Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
esfirraesfirra | s. f.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

es·fir·ra es·fir·ra
(árabe isfiha)
substantivo feminino

[Culinária]   [Culinária]  Pastel de massa de trigo e recheios diversos, geralmente carne ou legumes, assado no forno, com origem na culinária do Médio Oriente.Ver imagem

pub

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Procurei a definição para a palavra invariavelmente, contudo, não a localizei no dicionário. Apenas encontrei invariável. O que muda com o acréscimo de -mente?
De facto, o advérbio invariavelmente não faz parte da nomenclatura do Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. A nomenclatura de um dicionário é sempre limitada, e a prova disso é que até o recente Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (edição brasileira da Editora Objetiva, 2001; edição portuguesa do Círculo de Leitores, 2002), considerado o dicionário de língua portuguesa com a maior nomenclatura, também não o regista. A maioria dos dicionários considera que a definição dos advérbios em -mente, com raras excepções, se depreende facilmente dos adjectivos de que derivam. Desta forma, considera-se que invariavelmente poderia ser entendido como “de maneira invariável”, com as acepções do adjectivo invariável.

Esta é, no entanto, uma questão que escapa à maioria dos utilizadores, e às vezes é difícil depreender os sentidos do advérbio a partir da definição do adjectivo. Neste aspecto, o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea, da Academia das Ciências/Verbo (2001), parece ser bastante completo, informando o utilizador do dicionário dos vários sentidos em que pode ser utilizado o advérbio. Neste caso específico, o advérbio invariavelmente não é apenas um advérbio de modo, significando “de maneira invariável” (ex.: A cena foi repetida três vezes invariavelmente), mas é também um advérbio de tempo, significando “todas as vezes, sem excepção” (ex.: Chegam invariavelmente atrasados às aulas).




Vivo nos Açores, e na escola aprendi a escrever a palavra açoreano, mas na televisão dizem que é açoriano. Quem tem razão?
De acordo com o ponto 3 da base IX do Acordo Ortográfico de 1945, a que poderá aceder seguindo a hiperligação, o adjectivo referente ao arquipélago dos Açores escreve-se com i, pois grafam-se com i, antes da sílaba tónica, os adjectivos e substantivos derivados com os sufixos -ense e -ano, aos quais se apõe um i para formar as terminações -iense e -iano. Nesta regra incluem-se palavras como açoriano, acriano, cabo-verdiano, camoniano ou torriense.

O Acordo Ortográfico de 1990 [ver Base V, 2.º, alínea c)] não alterou nada relativamente a este ponto para o português europeu. Esta indicação de escrever com i e não com e os derivados em que entram os sufixos -iano e -iense não estava prevista no Formulário Ortográfico de 1943, que regulava a ortografia brasileira, pelo que o português do Brasil, depois da aplicação do Acordo Ortográfico de 1990, deverá sofrer esta pequena alteração.

pub

Palavra do dia

cei·til cei·til
(árabe sebti, relativo a Ceuta)
substantivo masculino

1. [Numismática]   [Numismática]  Moeda do tempo de D. João I que valia 1/6 de real.

2. Soma de dinheiro, geralmente pouco (ex.: gastou o último ceitil). = TOSTÃO

3. Coisa insignificante. = BAGATELA, INSIGNIFICÂNCIA, NINHARIA

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/esfirra [consultado em 21-08-2019]