PT
BR
Pesquisar
Definições



co-formador

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
co-formadorcoformadorco-formadorcoformador
|dô| |dô| |dô| |dô|
( co·-for·ma·dor co·for·ma·dor

co·-for·ma·dor

co·for·ma·dor

)


adjectivo e nome masculinoadjetivo e nome masculino

Que ou quem forma ou ministra formação juntamente com outrem (ex.: entidade co-formadora; o curso tem dois co-formadores).

etimologiaOrigem etimológica:co- + formador.
iconPlural: co-formadores.
Confrontar: conformador.
sinonimo ou antonimo Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990: coformador.
sinonimo ou antonimo Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990: co-formador.
grafiaGrafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990:coformador.
grafia Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990: co-formador.


Dúvidas linguísticas



Gostaria de saber o porque se usa tanto apartir de ou concerteza sendo que o correto é a partir de e com certeza ?
Este fenómeno acontece frequentemente com locuções muito usuais em que os utilizadores da língua têm dificuldades em identificar as fronteiras das palavras, o que tem como consequência erros ortográficos como apartir de (em vez de a partir de), concerteza (em vez de com certeza) ou derrepente (em vez de de repente).



Na frase "aja como homem e pense como mulher", devo usar aja ou haja de agir? Qual é o correto?
Na frase que menciona, Aja como homem e pense como mulher, o termo correcto é aja, forma verbal (3ª pessoa do singular do imperativo, podendo também ser 1ª ou 3ª pessoa do singular do presente do conjuntivo [subjuntivo, no Português do Brasil]) de agir. É uma forma homófona, i.e., lê-se da mesma maneira mas escreve-se de modo diferente de haja, forma verbal (1ª ou 3ª pessoa do singular do presente do conjuntivo [subjuntivo, no Português do Brasil] e 3ª pessoa do singular do imperativo) de haver. Para as distinguir, talvez seja útil ter presente que pode substituir a forma aja (do verbo agir) por actue – “Aja/actue como um homem e pense como uma mulher” – e a forma haja (do verbo haver) por exista – “Haja/exista paciência!”.