Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

credulamente

credulamentecredulamente | adv.
derivação de crédulocrédulo
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

cre·du·la·men·te cre·du·la·men·te


(crédulo + -mente)
advérbio

De modo crédulo.


cré·du·lo cré·du·lo


(latim credulus, -a, -um)
adjectivo
adjetivo

1. Que crê facilmente, por simplicidade ou ignorância (ex.: pessoa crédula).

2. Que denota crenças ingénuas ou pouco razoáveis (ex.: inocência crédula).

nome masculino

3. Pessoa ingénua.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "credulamente" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

Insisto: ninguém duvidou da palavra de Guilherme de Freitas e todos se puseram credulamente à espera da publicação dessa sua anunciada criação literária..

Em flagrantedeleite.blogs.sapo.pt

(10) O cético empedernido é aquele sujeito que credulamente acredita que algo não

Em O ponto arquim

da forma como credulamente as mulheres estão a ser usadas seguindo uma compreensão linear deste fenómeno milenar, que...

Em MULHERES & DEUSAS

...deixa, qualquer cidatonto brasileiro, quando sufraga o seu votinho na eletrônica urninha padrão smartmatic, credulamente imagina que está contribuindo positivamente com sua insignificância para os rumos de nosso país..

Em O ponto arquim

é por parte dos seres humanos terrenos aceitar credulamente tais atrevimentos, que tão nitidamente encerram o aviltamento da grandeza de Deus!!

Em mensagemdograal.blogs.sapo.pt
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Qual é a diferença entre lesar e lesionar?
O verbo lesionar significa “causar ou sofrer lesão física”, pelo que é sinónimo de lesar apenas nessa acepção (ex.: o jogador lesou-se/lesionou-se durante o jogo).



É com espanto que vejo que na conjugação do verbo haver aparecer a forma houveram. Sempre aprendi que a 3.ª pessoa do plural do pretérito perfeito não existe. Podem-me explicar se é moda nova?!
A flexão do verbo haver varia consoante o seu emprego. Assim, quando este é empregue como verbo principal, com os sentidos de “existir” (em 1.a), de "ter decorrido" (em 2.a) e de “acontecer” (em 3.a), ele é impessoal, i.e., utiliza-se apenas na 3.ª pessoa do singular. Daí a má formação das frases 1.b), 2.b) e 3.b), assinaladas com asterisco (*):

1. a) Houve muitos deputados investigados.
b) * Houveram muitos deputados investigados.

2. a) Havia duas horas que estava à espera.
b) * Haviam duas horas que estava à espera.

3. a) Na semana passada houve muitos acidentes.
b) * Na semana passada houveram muitos acidentes.

Quando é empregue como verbo principal com outros sentidos que não os de "existir", "ter decorrido" ou "acontecer", é flexionado em todas as pessoas:

4. a) Os organizadores do colóquio houveram por bem encomendar uma sondagem. [achar, considerar]
b) E que bem se houveram os portugueses no confronto! [avir-se]

O verbo haver emprega-se ainda como auxiliar em tempos compostos, sendo também flexionado em todas as pessoas:

5. As encomendas haviam sido entregues.

Como se pode ver pelas frases 4-5, a 3.ª pessoa do plural do pretérito perfeito do verbo haver existe, pelo que o conjugador deve incluí-la, não podendo é ser utilizada nos casos em que o verbo é impessoal.

pub

Palavra do dia

cham·bão cham·bão


(origem duvidosa)
nome masculino

1. Pedaço de carne bovina da parte inferior dos quartos da rês, rica em gelatina.

2. Carne de má qualidade.

3. Pedaço de osso com pouca carne, usado como contrapeso.

adjectivo
adjetivo

4. [Informal]   [Informal]  Que mostra falta de delicadeza ou de educação. = GROSSEIRO, INDELICADO, MAL-EDUCADO, RUDECORTÊS, DELICADO, EDUCADO

5. Que é pouco atraente. = DESASADO, DESGRACIOSO, MALJEITOSOBELO, BONITO

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/credulamente [consultado em 05-10-2022]