Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
homemhomem | s. m. | adj. 2 g.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ho·mem ho·mem
(latim homo, -inis)
substantivo masculino

1. [Biologia]   [Biologia]  Mamífero primata, bípede, do género Homo, em particular da espécie Homo sapiens, que se caracteriza pela postura erecta, mãos preênseis, inteligência superior, capacidade de fala e que é considerado o tipo do género humano (ex.: o aparecimento do homem na Terra ocorreu há milhares de anos).

2. Humanidade, espécie humana (ex.: desastres ambientais causados pelo homem; a guerra é própria do homem). (Também se escreve com maiúscula inicial.)

3. Ser humano do sexo masculino ou do género masculino (ex.: só teve filhos homens; o homem pode produzir espermatozóides a partir da puberdade; homem transgénero).

5. Pessoa do sexo ou género masculino depois da adolescência. (ex.: está um bonito homem). = HOMEM-FEITO

6. Pessoa do sexo ou género masculino casada com outra pessoa, em relação a esta (ex.: o homem divorciou-se da mulher). = CÔNJUGE, ESPOSO, MARIDO

7. Pessoa do sexo ou género masculino com quem se mantém uma relação sentimental e/ou sexual (ex.: conheci o meu homem na universidade e estamos juntos até hoje). = COMPANHEIRO, PARCEIRO

8. Conjunto das pessoas do sexo ou género masculino (ex.: estudo revela que o suicídio é mais violento no homem do que na mulher; que representações sociais se fazem do homem na publicidade?).

9. Pessoa que faz parte de uma equipa ao serviço de alguém ou de alguma instituição (ex.: os bombeiros têm cerca de 100 homens no terreno; prevê-se o envio de mais homens para controlar a situação na fronteira). (Mais usado no plural.)

adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

10. Que tem qualidades ou atributos considerados tipicamente masculinos (ex.: ele é muito homem).


abominável homem das neves
Criatura lendária dos Himalaias, peluda e de formas humanas. = YETI

de homem para homem
Entre homens, com sinceridade e de modo directo (ex.: conversar de homem para homem; diálogo de homem para homem).

homem de armas
[Figurado]   [Figurado]  Aquele que é corajoso, destemido, que enfrenta com força e ânimo as adversidades (ex.: o avô era um homem de armas e desistir não era opção). = LUTADOR

[Antigo]   [Antigo]  Guerreiro, soldado (ex.: os besteiros e os homens de armas defenderam o castelo).

homem de Deus
[Figurado]   [Figurado]  O que é bondoso, piedoso.

[Informal, Figurado]   [Informal, Figurado]  Locução, usada geralmente de forma vocativa, para exprimir impaciência ou espanto (ex.: quem é que fez isso, homem de Deus?).

homem de Estado
[Política]   [Política]  Aquele que governa com competência, empenho e conhecimento dos assuntos políticos (ex.: o arquivo documenta a vida de um dos maiores homens de Estado). = ESTADISTA

homem de lei(s)
Aquele que é especialista em leis. = ADVOGADO, LEGISTA

homem de letras
Literato, escritor.

homem de Neandertal
[Antropologia]   [Antropologia]  Primata antropóide do paleolítico médio, que surgiu na Europa e na Ásia, caracterizado por grande volume cerebral. = NEANDERTAL

homem de negócios
Aquele que se dedica profissionalmente a actividades empresariais ou comerciais, gerindo o seu negócio ou o de outrem. = EMPRESÁRIO

homem de palha
[Depreciativo]   [Depreciativo]  Homem fraco ou sem préstimo, física ou moralmente.

homem de partido
[Política]   [Política]  Aquele que participa activamente na vida e nas decisões do grupo político a que pertence (ex.: militante desde jovem, é um homem de partido há várias décadas).

homem de pé
Peão.

homem público
Aquele que desempenha funções de interesse público, sobretudo na política ou na administração de um Estado ou de um país (ex.: fez carreira como homem público).

Plural: homens.Plural: homens.
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "homem" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Qual o plural de refrão?
Como pode verificar no Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, a palavra refrão forma os plurais irregulares refrães ou refrãos.




Gostaria de saber se é correto usar vírgula antes de conjunção e?
O uso da vírgula, como o da pontuação em geral, é complexo, pois está intimamente ligado à decomposição sintáctica, lógica e discursiva das frases. Tradicionalmente, os sinais de pontuação (como o ponto, a vírgula, o ponto e vírgula e os dois pontos) têm sido entendidos como uma transposição para a escrita das pausas e do ritmo melódico da oralidade. Veja-se, a este respeito, o cap. 21, pp. 639-664, da Nova Gramática do Português Contemporâneo, de Celso CUNHA e Lindley CINTRA (14ª ed., Lisboa, Edições Sá da Costa, 1998). Este ponto de vista, apesar de muito divulgado e ensinado em contexto escolar, conduz a equívocos e dúvidas que dificilmente podem ser esclarecidos com esta forma de análise. Como exemplo do que acabou de ser dito, podemos referir que, se a vírgula servisse para indicar uma pausa, como é usualmente referido, seria possível uma vírgula separar grupos inseparáveis, como o sujeito do grupo verbal ou o verbo de um seu complemento obrigatório (ex.: *o rapaz, não comeu, nada; o asterisco indica agramaticalidade), pois na oralidade poderá ser feita uma pausa. Assim, e cada vez mais, a pontuação vem sendo entendida como um conjunto de sinais para tornar mais clara a sintaxe e a lógica do discurso, relacionando-se directamente com as construções sintácticas utilizadas e com a estrutura do discurso. Da mesma forma, no ensino, parece haver crescente consciência de que a pontuação não pode nunca ser ensinada isoladamente, mas deve acompanhar o estudo das diversas estruturas sintácticas.

Neste contexto, e servindo o ponto final, na sua essência, para delimitar uma unidade do discurso (período) iniciada por maiúscula, a vírgula surge como o delimitador de algumas estruturas sintácticas dentro do período.

Especificamente sobre a questão colocada, quando a vírgula indica uma coordenação não deverá anteceder a conjunção e, mas poderá surgir antes se apresentar a função de isolar ou separar determinado constituinte sintáctico.

Depois desta reflexão, analisem-se, a título de exemplo, as frases abaixo:
a) Ele respeita os sinais de trânsito, especialmente os limites de velocidade, e observa todas as regras.
b) As proibições, as obrigatoriedades e os limites de velocidade foram respeitados.

Em a), verifica-se utilização de vírgula a seguir à conjunção e porque entre as duas orações (Ele respeita os sinais de trânsito / observa todas as regras), coordenadas por esta conjunção, há um complemento adverbial, pertencente à primeira oração (especialmente os limites de velocidade), que tem de ser separado por vírgulas. O uso desta vírgula é independente do uso da conjunção e, pois, apesar de a vírgula ser usada muitas vezes para indicar uma coordenação, não está limitada a essa utilização. Se não existisse na frase o complemento adverbial especialmente os limites de velocidade, não haveria motivo para utilizar a vírgula antes da conjunção e (ex.: Ele respeita os sinais de trânsito e observa todas as regras.). Podemos concluir que em a) a vírgula tem a função de isolar o complemento adverbial que especifica o sintagma nominal os sinais de trânsito.

Em b), não poderá ser usada a vírgula antes da conjunção e, pois nesta frase a única função da vírgula é indicar uma coordenação (a frase é equivalente a As proibições e as obrigatoriedades e os limites de velocidade foram respeitados.). Como a coordenação já está indicada pela conjunção e, a vírgula não deve ser usada (alternativamente poderia haver uma frase em que a coordenação fosse feita exclusivamente com vírgulas: Proibições, obrigatoriedades, limites de velocidade foram respeitados.).

Servindo a pontuação e, mais especificamente, a vírgula, para delimitação de unidades sintácticas e orientação do leitor na leitura do texto, a relação entre as vírgulas e as pausas apenas é pertinente quando se trata da leitura oral de um texto, e não no sentido inverso, isto é, não na correspondência da marcação de vírgulas num texto a partir de pausas da oralidade, como sugerem muitos prontuários, gramáticas, dicionários e docentes. A este respeito, assinale-se pela positiva a definição de vírgula dada pelo Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea (Lisboa, Academia das Ciências de Lisboa/Verbo, 2001): "Sinal ortográfico de pontuação (,) que serve para separar ou isolar membros de uma frase e que corresponde, na leitura oral, a uma pausa de curta duração."

pub

Palavra do dia

lau·do lau·do
(latim laudo, primeira pessoa do presente do indicativo do verbo laudare, louvar, elogiar, exaltar, nomear, citar)
substantivo masculino

1. Texto ou documento com um parecer técnico (ex.: laudo médico; laudo pericial; laudo técnico).

2. [Antigo]   [Antigo]   [Jurídico, Jurisprudência]   [Jurídico, Jurisprudência]  Opinião do louvado ou do árbitro em relação a um caso que está a ser arbitrado (ex.: laudo arbitral).

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/homem [consultado em 18-09-2019]