Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub

ex aequo

ex aequoex aequo | adv.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ex aequo |ecs áiquo| ou |ecs équo|


(locução latina)
advérbio

Em situação de igualdade de direitos (ex.: o prémio foi atribuído, ex aequo, a dois alunos).

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "ex aequo" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

de “um mundo mais inclusivo e mais fluido.” Deixando também a palavra de ordem da noite (e de todo o festival): “Obrigado ao júri por ter deixado entrar os monstros.” [video] As distinções “ ex-aequo ” (Grande Prémio e Prémio do Júri) fazem supor que os jurados terão tido alguma dificuldade em

Em sound + vision

Tó, ou dizes "não está prevista nenhuma remodelação" ou "não há nenhuma remodelação no horizonte"; nem penses que, empilhando uma na outra , te podes fazer ao ex aequo com os outros dois ...

Em Provas de Contacto

2021 - Prémio "Retórica Política" O ex -"sit-down comedian" ( ex aequo com o palerma de olhos esbugalhados ) "Somos campeões da Europa vai para cinco anos e isso não é por acaso, tiremos o quinto ano que isso foi fruto da pandemia"

Em Provas de Contacto

de Espaços Verdes do Fundo de Fomento da Habitação . O projeto mais marcante da sua carreira é, provavelmente, o jardim da Fundação Calouste Gulbenkian , que assinou com António Viana Barreto e que lhe valeu, ex aequo , o Prémio Valmor de 1975 . Mas, também na capital, merece destaque o conjunto de

Em Geopedrados

Espiões, foi finalista do Silver Dagger Award da Crime Writers' Association. As suas obras incluem a série de Sarah Tucker e Zoê Boehm e os romances Reconstruction, Dolphin Junction (que ganhou o prémio Ellery Queen Readers' Award, ( ex aequo em 2009) e Nobody Walks, que foi finalista do Silver Dagger

Em www.clubedoslivros.pt
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Gostaria de saber se existe alguma regra de fonética para o plural de palavras tais como: fogo, poço, jogo... É que eu fui ensinado a pronunciar: fógos, póços, jógos... ao invés de fôgos, pôços, jôgos... (os acentos estão só como indicadores de fonética). É que recentemente tenho ouvido alguns jornalistas pronunciar estas palavras com entoação "ô"...? Agradecia que me esclarecessem esta dúvida.
Não existe oficialmente nenhuma regra fonética em português que dê conta da alternância vocálica entre o singular e o plural de palavras como fogo, poço, jogo, contorno, despojo, esforço, imposto, ovo, tijolo, troço.

As gramáticas e os prontuários incluem estas palavras em listas de vocábulos cuja vogal tónica, no singular, é o o fechado /ô/ mas que no plural se transforma em o aberto /ó/. Há, no entanto, muitos casos em que o singular e o plural mantêm o mesmo o fechado, como por exemplo acordo(s) /ô/, gosto(s) /ô/ ou sopro(s) /ô/ (pode encontrar mais exemplos na Nova Gramática do Português Contemporâneo, de Celso Cunha e Lindley Cintra, p. 184). Essas listas são relativamente extensas e difíceis de memorizar, o que pode estar na origem de dúvidas relativas à pronúncia desses termos.

Na sua Moderna Gramática Portuguesa (p. 124), Evanildo Bechara afirma que se tem recorrido à etimologia latina desses termos e ao paralelismo com a língua espanhola para desfazer hesitações de pronúncia, mas que tal não esclarece todas as dúvidas.

No artigo "Histórias de O", Ernesto d'Andrade faz a revisão de vários estudos desta alternância em português e fornece uma análise mais técnica, com base fonológica, deste fenómeno.

O Dicionário Priberam da Língua Portuguesa contém indicações de pronúncia, tanto no singular, quanto no plural dessas palavras.




A entrada de "vir", no sentido de "atingir o orgasmo", está classificada como verbo pronominal. Não será reflexo?
O Dicionário Priberam, como a maioria dos dicionários com subclassificação dos verbos, utiliza a classificação “verbo pronominal” para classificar:

1) a voz pronominal reflexa em casos de verbos transitivos em que a acção é realizada e sofrida pelo sujeito e o pronome pessoal corresponde a um complemento directo ou a um complemento indirecto (ex.: ele lavou-se).

2) a voz pronominal reflexa recíproca em casos de verbos transitivos que exprimem uma acção mútua por parte de um sujeito plural, complexo ou colectivo e em que o pronome pessoal corresponde a um complemento directo (ex.: eles agrediram-se).

3) verbos que contêm um pronome pessoal (chamado inerente) que não tem valor reflexo, recíproco, impessoal ou passivo, nem qualquer função sintáctica, mas que corresponde a uma propriedade lexical do próprio verbo; a acção é da responsabilidade do sujeito, mas não recai sobre si próprio (ex.: ele riu-se).

O verbo vir, na acepção “atingir o orgasmo”, parece enquadrar-se no grupo 3), razão pela qual, na nossa opinião, não deve classificar-se como reflexo mas sim como pronominal.

pub

Palavra do dia

lo·ri·ga lo·ri·ga


(latim lorica, -ae, cota de malha, couraça, parapeito, barreira, trincheira)
nome feminino

1. [Armamento]   [Armamento]  Saio de malha com lâminas de metal, na armadura.

2. [Armamento]   [Armamento]  Couraça.

3. Acto de ajudar. = AMPARO, AUXÍLIO

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/ex%20aequo [consultado em 01-08-2021]