Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

dizer

dizerdizer | v. tr. | v. intr. | v. pron. | n. m.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

di·zer |ê|di·zer |ê|

- ConjugarConjugar

(latim dico, -ere)
verbo transitivo

1. Exprimir por meio de palavra, por escrito ou por sinais (ex.: dizer olá).

2. Referir, contar.

3. Depor.

4. Recitar; declamar (ex.: dizer poemas).

5. Afirmar (ex.: eu digo que isso é mentira).

6. Ser voz pública (ex.: dizem que ele é muito honesto).

7. Exprimir por música, tocando ou cantando.

verbo intransitivo

8. Condizer, corresponder.

9. Explicar-se; falar.

10. Estar (bem ou mal) à feição ou ao corpo (ex.: essa cor não diz bem). = CONVIR, QUADRAR

verbo pronominal

11. Intitular-se; afirmar ser.

12. Chamar-se.

13. Declarar o jogo que se tem ou se faz.

nome masculino

14. Expressão, dito (ex.: leu os dizeres do muro).

15. Estilo.

16. Maneira de se exprimir.

17. Rifão.

18. Alegação, razão.


quer dizer
Expressão usada para iniciar uma explicação adicional em relação a algo que foi dito anteriormente. = ISTO É, OU SEJA

tenho dito
Fórmula com que se dá por concluído um discurso, um arrazoado, etc.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "dizer" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

Caso para dizer : estão abertas as vias da impunidade dos corruptos e dos criminosos de colarinho...

Em A Quinta Lusitana

...Fernando Santos , desde as convocatórias à estratégia de jogo passando pelas substituições, devo dizer que concordo totalmente com o "onze" escalado para este jogo decisivo com a Sérvia..

Em Depois Falamos

Sobre o filme podemos começar por dizer que o mesmo tem todos os elementos que fazem o cinema da Marvel funcional,...

Em Bateman's critics

O comunicado foi divulgado horas após Jair dizer que ainda tem “muita coisa a conversar” com Valdemar e que o

Em Caderno B

...a comunidade internacional pode estar satisfeita com o compromisso conseguido e que se pode dizer que em termos de aquecimento global até fim do século

Em BioTerra
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Venho por este meio para me tirarem uma dúvida que é a seguinte: Quando uma pessoa muda de uma região para a outra, mas dentro do próprio país, como se diz? Emigrar ou Imigrar? E quando uma pessoa vai para outro país para trabalhar e para viver?
Os verbos emigrar e imigrar têm em comum o significado de migrar, e apenas diferem no ponto de vista, isto é, emigrar é "sair, temporária ou definitivamente, do seu país ou região" e imigrar é "entrar e fixar-se, periódica ou definitivamente, num outro país ou região" (o mesmo se aplica aos respectivos derivados, como emigrante/imigrante, emigração/imigração). Esta diferença deve-se ao facto de o verbo emigrar conter, já em latim, um elemento e- ou ex-, que deriva da preposição latina ex e que indica "movimento para fora", da mesma forma que o verbo imigrar contém um elemento i- ou in-, que deriva da preposição latina in e que indica "movimento para dentro".

Assim, pode dizer-se, por exemplo, que um português que vai trabalhar para o estrangeiro emigra, relativamente a Portugal (ex.: o pai dele emigrou aos 17 anos; estava a pensar emigrar para a Austrália), e imigra, relativamente ao país de acolhimento (ex.: a família imigrou e já vive neste país há uma década); da mesma forma, um estrangeiro que veio trabalhar para Portugal é imigrante neste país (ex.: os imigrantes permitem rejuvenescer a população envelhecida) e emigrante no seu país de origem (ex.: todos os meses, o emigrante envia dinheiro à família).

Como foi dito acima, qualquer um destes verbos (e ainda o verbo migrar) pode ser usado tanto para uma acção de mudança de país como de região (ex.: abandonaram o cultivo dos campos e emigraram para a cidade; imigrara vinte anos antes, vindo dos Açores).




Gostaria de saber se a palavra "pixel" existe em português e qual é o seu plural. Em muitas ocasiões aparece "pixeis" mas sendo uma palavra de origem inglesa o seu plural não deveria ser "pixels"?
A palavra pixel é um estrangeirismo proveniente do inglês que já faz parte do léxico do português, encontrando-se registada em dicionários de língua portuguesa, e cujo plural deve respeitar a flexão da sua língua de origem (pixels).

Como acontece com muitos estrangeirismos, a par da forma da língua inglesa surge igualmente uma forma aportuguesada, píxel, com uma adaptação ortográfica para adequar a acentuação gráfica (uma palavra portuguesa acabada em -l, se não tiver acento gráfico, será acentuada na última sílaba – ex.: papel, pincel – e não na penúltima, como em xel). Se se optar pelo aportuguesamento píxel, a flexão plural regular deverá ser píxeis (à semelhança de outras palavras com o mesmo contexto ortográfico, como nível ou amável). A forma *pixeis (sem acento gráfico) não corresponde ao plural de nenhuma das formas referidas (nem do estrangeirismo original, nem da forma aportuguesada), pelo que não deverá ser usada.

Como forma alternativa a pixel ou píxel, poderá ser usada ainda a palavra ponto, que vem sendo usada com o significado de pixel ou píxel, isto é, "unidade mínima de uma imagem digital".

pub

Palavra do dia

con·ge·ni·al con·ge·ni·al


(con- + genial)
adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

1. Conforme ao génio ou à índole de alguém ou de alguma coisa (ex.: era a rebeldia congenial da adolescência). = INERENTE

2. Próprio por natureza; que vem desde o nascimento (ex.: sentimentos congeniais; virtude congenial). = CONATO, CONGÉNITO, INATO, INGÉNITO, NATO, NATURAL

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/dizer [consultado em 02-12-2021]