PT
BR
Pesquisar
Definições



deter

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
deterdeter
|ê| |ê|
( de·ter

de·ter

)
Conjugação:irregular.
Particípio:regular.


verbo transitivo e pronominal

1. Fazer parar ou parar (ex.: deter a escalada de violência; detiveram-se para observar). = SUSTAR

2. Fazer demorar ou demorar-se (ex.: não o quero deter, mas gostaria de colocar uma questão; deteve-se a ouvir as reclamações). = RETER


verbo transitivo

3. Suspender ou interromper.

4. Conservar em detenção.

5. Ter em seu poder (ex.: deter obrigações do tesouro). = POSSUIR


verbo pronominal

6. Conter-se; reprimir-se.

etimologiaOrigem etimológica:latim detineo, -ere, ter afastado, deter, reter, ocupar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "deter" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Qual a forma correta: "Ela é mais alta do que ele" ou "Ela é mais alta que ele"?
Ambas as frases estão correctas porque tanto a conjunção que quanto a locução conjuncional do que introduzem o segundo termo de uma comparação, conforme pode verificar clicando na hiperligação para o Dicionário Priberam.

Geralmente, do que pode ser substituído por que: este é ainda pior do que o outro = este é ainda pior que o outro, é preferível dizer a verdade do que contar uma mentira = é preferível dizer a verdade que contar uma mentira.

No entanto, quando o segundo termo da comparação inclui um verbo finito, como em o tecido era mais resistente do que parecia, a substituição da locução do que por que não é possível e gera agramaticalidade: *o tecido era mais resistente que parecia.




Qual o superlativo absoluto sintético do adjectivo maníaco?
Como é referido na resposta superlativos eruditos, o grau superlativo absoluto sintético é geralmente formado pela adjunção do sufixo -íssimo ao adjectivo. Em alguns casos, são necessárias as devidas adequações ortográficas para manter as características fonéticas do adjectivo no grau normal. Por analogia com outros adjectivos terminados em -aco (ex.: fraco - fraquíssimo; velhaco - velhaquíssimo), o superlativo absoluto sintético de maníaco parece ser maniaquíssimo. Os adjectivos terminados em -aco, tal como os terminados em -eco (ex.: seco - sequíssimo), formam este superlativo com adequação ortográfica para manter o som /k/ da sílaba final (é de referir que as formas consideradas irregulares advêm da existência de um superlativo latino como, por exemplo, opaco - opacíssimo). Os adjectivos terminados em -ico formam este superlativo geralmente sem manutenção do som /k/ da sílaba final (ex.: público - publicíssimo), embora, por vezes, haja manutenção desse som (ex.: simpático - simpatiquíssimo - simpaticíssimo).