Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
carnêcarnê | s. m.
carnecarne | s. f.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

car·nê car·nê
(francês carnet)
substantivo masculino

1. Pequeno bloco de apontamentos. = CANHENHO

2. [Brasil]   [Brasil]  Livro de talões correspondentes ao número de prestações, geralmente mensais, que o comprador tem de pagar aquando da aquisição de produtos a crédito.


car·ne car·ne
(latim caro, carnis, carne, polpa dos frutos, carcaça)
substantivo feminino

1. Tecido muscular.

2. Parte vermelha dos músculos.

3. Animal morto ou porção de animal morto para alimentação.Ver imagem

4. Polpa (dos frutos).

5. Natureza animal do género humano.

6. Concupiscência.

7. Corpo, matéria (em oposição a espírito).

8. Consanguinidade.


carne de fumo
Carne curada ao fumeiro.

carne esponjosa
Tecido anormal em chagas, tumores, etc.

carne morta
Gangrena.

carne sem osso
Pechincha ou coisa que só dá lucro.

carne verde
Carne fresca que não é salgada nem refrigerada.

carne viva
O tecido ou derme a descoberto.

em carne e osso
Em pessoa; presencialmente.

Confrontar: carme.
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "carne" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Negocia ou negoceia? Em português de Portugal, a 3ª pessoa do singular do Presente do Indicativo é negocia ou negoceia? Aprendi na escola (portuguesa) e sempre disse negoceia e qual o meu espanto que aqui, na Priberam, aparece o vocábulo negocia na conjugação do verbo. Como no corrector de português de Portugal a expressão Ele negocia não apresenta erro, deduzo que as duas formas estarão correctas. Se por aqui, no Brasil, o termo usado é negocia, pergunto qual o termo que um português deve aplicar.
No português de Portugal é aceite a dupla conjugação do verbo negociar nas formas do presente do indicativo (negocio/negoceio, negocias/negoceias, negocia/negoceia, negociam/negoceiam), do presente do conjuntivo (negocie/negoceie, negocies/negoceies, negocie/negoceie, negociem/negoceiem) e do imperativo (negocia/negoceia, negocie/negoceie, negociem/negoceiem), ao contrário do português do Brasil, que apenas permite a conjugação com a vogal temática -i- e não com o ditongo -ei- (negocio, negocias, etc.).

A mesma diferença de conjugação entre as duas normas do português (europeia e brasileira) apresentam os verbos derivados de negociar (desnegociar, renegociar), bem como os verbos agenciar, cadenciar, comerciar, diligenciar, licenciar, obsequiar e premiar.




Gostava de uma melhor definição de agnóstico, pois a que dá é agnosticismo e fica por aí.
Ainda que cause algum inconveniente aos consulentes, a maioria dos dicionários tem critérios rígidos de economia, pelo que, também para evitar repetições, existe um núcleo de definição para o qual o consulente é remetido através de algumas definições. O Dicionário Priberam da Língua Portuguesa não é excepção, e, neste caso, a definição de agnóstico remete o utilizador através da definição (partidário do agnosticismo), para o substantivo agnosticismo, cuja definição poderá encontrar clicando nessa palavra dentro da própria definição de agnóstico.
pub

Palavra do dia

no·er·gi·a no·er·gi·a
(grego nóos, noûs, mente, pensamento + grego érgon, -ou, trabalho + -ia)
substantivo feminino

[Filosofia]   [Filosofia]  Actividade ou trabalho intelectual.

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/carne [consultado em 21-11-2019]