Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
chamadochamado | adj. | adj. s. m. | s. m.
masc. sing. part. pass. de chamarchamar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

cha·ma·do cha·ma·do
(particípio de chamar)
adjectivo
adjetivo

1. Que se chamou.

2. Que recebeu nome, apelido ou denominação. = DENOMINADO

adjectivo e substantivo masculino
adjetivo e substantivo masculino

3. Que ou quem recebeu convite ou chamamento (ex.: muitos são os chamados, mas poucos os escolhidos). = CONVIDADO

substantivo masculino

4. Acto ou efeito de chamar. = CHAMAMENTO

5. Acto de dizer o nome de alguém para verificar a sua presença ou para pedir que se aproxime ou se dirija a algum local. = CHAMADA

6. Pedido de ajuda. = APELO

7. [Regionalismo]   [Regionalismo]  Assembleia local que se reúne periodicamente para debater assuntos relativos ao funcionamento de uma organização.


cha·mar cha·mar - ConjugarConjugar
(latim clamo, -are, gritar, clamar, chamar)
verbo transitivo

1. Fazer, com palavras ou sinais, com que outrem venha.

2. Invocar.

3. Proceder à chamada; dizer em voz alta o nome de.

4. Dar nome a. = APELIDAR, DENOMINAR

5. Escolher para desempenhar um cargo. = NOMEAR

6. Atrair.

7. Originar.

8. Exigir, merecer.

verbo intransitivo

9. Invocar o auxílio de. = CLAMAR

10. [Telecomunicações]   [Telecomunicações]  Emitir sinal de ligação telefónica por meio de toque (ex.: o telefone já chama). = TOCAR

verbo pronominal

11. Ser designado por um nome.


chamar o Hugo
[Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]  Vomitar (ex.: estava tão cheio de cachaça que teve de chamar o Hugo).

chamar o Raul
[Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]  Vomitar (ex.: tenho vontade de chamar o Raul).

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "chamado" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Gostaria de saber qual a grafia correta na língua portuguesa dentre as palavras citadas: moçarela, mossarela, mozarela, muçarela, mussarela, muzarela, mozzarela, muzzarela. Acredito que seja a primeira, mas tenho alguma dúvida.
O aportuguesamento de estrangeirismos coloca muitas vezes problemas de adaptação e sistematização ortográfica.

Das variantes que refere, mozarela é o aportuguesamento mais consensual da forma italiana mozzarella, estando registado em quase todos os dicionários de língua portuguesa. Para além desta forma, encontram-se registadas no Dicionário Priberam da Língua Portuguesa outras formas, também registadas em outros dicionários e vocabulários.

A forma muçarela está atestada no Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa da Academia Brasileira de Letras (VOLP-ABL), no Dicionário Houaiss, no Dicionário Aurélio e no Dicionário Aulete. Menos consensuais são as formas moçarela (atestada no Dicionário Aurélio), mussarela (atestada no Dicionário Aulete) e muzarela (atestada no VOLP-ABL).

Pesquisas em corpora e motores de busca indicam que todas as formas diferentes de mozarela e da forma italiana mozzarella são pouco usadas no português europeu.




Gostaria de saber se consideram a frase seguinte gramaticalmente correcta: "Quando vierem novamente cá a casa, mostrar-vos-ei a minha estufa de plantas exóticas".
Na frase Quando vierem novamente cá a casa, mostrar-vos-ei a minha estufa de plantas exóticas, o pronome oblíquo vos corresponde à 2.ª pessoa do plural, desempenhando a função de complemento indirecto (= a vós), mas o sujeito da forma verbal vierem corresponde à 3.ª pessoa (vocês ou eles). .

Como é referido na resposta você, este pronome de tratamento designa a pessoa a quem se fala (tu/vós), mas, sendo um pronome de 3.ª pessoa, obriga o verbo à concordância com essa pessoa gramatical (daí dizer-se quando vocês vierem e não *quando vocês [= vós] vierdes). Como a ideia de forma de tratamento de 2.ª pessoa está muito presente nos falantes, a tendência é usar o pronome oblíquo vos correspondente à 2.ª pessoa (vós) e não o pronome lhes, correspondente à 3.ª pessoa (vocês/eles). Esta tendência gera construções condenadas por alguns gramáticos, como Paul Teyssier no Manual de Língua Portuguesa (Portugal-Brasil) [pp. 128-132].

Assim sendo, as hipóteses correctas seriam Quando [vocês] vierem novamente cá a casa, mostrar-lhes-ei a minha estufa de plantas exóticas ou Quando [vós] vierdes novamente cá a casa, mostrar-vos-ei a minha estufa de plantas exóticas. O Dicionário de Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa, pelo contrário, considera que o pronome vos pode ser usado no tratamento por vocês. O Dicionário Priberam também regista este uso do pronome, mas indica que é muitas vezes desaconselhado. A este respeito, veja-se ainda a resposta vi-os / vi-vos.

O que foi dito acima refere-se à interpretação preferencial, que não invalida uma interpretação menos provável: Quando [eles] vierem novamente cá a casa, mostrar-vos-ei [a vós] a minha estufa de plantas exóticas. Ainda que residual ou dialectal, o uso do pronome vós é possível, como é referido na resposta vós e vocês.

pub

Palavra do dia

ar·ca·no ar·ca·no
(latim arcanus, -a, -um, fechado, escondido, discreto, oculto, secreto)
adjectivo
adjetivo

1. Que encerra ou contém mistério ou segredo profundo. = ENIGMÁTICO, OCULTO, MISTERIOSO, SECRETO

2. Que é difícil de compreender.

substantivo masculino

3. Aquilo que contém uma causa oculta ou incompreensível. = ÁDITO, ENIGMA, MISTÉRIO, PENETRAIS, SEGREDO

4. Lugar secreto.

5. Remédio secreto.

6. Cada uma das cartas do tarô.

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/chamado [consultado em 18-11-2019]