Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
fatuidadefatuidade | s. f.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

fa·tu·i·da·de |u-i| fa·tu·i·da·de |u-i|
(latim fatuitas, -atis)
substantivo feminino

1. Qualidade de fátuo.

2. Vaidade infundada. = PRESUNÇÃOMODÉSTIA

3. Falta de entendimento. = NECESSIDADE, TOLICE

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "fatuidade" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Podem informar-me se o verbo queixar-se pode ser utilizado sem o pronome reflexivo e em que situação isso ocorre.
O verbo queixar-se é um verbo pronominal; no entanto, o pronome se não é um pronome reflexo, mas o que é designado por “se inerente”. Esta construção é diferente da construção reflexa lavar-se, em que o sujeito é ao mesmo tempo agente e paciente da sua acção (eu lavo-me = eu sou lavado por mim), ou da construção reflexa recíproca beijar-se, em que um sujeito complexo ou colectivo é ao mesmo tempo agente e paciente da mesma acção (o casal beija-se = cada um dos elementos do casal beija e é beijado); em ambas estas construções, o pronome reflexo desempenha uma função de complemento directo. Na construção queixar-se, porém, não há uma acção do sujeito sobre si próprio (eu queixo-me = *eu sou queixado por mim; o asterisco indica agramaticalidade), e o pronome pessoal não tem valor reflexo, nem reflexo recíproco, nem impessoal, nem apassivante, mas parece fazer parte do verbo e das suas propriedades lexicais. No caso de queixar-se, nenhuma das acepções do verbo permite outra forma que não a pronominal (ex.: *ele queixou à irmã; *o doente queixava de dores de cabeça). Há ainda o caso de outros verbos que admitem quer uma construção não pronominal (ex.: esqueci o livro em casa) quer uma construção pronominal com um se inerente (ex.: esqueci-me do livro em casa).



Situemo-nos na área da arquitectura ou da engenharia civil. Imaginemos que falamos de uma tela retesada. Sob tensão. Será erro clamoroso (claro que, clamoroso ou não, pouco importa. Sendo erro...) Mas dizia eu: será erro nesse caso dizer e escrever "tela tensionada"?
Como poderá verificar no Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, o verbo tensionar (homófono de tencionar), formado a partir da aposição do sufixo -ar à forma latina tensio, -onis (tensão), tem o significado “deixar ou ficar sob tensão”.

É possível usar este verbo com qualquer material passível de extensão ou tensão (ex.: o fio tensionou-se mas não partiu; a altura do salto é controlada pelo monitor, tensionando o cabo), como revelam pesquisas em corpora e em motores de pesquisa da Internet.

O Dicionário Priberam regista também o adjectivo tensionado, particípio de tensionar, com o significado “que está sob tensão; que se tensionou”, pelo que a expressão tela tensionada está correcta.

pub

Palavra do dia

pan·de·gar pan·de·gar - ConjugarConjugar
(pândega + -ar)
verbo intransitivo

Andar em pândegas ou festas; gostar de estroinices. = ESTROINAR, FARREAR, FRANGALHOTEAR

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/fatuidade [consultado em 22-11-2019]