Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
comocomo | conj. | adv. | prep. | s. m.
1ª pess. sing. pres. ind. de comercomer
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

co·mo |ô| ou |u| co·mo |ô| ou |u|
(latim quomodo)
conjunção

1. Introduz uma comparação, indicando que algo é feito ou acontece do mesmo modo que outra coisa (ex.: faço isto como a minha mãe me ensinou; ele comportou-se como o companheiro do lado). = CONFORME, SEGUNDO

2. Usa-se para introduzir o segundo termo numa comparação de igualdade, geralmente antecedido de tão (ex.: ela é tão alta como o pai; já faço isto tão bem como tu; ele é surdo como uma porta).

3. Usa-se numa comparação, antecedido de tão, para indicar igualdade ou equivalência (ex.: acho que foi tão rápido como eficaz na solução). = QUANTO, QUÃO

4. Indica a perspectiva ou o estatuto de alguém em relação a algo (ex.: como cidadão, esta situação indigna-me). = ENQUANTO, NA QUALIDADE DE

5. Introduz uma expressão de causa (ex.: como a loja já está fechada, voltamos amanhã). = DADO QUE, JÁ QUE, PORQUE, UMA VEZ QUE, VISTO QUE

6. Introduz uma expressão de tempo ou de proporção (ex.: como foram chegando, foram entrando). = CONFORME, LOGO QUE, QUANDO

7. Introduz uma expressão de modo (ex.: pedi que me explicasse como fazer o trabalho).

8. Usa-se para indicar grau ou intensidade numa frase integrante (ex.: contou como foi caloroso o acolhimento; confessou como está orgulhoso da filha; não sabes como gosto de ti; veja como eu tinha razão).

advérbio

9. Usa-se em frases interrogativas directas ou indirectas, para saber o modo como algo se faz ou acontece (ex.: como é que faz este bolo?; o polícia perguntou como acontecera o acidente).

10. Indica grau ou intensidade, em frases exclamativas (ex.: como está escuro!; como é bonita esta lua!; como ele cresceu!).

11. Usa-se para indicar o modo, introduzindo frases adverbiais relativas com antecedente (ex.: o modo como ele fala é humilhante; gostei da maneira como a casa está decorada).

12. Usa-se para apresentar um ou mais exemplos (ex.: tem muitas conquistas no palmarés, como medalhas nacionais e internacionais).

preposição

13. Usa-se para introduzir um predicativo do sujeito ou do complemento directo (ex.: era culpado, mas ficou como inocente; consideram-no como revolucionário).

nome masculino

14. O modo de fazer ou de acontecer (ex.: queria perceber o como daquele golpe de magia).


a como
Usa-se para perguntar o preço de algo (ex.: a como está o quilo de laranja? a como é que ele está a vender?).

Plural: comos |ô ou u|.Plural: comos |ô ou u|.

Ver também dúvida linguística: pronúncia de como.

co·mer |ê| co·mer |ê| - ConjugarConjugar
(latim comedo, -ere)
verbo transitivo

1. Mastigar e engolir.

2. Dissipar.

3. Lograr.

4. Defraudar, enganar.

5. Gastar.

verbo transitivo e pronominal

6. [Informal]   [Informal]  Ter relações sexuais com. = PAPAR

verbo intransitivo

7. Tomar alimento.

8. Ter comichão.

9. Causar comichão.

10. Tirar proveito.

11. Roubar.

verbo pronominal

12. Amofinar-se, consumir-se.

nome masculino

13. Acto ou efeito de ingerir alimentos (ex.: a dentição pode perturbar o comer).

14. Aquilo que se come ou que pode ser comido (ex.: o comer está na mesa). = ALIMENTO, COMIDA

15. Refeição (ex.: a que horas é o comer?).


comer e calar
[Informal]   [Informal]  Aceitar, sem lamentos ou protestos (ex.: não é mulher para comer e calar). = RESIGNAR-SE


Ver também dúvida linguística: verbo comer usado como substantivo.
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "como" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


A palavra vigilidade, que tem origem na palavra vígil, tem suscitado alguma controvérsia na área em que estou envolvido. É um termo que é utilizado nalguns trabalhos de psicologia e por algumas instituições nacionais ligadas aos medicamentos (ex: INFARMED). No entanto, não encontrei a palavra nos dicionários que consultei, inclusivamente o da Priberam. Alternativamente a palavra utililizada é vigilância. Assim, gostaria de saber a vossa opinião sobre este assunto.
Também não encontrámos a palavra vigilidade registada em nenhum dos dicionários ou vocabulários consultados. No entanto, este neologismo respeita as regras de boa formação da língua portuguesa, pela adjunção do sufixo -idade ao adjectivo vígil, à semelhança de outros pares análogos (ex.: dúctil/ductilidade, eréctil/erectilidade, versátil/versatilidade). O sufixo -idade é muito produtivo na língua para formar substantivos abstractos, exprimindo frequentemente a qualidade do adjectivo de que derivam.

Neste caso, existem já os substantivos vigília e vigilância para designar a qualidade do que é vígil, o que poderá explicar a ausência de registo lexicográfico de vigilidade. Como se trata, em ambos os casos, de palavras polissémicas, o uso do neologismo parece explicar-se pela necessidade de especialização no campo da medicina, psicologia e ciências afins, mesmo se nesses campos os outros dois termos (mas principalmente vigília, que surge muitas vezes como sinónimo de estado vígil) têm ampla divulgação.




Gostaria de saber o que significa a sigla FIFO (relacionado a Logística).
O acrónimo FIFO (do inglês first in, first out, que, em português, se pode traduzir por “primeiro a entrar, primeiro a sair”) é muito frequente nas áreas contabilística, logística e informática indicando, genericamente, que um item mais antigo tem prioridade sobre um mais recente. Especificamente na área da logística, designa um método de gestão de inventário que assume que os itens mais antigos (os que chegaram em primeiro lugar) são despachados antes dos itens mais recentes (aqueles que chegaram posteriormente). Já na área informática, o acrónimo FIFO refere-se a estruturas de dados do tipo lista, em que os primeiros elementos a ser inseridos (“primeiro a entrar”) são os primeiros a ser extraídos ou processados (“primeiro a sair”).
pub

Palavra do dia

men·su·ra·lis·ta men·su·ra·lis·ta
(mensural + -ista)
nome de dois géneros

[Música]   [Música]  Compositor musical, na Idade Média.

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2020, https://dicionario.priberam.org/como [consultado em 15-01-2021]