Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

conste

1ª pess. sing. pres. conj. de constarconstar
3ª pess. sing. imp. de constarconstar
3ª pess. sing. pres. conj. de constarconstar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

cons·tar cons·tar

- ConjugarConjugar

verbo intransitivo

1. Ser notório, passar por certo.

2. Estar escrito em.

3. Compor-se.

4. Ser formado de, consistir.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "conste" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

A norma determina ainda que, no registro policial, conste se a violência sofrida

Em Caderno B

“Se o resultado das análises detetar uma substância que conste das tabelas anexas à Lei da Droga, há um crime de tráfico;;

Em www.ultraperiferias.pt

Eu escrevo-o, para que conste : Isabel Ravara..

Em De Rerum Natura

...de Aveiro a publicação, nas suas edições de hoje, da minha crónica PARA QUE CONSTE !!

Em A Quinta Lusitana

PARA QUE CONSTE !!

Em A Quinta Lusitana
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


O que quer dizer metrossexual?
O termo metrossexual (neologismo formado a partir de metropolitano + heterossexual) foi, ao que consta, usado pela primeira vez em 1994 pelo escritor britânico Mark Simpson, para designar um homem heterossexual, entre os 25 e os 45 anos, que vive nas grandes cidades (metrópoles), dotado de um acentuado sentido estético que se reflecte no seu aspecto físico e no seu estilo de vida, com tempo e dinheiro para gastar em roupas de marca, produtos de beleza e até cirurgia estética. O futebolista David Beckham é apontado como o metrossexual por excelência.



Gostaria de saber se a palavra automóvel é composta por aglutinação ou justaposição.
De acordo com a Gramática da Língua Portuguesa, da autoria de Maria Helena Mira Mateus, Ana Maria Brito, Inês Duarte e Isabel Hub Faria (pp. 971-983), existem dois tipos de composição: a morfológica e a morfossintáctica. A composição morfológica agrega dois ou mais radicais (ex.: autofagia = auto- + -fagia, geobiologia = geo- + biologia, hipermercado = hiper- + mercado); esta variedade de composição não deve ser confundida com a derivação por prefixação e/ou por sufixação, pois os radicais em causa têm autonomia semântica e podem juntar-se a outros radicais para formar uma palavra (ao contrário dos prefixos e sufixos, que não se podem juntar a outros prefixos ou sufixos para formar uma palavra). A composição morfossintáctica agrega duas ou mais palavras (ex.: abre-latas, aguardente, guarda-chuva, peixe-espada, viandante) e conjuga propriedades de estruturas sintácticas e propriedades de estruturas morfológicas.

Assim sendo, a palavra automóvel é formada segundo os processos da composição morfológica e não por aglutinação ou justaposição, processos que se englobam na composição morfossintáctica e que, segundo as mesmas autoras, não correspondem a duas classes diferentes de composição, mas a diferentes estádios de lexicalização dos compostos: um no qual se mantêm inalterados os constituintes do composto (ex.: abre-latas) e outro resultante de uma evolução do composto, que lhe confere alterações como a queda ou alteração de fonemas (ex.: aguardente < águ(a + a)rdente).

A distinção entre os compostos morfológicos e os compostos morfossintácticos pode também ser encontrada na nova terminologia linguística adoptada para o ensino básico e secundário e publicada em Diário da República em Dezembro de 2004. Sobre a diferença entre a composição por aglutinação ou justaposição, poderá consultar a resposta formação de pontapé.

pub

Palavra do dia

fa·u·len·to |a-ù|fa·u·len·to |a-ù|


(faúla + -ento)
adjectivo
adjetivo

Que lança faúlas ou fagulhas. = FAGULHENTO, FAULHENTO

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/conste [consultado em 08-12-2021]