PT
BR
Pesquisar
Definições



enxaguado

A forma enxaguadopode ser [masculino singular particípio passado de enxaguarenxaguar] ou [adjectivoadjetivo].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
enxaguadoenxaguado
|xà| |xà|
( en·xa·gua·do

en·xa·gua·do

)


adjectivoadjetivo

1. Passado por água.

2. Lavado em segunda água.

etimologiaOrigem etimológica:particípio de enxaguar.
enxaguarenxaguar
|xà| |xà|
( en·xa·guar

en·xa·guar

)
Conjugação:irregular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Lavar ligeiramente, passar por água.

2. Lavar repetidas vezes.

etimologiaOrigem etimológica:latim vulgar *exaquare, do latim aqua, -ae, água.

Auxiliares de tradução

Traduzir "enxaguado" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Pode-se utilizar a palavra exigencial? Ex.: selecção exigencial de componentes.
Apesar de o adjectivo exigencial não se encontrar registado em nenhum dos dicionários e vocabulários de língua portuguesa à nossa disposição, ele encontra-se bem formado a partir da aposição do sufixo -al ao substantivo exigência, pelo que o seu uso é possível e até muito frequente, como o revelam pesquisas em corpora e em motores de busca da Internet, especialmente em contextos relativos às áreas da construção e da engenharia civil, com o significado “que é relativo a ou que envolve uma exigência” (ex.: fizeram uma selecção exigencial dos novos materiais).



Como se classifica gramaticalmente a forma levemo-lo?
Gramaticalmente, levemo-lo corresponde a uma forma do verbo levar na primeira pessoa do plural do imperativo (ex.: amigos, levemos isto daqui já), seguido do pronome átono o, que assume a forma -lo por estar a seguir a uma forma verbal terminada num -s (que desaparece: levemos + o = levemo-lo).

A forma levemos, isoladamente, poderá corresponder também ao presente do conjuntivo (ex.: é preciso que levemos isto daqui), mas, como tem o pronome átono em posição enclítica (depois do verbo), não corresponde a esse tempo, pois o presente do conjuntivo é normalmente antecedido da conjunção que, com propriedades de atracção do pronome átono (ex.: é preciso que o levemos daqui), não sendo considerada gramatical uma construção proclítica nesse caso (ex.: *é preciso que levemo-lo daqui).