada como advérbio, como adjectivo, como substantivo ou como interjeição.

Como advérbio mantém-se sempre invariável (ex.: ela permanece alerta; eles permanecem alerta).

Como adjectivo é uniforme, flexiona em número e concorda com o nome que qualifica (ex.: as pessoas permanecem alertas; a presa alerta conseguiu escapar do leão).

Como interjeição, pode ser usada, de forma invariável, para avisar ou solicitar atenção ou cuidado (ex.: alerta, camaradas!).

A palavra alerta pode ainda ser usada como substantivo masculino, admitindo apenas flexão em número (ex.: o guarda deu o alerta quando um dos prisioneiros se pôs em fuga; não prestaram atenção aos alertas dados pelo guarda).

A locução adverbial em alerta está correcta (neste caso, alerta assume a classificação de substantivo) e também se mantém invariável em qualquer dos contextos usados (ex.: ele permanece em alerta; eles permanecem em alerta).

pub

Palavra do dia

pi·ca·ú pi·ca·ú


(origem duvidosa)
nome masculino

[Brasil]   [Brasil]   [Ornitologia]   [Ornitologia]  Designação dada a várias aves da família dos columbídeos. = POMBA

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/j'en%20passe%20et%20des%20meilleurs [consultado em 30-11-2022]