PT
BR
Pesquisar
Definições



entendimento

A forma entendimentopode ser [derivação masculino singular de entenderentender] ou [nome masculino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
entendimentoentendimento
( en·ten·di·men·to

en·ten·di·men·to

)


nome masculino

1. Faculdade pela qual o espírito se apodera das ideias e as compreende.

2. Inteligência; juízo; razão.

3. Acordo; combinação; transacção.

4. Maneira de pensar. = ENTENDER, OPINIÃO

etimologiaOrigem etimológica:entender + -imento.
entenderentender
|ê| |ê|
( en·ten·der

en·ten·der

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Apossar-se do sentido de (o que ouvimos ou lemos).

2. Ser de opinião; julgar.


verbo intransitivo

3. Ser entendedor.

4. Superintender.

5. [Informal] [Informal] Contender, armar rixas.


verbo pronominal

6. Compreender-se (a si mesmo).

7. Referir-se; ser concernente.

8. Estar de acordo (duas ou mais pessoas).

9. Combinar.


nome masculino

10. Maneira de pensar ou de ver. = ENTENDIMENTO, JUÍZO, PARECER, OPINIÃO

etimologiaOrigem etimológica:latim intendo, -ere, estender, pretender, estar atento.
Confrontar: intender.

Auxiliares de tradução

Traduzir "entendimento" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Gostaria de saber qual o antônimo de pensando.
É difícil encontrar uma palavra antónima para o verbo pensar (o mais fácil é a locução não pensar). No entanto, e apenas em alguns contextos, é possível utilizar o antónimo esquecer (por exemplo, pensou no pai) ou desconhecer (por exemplo, pensou na solução mais correcta).



Na frase dei de caras com um leão, qual a função sintáctica das expressões de caras e com um leão?
A locução verbal dar de caras corresponde a uma expressão idiomática do português, que por esse motivo não é habitualmente decomposta, equivalendo a um verbo como deparar-se ou a outra locução verbal como encontrar subitamente. Na frase apontada, pode no entanto considerar-se a expressão de caras como um modificador adverbial (designado por complemento circunstancial na gramática tradicional), indicando o modo como se processa a acção expressa pelo verbo dar (equivalente, por exemplo a subitamente numa frase como deu subitamente com um leão).
A expressão com um leão pode ser considerada complemento indirecto seleccionado pelo verbo dar, pois com um leão é um complemento nominal introduzido indirectamente pela preposição com.