PT
BR
Pesquisar
Definições



in-

A forma in-pode ser[advérbio], [prefixo], [preposição] ou [símbolo].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
in1in1
|íne|


advérbio

[Informal] [Informal] Na moda (ex.: essa roupa agora está in).

etimologiaOrigem etimológica:palavra inglesa.
in2in2
|íne|


preposição

Indica, em citações bibliográficas e afins, o local a que pertence determinada parte de uma obra (ex.: "verbete" in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa).

etimologiaOrigem etimológica:palavra latina.
In3In3


símbolo

[Química] [Química] Símbolo químico do índio.

in-in-


prefixo

1. Indica negação ou ausência (ex.: inalcançável; incapacitar; incumprimento; inexistência).

2. Indica movimento para dentro (ex.: infiltrar; invaginar).

etimologiaOrigem etimológica:latim in-.
Nota: Converte-se em im- antes de b ou p; converte-se em ir- antes de r; converte-se em i- antes de l, m ou n.

Palavras vizinhas



Dúvidas linguísticas



Como se classifica gramaticalmente a forma levemo-lo?
Gramaticalmente, levemo-lo corresponde a uma forma do verbo levar na primeira pessoa do plural do imperativo (ex.: amigos, levemos isto daqui já), seguido do pronome átono o, que assume a forma -lo por estar a seguir a uma forma verbal terminada num -s (que desaparece: levemos + o = levemo-lo).

A forma levemos, isoladamente, poderá corresponder também ao presente do conjuntivo (ex.: é preciso que levemos isto daqui), mas, como tem o pronome átono em posição enclítica (depois do verbo), não corresponde a esse tempo, pois o presente do conjuntivo é normalmente antecedido da conjunção que, com propriedades de atracção do pronome átono (ex.: é preciso que o levemos daqui), não sendo considerada gramatical uma construção proclítica nesse caso (ex.: *é preciso que levemo-lo daqui).




Gostaria de saber a origem da palavra hospital. De onde foi formada?
A palavra hospital deriva do adjectivo latino hospitalis, -e (“que é relativo a hóspede”), usado nas locuções hospitale domus ou hospitale cubiculum (“casa de hóspedes”). A mesma palavra latina deu origem ao francês hôtel, de onde deriva a palavra portuguesa hotel.