PT
BR
Pesquisar
Definições



cultivaram

A forma cultivarampode ser [terceira pessoa plural do pretérito mais-que-perfeito do indicativo de cultivarcultivar] ou [terceira pessoa plural do pretérito perfeito do indicativo de cultivarcultivar].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
cultivar1cultivar1
( cul·ti·var

cul·ti·var

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Preparar e cuidar a terra para que produza.

2. [Por extensão] [Por extensão] Aplicar-se ao desenvolvimento de.

3. Dedicar-se a.


verbo pronominal

4. Desenvolver-se; aperfeiçoar-se.

etimologiaOrigem etimológica:latim medieval cultivo, -are.
cultivar2cultivar2
( cul·ti·var

cul·ti·var

)


nome masculino

[Agricultura] [Agricultura] Variedade de planta desenvolvida por meios de cultivo, geralmente para ter determinadas características (ex.: comércio de diferentes tipos de cultivares de milho).

etimologiaOrigem etimológica:inglês cultivar, do inglês culti[vated] var[iety], variedade cultivada.

Auxiliares de tradução

Traduzir "cultivaram" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Por favor poderiam me dar o feminino desta frase: Os músicos estão na praça!
Uma frase não tem feminino ou masculino.

Se a questão se coloca quanto ao sujeito Os músicos, o feminino da palavra músico é música (ex.: Ela é música). Se se referir ao conjunto de músicos e músicas, então terá de ser Os músicos. Assim, se o sujeito da frase for feminino plural, será As músicas (mesmo podendo ser confundido com as músicas = as canções, as melodias).




A palavra "inuendo" não existe em português? No sentido de ser algo com uma conotação específica (por exemplo, inuendo sexual). Eu sei que existe em inglês e tinha a ideia que em português também existia mas não está no Dicionário Priberam.
A palavra inuendo é um anglicismo (junto com a variante mais usada em inglês, innuendo) e corresponde em português às palavras insinuação ou indirecta. Curiosamente, como vem do latim (a forma innuendum é o gerundivo do verbo innuo, innuere, que significa “acenar com a cabeça”), podia ter tido uma passagem directa para o português, como o que sucedeu noutros casos (ex.: diminuendo, instruendo, metuendo), mas tal não aconteceu. Pesquisas lexicográficas confirmam que a forma inuendo não tem registo em nenhum dicionário ou vocabulário de língua portuguesa, o que não impede algumas pessoas de a usarem, claro, mas como estrangeirismo.