Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub

carne

carnecarne | n. f.
carnêcarnê | n. m.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

car·ne car·ne


(latim caro, carnis, carne, polpa dos frutos, carcaça)
nome feminino

1. Tecido muscular.

2. Parte vermelha dos músculos.

3. Animal morto ou porção de animal morto para alimentação.Ver imagem

4. Polpa (dos frutos).

5. Natureza animal do género humano.

6. Concupiscência.

7. Corpo, matéria (em oposição a espírito).

8. Consanguinidade.


carne de fumo
Carne curada ao fumeiro.

carne esponjosa
Tecido anormal em chagas, tumores, etc.

carne morta
Gangrena.

carne sem osso
Pechincha ou coisa que só dá lucro.

carne verde
Carne fresca que não é salgada nem refrigerada.

carne viva
O tecido ou derme a descoberto.

em carne e osso
Em pessoa; presencialmente.

Confrontar: carme.

car·nê car·nê


(francês carnet)
nome masculino

1. Pequeno bloco de apontamentos. = CANHENHO

2. [Brasil]   [Brasil]  Livro de talões correspondentes ao número de prestações, geralmente mensais, que o comprador tem de pagar aquando da aquisição de produtos a crédito.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "carne" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Anagramas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Qual a diferença entre o numeral catorze e quatorze e porquê a diferença da escrita com o mesmo significado?
Não existe nenhuma diferença de significado entre catorze e quatorze, apenas uma diferença de adequação à realização fonética dessas palavras (a sílaba ca- de catorze pronuncia-se como a primeira sílaba de cavalo e a sílaba qua- de quatorze como a primeira sílaba de qualidade).

Ambas as palavras derivam do latim quattuordecim, mas a forma catorze sofreu a supressão de um fonema no interior da primeira sílaba (fenómeno a que se dá o nome de síncope).




Por que motivo algumas palavras fazem o diminutivo com S e outras com Z?
Entre os sufixos mais produtivos para a formação de diminutivos encontram-se -inho e -zinho. Desta forma, poderá, por exemplo, formar as palavras livrinho (livro + -inho) e livrozinho (livro + -zinho). Só poderá haver um -s- num diminutivo se a palavra primitiva já o contiver, pois não há, em português, um sufixo -sinho. Por exemplo, nas palavras adeusinho ou vasinho há um -s- porque as palavras são formadas de adeus ou vaso + -inho.
pub

Palavra do dia

qui·me·ris·mo qui·me·ris·mo


(quimera + -ismo)
nome masculino

[Genética]   [Genética]  Condição do organismo em que há células com informação genética diferente, com origem em zigotos distintos (ex.: quimerismo hematopoético).

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/carne [consultado em 17-05-2021]