PT
BR
Pesquisar
Definições



envelopagem

A forma envelopagempode ser [derivação feminino singular de enveloparenvelopar] ou [nome feminino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
envelopagemenvelopagem
( en·ve·lo·pa·gem

en·ve·lo·pa·gem

)


nome feminino

Acto ou efeito de envelopar. = ENVELOPAMENTO

etimologiaOrigem etimológica:envelopar + -agem.
enveloparenvelopar
( en·ve·lo·par

en·ve·lo·par

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Colocar em envelope (ex.: envelopa muitas cartas por dia).

2. [Brasil] [Brasil] Cobrir ou revestir algo ou alguém (ex.: envelopou o carro com adesivo publicitário). = ENVOLVER

etimologiaOrigem etimológica:envelope + -ar.


Dúvidas linguísticas



Qual a etimologia da palavra escolha? E da palavra subalternidade?
A palavra escolha deriva do verbo escolher, que, por sua vez, vem de uma forma latina hipotética *excolligere que significaria “recolher; obter”. A palavra subalternidade deriva de subalterno, por aposição de –idade, sufixo muito produtivo que exprime o conceito de “qualidade, característica”. Assim, subalternidade designa a condição, a qualidade de quem é subalterno.



Porque diagnostica não tem acento?
As palavras diagnostica e diagnóstica são designadas por homógrafos imperfeitos, isto é, palavras cuja grafia se diferencia apenas pela acentuação gráfica, mas que têm pronúncia e significado diferente.
Sem acento gráfico, a palavra diagnostica corresponde a uma forma do verbo diagnosticar (ex.: ele diagnostica a doença de forma clara); como tal, segue a regra geral de acentuação das formas verbais na terceira pessoa do presente do indicativo (à semelhança outras formas verbais com amplifica, fica ou multiplica). Trata-se de uma palavra grave, sem qualquer contexto que justifique a sua acentuação gráfica.
Com acento gráfico, a palavra diagnóstica é esdrúxula e corresponde à forma feminina do adjectivo diagnóstico (ex.: avaliação diagnóstica, observação diagnóstica).