Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
Palavra não encontrada. Sugerir a inclusão no dicionário da palavra pesquisada.
pub

Dúvidas linguísticas


Venho pedir uma consideração acerca da palavra compto, que tenho vindo a usar como sinónimo de "âmbito", mas segundo me constou, é apenas uma deturpação técnica de cômputo. Desde já manifesto os mais sinceros agradecimentos pelo esclarecimento.
A forma compto não existe; a grafia correcta é cômputo, como pode verificar seguindo a hiperligação para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, e significa “cálculo, contagem” (ex.: O cômputo dos dias de férias está incorrecto; No cômputo geral, a participação foi positiva).



Na frase " Os piratas consideravam os portugueses uma gente primitiva", sintaticamente "uma gente primitiva" é o quê?
O sintagma uma gente primitiva, na frase Os piratas consideravam os portugueses uma gente primitiva, desempenha a função de predicativo do complemento directo, uma vez que está a predicar ou caracterizar o complemento directo os portugueses. O verbo considerar enquadra-se num grupo de verbos transitivos directos predicativos, que inclui outros verbos como achar, aclamar, chamar, eleger, indigitar, julgar, nomear, proclamar ou tratar. Estes verbos seleccionam obrigatoriamente (pelo menos em alguma acepção) um complemento directo e um predicativo do complemento directo, que concorda com o complemento directo (ex.: os piratas consideravam os portugueses primitivos; os piratas consideravam as portuguesas primitivas). Relativamente a alguns destes verbos, nomeadamente aqueles que implicam juízos de valor, como achar, considerar ou julgar, o conjunto constituído pelo complemento directo e pelo predicativo do complemento directo pode ser testado utilizando uma frase subordinada completiva finita, construída com o verbo ser (ex.: os piratas consideravam que os portugueses eram uma gente primitiva).

Palavra do dia

fau·ce fau·ce
(latim fauces, -ium)
substantivo feminino

1. [Anatomia]   [Anatomia]  Espaço entre a raiz da língua e a laringe. (Mais usado no plural.) = GARGANTA, GOELA

2. Capacidade interior da garganta, particularmente falando dos animais. (Mais usado no plural.)

3. [Botânica]   [Botânica]  Extremidades do tubo da corola, junto aos lábios desta.

4. [Zoologia]   [Zoologia]  Abertura da concha univalve.

5. Abertura, geralmente grande (ex.: das fauces do vulcão saía lava).

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/dementsprechend [consultado em 14-11-2019]