Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
cientificamentecientificamente | adv.
derivação de científicocientífico
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ci·en·ti·fi·ca·men·te ci·en·ti·fi·ca·men·te
(científico + -mente)
advérbio

De modo científico.


ci·en·tí·fi·co ci·en·tí·fi·co
(latim medieval scientificus, -a, -um)
adjectivo
adjetivo

1. Relativo à ciência ou às ciências.

2. Que mostra ciência.

3. Que mostra rigor e métodos de investigação.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "cientificamente" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Qual a forma correcta de escrever/dizer no plural bolo-rei?
Teoricamente, são possíveis as formas bolos-reis e bolos-rei.

Por um lado, pode considerar-se que o plural é bolos-reis pois, em muitas palavras compostas por dois substantivos, ambos flexionam no plural (cf. Celso CUNHA e Lindley CINTRA, Nova Gramática do Português Contemporâneo, Lisboa: Edições Sá da Costa, 1998, p. 189). Por outro lado pode considerar-se que o plural é bolos-rei porque "o segundo termo da composição é um substantivo que funciona como determinante específico" (Celso CUNHA e Lindley CINTRA, Nova Gramática do Português Contemporâneo, Lisboa: Edições Sá da Costa, 1998, p. 188).

Em Portugal, a forma bolos-reis é a que se encontra mais registada (é, por exemplo, a forma preconizada por Rebelo Gonçalves, no seu Vocabulário da Língua Portuguesa (Coimbra: Coimbra Editora, 1966) e no Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa (Lisboa: Verbo, 2001).




Gostaria de saber quando utilizar a conjunção mas na frase e quando vem após a vírgula ou ponto?
A palavra mas é uma conjunção coordenativa designada adversativa, pois, à semelhança de contudo, porém, todavia ou da locução no entanto, serve para indicar oposição ou contraste em relação ao que foi dito anteriormente (ex.: ele queria vir, mas está doente; não comprou alface, mas tomate). A conjunção mas deve iniciar sempre a oração coordenada, ao contrário das outras conjunções referidas, que podem ser deslocadas, normalmente entre vírgulas, para outras posições dentro de uma oração (ex.: ele queria vir; está doente, porém). Por ter um nexo de coordenação com a oração anterior, a frase introduzida por mas é normalmente antecedida de vírgula, tendo esta a função de sinalizar e separar as orações coordenadas (ex. fez a prova de ciclismo, completou a de natação, mas não conseguiu fazer a corrida pedestre).

Por se tratar de conjunção que indica oposição ou contraste com algo que é dito antes, esta conjunção (à semelhança das outras) não surge habitualmente a seguir a um ponto final para introduzir uma nova frase (este uso é aliás desaconselhado por muitas gramáticas).

pub

Palavra do dia

na·so·ge·ni·a·no na·so·ge·ni·a·no
(naso- + geniano)
adjectivo
adjetivo

[Anatomia]   [Anatomia]  Relativo ao nariz e à região do queixo (ex.: sulco nasogeniano).

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/cientificamente [consultado em 22-09-2018]