Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
grunhirgrunhir | v. intr. | v. tr. e intr.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

gru·nhir gru·nhir - ConjugarConjugar
(latim grunnio, -ire)
verbo intransitivo

1. Soltar (o porco ou o javali) a sua voz.

2. Soltar vozes que lembram o grunhido do porco.

verbo transitivo e intransitivo

3. Dizer ou falar de forma pouco clara ou maldisposta. = RESMUNGAR

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "grunhir" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Qual a função sintáctica da expressão "pelas serras" na frase "Pelas serras foi dado o brado de alerta aos camponeses"?
A expressão destacada é muitas vezes considerada um adjunto adverbial de lugar por onde (cf. Celso CUNHA e Lindley CINTRA, Nova Gramática do Português Contemporâneo, 14ª ed., Lisboa: Edições Sá da Costa, 1998, pp. 155), designação que coocorre, nomeadamente no ensino, com as de complemento circunstancial de lugar por onde ou complemento adverbial de lugar por onde. Na frase em questão, a expressão “pelas serras” corresponderia a uma informação relativa ao lugar por onde um sujeito indeterminado (eles=alguém) deu um brado de alerta aos camponeses



Como dizer correctamente: ...a área que mais lhe fascina ou ... a área que mais a fascina?
O verbo fascinar é tradicionalmente registado nos dicionários como transitivo directo, isto é, como um verbo que selecciona um complemento nominal obrigatório que não é introduzido por uma preposição (ex.: esta área fascinou o aluno), não sendo consideradas aceitáveis construções com um complemento indirecto, isto é, um complemento nominal obrigatório introduzido por uma preposição (ex.: *esta área fascinou ao aluno; o asterisco indica agramaticalidade). Quando há pronominalização dos complementos de terceira pessoa, o complemento directo corresponde aos pronomes pessoais o, a os, as e o complemento indirecto aos pronomes pessoais lhe, lhes. Assim, relativamente aos exemplos acima referidos, a pronominalização do complemento directo da frase esta área fascinou o aluno deve ser feita com o pronome o (esta área fascinou-o), pois trata-se de um complemento directo, e não com o pronome lhe (*esta área fascinou-lhe).

Em relação às frases apontadas na dúvida colocada, o caso é o mesmo. Deverá ser usada a construção a área que mais a fascina (equivalente a a área que mais fascina alguém) e não a construção *a área que mais lhe fascina (equivalente a *a área que mais fascina a alguém).

pub

Palavra do dia

a·é·me·ro a·ê·me·ro
(a- + grego heméra, -as, dia)
adjectivo
adjetivo

[Religião]   [Religião]  Que não é celebrado em dia certo, por se ignorar a data da sua morte (ex.: santos aémeros).


• Grafia no Brasil: aêmero.

• Grafia no Brasil: aêmero.

• Grafia em Portugal: aémero.

• Grafia em Portugal: aémero.
pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2020, https://dicionario.priberam.org/grunhir [consultado em 01-11-2020]