PT
BR
Pesquisar
Definições



desenrascado

A forma desenrascadopode ser [masculino singular particípio passado de desenrascardesenrascar] ou [adjectivoadjetivo].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
desenrascadodesenrascado
( de·sen·ras·ca·do

de·sen·ras·ca·do

)


adjectivoadjetivo

1. Que foi solto.

2. [Informal] [Informal] Que é eficaz, hábil na resolução de situações complicadas ou inesperadas. = DESPACHADO, EXPEDITO

sinonimo ou antonimoSinónimoSinônimo geral: DESEMBARAÇADO
sinonimo ou antonimoAntónimoAntônimo geral: ATADO, ENRASCADO

etimologiaOrigem etimológica:particípio de desenrascar.
desenrascardesenrascar
( de·sen·ras·car

de·sen·ras·car

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Desembaraçar de rasca ou rede (o que está enrascado).

2. [Marinha] [Marinha] Desembaraçar (cabos, velas, bandeiras, etc.).


verbo transitivo e pronominal

3. Livrar(-se) de um perigo, de apuros, de dificuldades. = SAFARENRASCAR, ENTALAR


verbo pronominal

4. [Informal] [Informal] Fazer com relativa facilidade e improvisação, geralmente sem os meios adequados. = SAFAR-SE

etimologiaOrigem etimológica:des- + enrascar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "desenrascado" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Numa pesquisa no Google, encontrei várias vezes a expressão "há espera", por exemplo: "torneios há espera de concorrentes". É correcto dizer "há espera"? Não será "à espera"?
No contexto que refere, deverá ser utilizada a locução prepositiva à espera de, que significa “aguardando por” (torneios à espera de concorrentes) e que poderá encontrar registada, por exemplo, no Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa, que também regista a locução adverbial à espera (Ex.: os doentes já estão à espera há muito tempo). Esta locução tem estrutura semelhante a muitas outras locuções prepositivas em português (contracção da preposição a com o artigo definido a seguida de substantivo feminino e da preposição de), como, por exemplo, à beira de, à conta de, à disposição de, à frente de. A expressão há espera poderá apenas ser usada em contextos onde se pretenda dizer que "existe uma espera" (ex.: nos acessos à ponte há espera prolongada).



3ª ou 3.ª? Pergunto isto porque me lembro de uma vez ter lido que 23o significa 23 graus e 23.º vigésimo terceiro.
Nenhuma das opções pode ser considerada errada, uma vez que não há nada no Acordo Ortográfico (nem de 1945, nem de 1990) que se pronuncie sobre este facto. O texto legal do Acordo Ortográfico usa sistematicamente os numerais ordinais com ponto antes da letra que indica o género do numeral, o que pode tornar preferencial a opção 3.ª, em detrimento de , mas não torna esta segunda opção errada. É um facto que 23º será ambíguo (vinte e três graus/vigésimo terceiro) e que 23.º o desambigua, mas há mais ambiguidades na língua e não é uma ambiguidade que torna um enunciado errado.