PT
BR
Pesquisar
Definições



doença

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
doençadoença
( do·en·ça

do·en·ça

)


nome feminino

1. Falta de saúde.

2. Moléstia específica (que ataca animais e vegetais).

3. [Figurado] [Figurado] Coisa que incomoda. = MAL

4. Vício; defeito; mania.

5. [Brasil: Minas Gerais] [Brasil: Minas Gerais] Acto de parir. = PARTO


doença celíaca

[Medicina] [Medicina]  Patologia intestinal crónica do intestino que inclui intolerância ao glúten. = CELIAQUIA

doença das vacas loucas

[Veterinária] [Veterinária]  O mesmo que encefalopatia espongiforme bovina.

doença de Alzheimer

[Medicina] [Medicina]  Enfermidade degenerativa cerebral que afecta as capacidades mentais, a memória e a orientação, podendo atingir a demência.

doença de Chagas

[Medicina] [Medicina]  Doença infecciosa aguda ou crónica, causada pelo protozoário Trypanosoma cruzi e transmitida ao homem por alguns insectos hematófagos, endémica da América Central e do Sul e estudada inicialmente pelo médico brasileiro Carlos Chagas. = TRIPANOSSOMÍASE AMERICANA

doença de Corino de Andrade

[Portugal] [Portugal] [Medicina] [Medicina]  O mesmo que doença dos pezinhos.

doença de Creutzfeldt-Jakob

[Medicina] [Medicina]  Enfermidade degenerativa que afecta o cérebro, o cerebelo e a medula, provocada por partículas conhecidas por priões, que se manifesta inicialmente por tremuras, incapacidade de controlar os movimentos, perda da fala, incapacidade de deglutir e demência.

doença de Machado-Joseph

[Medicina] [Medicina]  Enfermidade hereditária degenerativa, que se manifesta sobretudo por descoordenação motora.

doença de Parkinson

[Medicina] [Medicina]  Afecção degenerativa do sistema nervoso caracterizada por tremura e rigidez muscular.

doença do legionário

[Medicina] [Medicina]  Infecção pulmonar causada pela legionela. = LEGIONELOSE

doença dos legionários

[Medicina] [Medicina]  O mesmo que doença do legionário.

doença do sono

[Medicina] [Medicina]  Doença infecciosa aguda ou crónica, causada, respectivamente, pelos protozoários Trypanosoma brucei gambiense e Trypanosoma brucei rhodesiense, transmitida ao homem pela mosca-tsé-tsé, endémica da África equatorial e que evolui de um estado febril até um estado de letargia permanente devido a meningencefalite aguda. = DADANE, NICTO, PEDRA-ESCRÓFULA, TRIPANOSSOMÍASE AFRICANA

doença dos ossos de vidro

[Medicina] [Medicina]  Doença de origem genética que se caracteriza por uma fragilidade óssea muito grande; osteogénese imperfeita.

doença dos pezinhos

[Medicina] [Medicina]  Doença crónica e progressiva, hereditária, que se caracteriza por falta de sensibilidade e paralisia dos membros inferiores e superiores, caquexia e alteração de funcionamento dos aparelhos digestivo, respiratório e circulatório, podendo também ocorrer perturbações oculares. [Manifesta-se habitualmente na idade adulta, entre os 25 e os 40 anos, embora possa surgir posteriormente.] = PARAMILOIDOSE

doença profissional

Lesão corporal, perturbação funcional ou doença decorrente da actividade exercida pelo trabalhador e que não corresponde ao desgaste natural do organismo.

doença prolongada

[Portugal] [Portugal] Designação eufemística para o cancro.

prolongada doença

[Portugal] [Portugal] O mesmo que doença prolongada.

etimologiaOrigem etimológica:latim dolentia, -ae, dor.

Auxiliares de tradução

Traduzir "doença" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Tenho verificado a existência, ao longo do país , de repetição de topónimos; por exemplo: Trofa, Gondar, Bustelo. Qual é a etimologia dessas palavras?
Segundo o Dicionário Onomástico Etimológico da Língua Portuguesa (3.ª ed., Lisboa: Livros Horizonte, 3 vol., 2003), de José Pedro Machado, o topónimo Bustelo, muito frequente em Portugal e na Galiza, talvez seja diminutivo de busto ‘campo de pastagem’. Quanto a Gondar, o autor aventa a hipótese de provir de uma hipotética forma gótica (ou goda) Gunthi-harjis ‘exército para combate’. Por fim, o topónimo Trofa é de origem obscura.



Como se classifica gramaticalmente a forma levemo-lo?
Gramaticalmente, levemo-lo corresponde a uma forma do verbo levar na primeira pessoa do plural do imperativo (ex.: amigos, levemos isto daqui já), seguido do pronome átono o, que assume a forma -lo por estar a seguir a uma forma verbal terminada num -s (que desaparece: levemos + o = levemo-lo).

A forma levemos, isoladamente, poderá corresponder também ao presente do conjuntivo (ex.: é preciso que levemos isto daqui), mas, como tem o pronome átono em posição enclítica (depois do verbo), não corresponde a esse tempo, pois o presente do conjuntivo é normalmente antecedido da conjunção que, com propriedades de atracção do pronome átono (ex.: é preciso que o levemos daqui), não sendo considerada gramatical uma construção proclítica nesse caso (ex.: *é preciso que levemo-lo daqui).