Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

fiðringur

Palavra não encontrada. Sugerir a inclusão no dicionário da palavra pesquisada.
pub

Dúvidas linguísticas


Como se designam as palavras que derivam do mesmo étimo latino como mágoa, mancha e mácula?
As palavras mágoa, mancha e mácula (a este grupo poderia acrescentar-se as palavras malha e mangra) são exemplos de palavras divergentes, isto é, palavras com o mesmo étimo latino (macula, -ae) que evoluiu para várias formas diferentes. Neste caso específico, as palavras mágoa, mancha, malha ou mangra chegaram ao português por via popular, apresentando cada uma delas diferentes fenómenos regulares de evolução: mágoa sofreu a queda do -l- intervocálico e a sonorização do -c- intervocálico (macula > *macua > *magua > mágoa); mancha sofreu a nasalização do primeiro -a-, a queda do -u- intervocálico e a palatalização do grupo consonântico -cl- (macula > *mãcula > *mãcla > mancha); malha sofreu a queda do -u- intervocálico e a palatalização do grupo consonântico -cl- em -lh- (macula > *macla > malha); mangra sofreu a nasalização do primeiro -a-, a queda do -u- intervocálico, o rotacismo do -l- e a sonorização do -c- (macula > *mãcula > *mãcla > *mãcra > mangra). A palavra mácula chegou ao português por via erudita, apresentando uma forma quase idêntica ao étimo latino.



Gostaria de saber em que situações se utiliza mais bem comportada e melhor comportada.
A dúvida colocada diz respeito à construção do grau comparativo de superioridade de uma locução construída com bem e adjectivo participial (isto é, um adjectivo que deriva do particípio passado de um verbo) feita com mais bem ou com o advérbio melhor. Não há regras rígidas para este uso, mas a utilização de mais bem em vez de melhor é considerada mais correcta por várias obras de referência como dicionários e prontuários (ex.: Este trabalho está bem executado, mas o anterior estava ainda mais bem executado). Esta observação também é válida para mais mal ou pior (ex.: Este trabalho está mal executado, mas o anterior estava ainda mais mal executado).

No entanto, esta reflexão pode ser ainda mais complexa, pois muitas destas construções com mal e bem seguidos de adjectivo participial correspondem muitas vezes a uma palavra composta (é o caso do exemplo bem comportada referido na dúvida colocada, que aparece registado na maioria dos dicionários como bem-comportada, e também do seu antónimo, malcomportada). Neste caso trata-se de uma palavra única e o comparativo deve ser construído da forma mais regular, isto é, antecedido da palavra mais para o comparativo de superioridade (ex.: mais bem-comportada, mais malcomportada), e da palavra menos para o comparativo de inferioridade (ex.: menos bem-comportada, menos malcomportada).

Palavra do dia

so·ro·se |ó|so·ro·se |ó|


(grego sorós, -oû, montão, acervo + -ose)
nome feminino

[Botânica]   [Botânica]  Reunião de frutos carnudos, provenientes de várias flores de uma inflorescência agrupada, como na amora ou no ananás.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/fi%C3%B0ringur [consultado em 20-09-2021]