Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

capitão-boca-mole

capitão-boca-molecapitão-boca-mole | n.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

capitão-boca-mole capitão-boca-mole


nome

(A definição desta palavra estará disponível brevemente. Envie comentários ou sugestões para dicionario@priberam.pt)
pub

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

realidade onde foi criado. E, por favor, que conversa mole é aquela de que os policiais do BOPE são todos varões da moral e incorruptíveis, se fica claro no filme que eles sabem muito bem quais são os PMs corruptos? Já que sabem - e seguindo a lógica do capitão Nascimento que afirma não ver diferença entre

Em TUDO EM CIMA

Uma passagem de vista na rede e deparamos com sacrossantices intelectualóides daqueles que certamente tendo visto todos os jogos no recesso das suas casinhas, resolveram teclar alguns desabafos, desdenhosamente se apartando daquela mole imensa de povinho faceiro que invadiu praças, ruas, "fãzones

Em Real Associação do Médio Tejo

Uma passagem de vista na rede e deparamos com sacrossantices intelectualóides daqueles que certamente tendo visto todos os jogos no recesso das suas casinhas, resolveram teclar alguns desabafos, desdenhosamente se apartando daquela mole imensa de povinho faceiro que invadiu praças, ruas, "fãzones

Em estadosentido

admiração da mole do povo. Como imensa toalha de gaze que se desdobrasse na curva do horizonte, vem distendida cobrir numa nevoa esbranquiçada o enlevo daqueles fugidios momentos. E lá ficou sepultado na densa neblina o “Clemencia”, roubado à contemplação de milhares de olhos, envolvendo-o mais e mais na

Em navios e navegadores

voltas para o lado a rebolar. Ela enfiou-se na terra mole do sítio onde tinha estado, viu de esguelha o seu rebentamento, sentiu a terra que levantara cair-lhe no camuflado e ouviu o zumbido dos estilhaços. Cabeça entre os braços, ficou agarrado ao chão. Nunca imaginara que isso fosse possível, mesmo

Em Luís Graça & Camaradas da Guiné
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


É com espanto que vejo que na conjugação do verbo haver aparecer a forma houveram. Sempre aprendi que a 3.ª pessoa do plural do pretérito perfeito não existe. Podem-me explicar se é moda nova?!
A flexão do verbo haver varia consoante o seu emprego. Assim, quando este é empregue como verbo principal, com os sentidos de “existir” (em 1.a), de "ter decorrido" (em 2.a) e de “acontecer” (em 3.a), ele é impessoal, i.e., utiliza-se apenas na 3.ª pessoa do singular. Daí a má formação das frases 1.b), 2.b) e 3.b), assinaladas com asterisco (*):

1. a) Houve muitos deputados investigados.
b) * Houveram muitos deputados investigados.

2. a) Havia duas horas que estava à espera.
b) * Haviam duas horas que estava à espera.

3. a) Na semana passada houve muitos acidentes.
b) * Na semana passada houveram muitos acidentes.

Quando é empregue como verbo principal com outros sentidos que não os de "existir", "ter decorrido" ou "acontecer", é flexionado em todas as pessoas:

4. a) Os organizadores do colóquio houveram por bem encomendar uma sondagem. [achar, considerar]
b) E que bem se houveram os portugueses no confronto! [avir-se]

O verbo haver emprega-se ainda como auxiliar em tempos compostos, sendo também flexionado em todas as pessoas:

5. As encomendas haviam sido entregues.

Como se pode ver pelas frases 4-5, a 3.ª pessoa do plural do pretérito perfeito do verbo haver existe, pelo que o conjugador deve incluí-la, não podendo é ser utilizada nos casos em que o verbo é impessoal.




No Dicionário da Língua Portuguesa On-line não se encontra a palavra Oceânia, mas o corrector ortográfico do FLiP aceita-a. Tenho ainda uma dúvida sobre a acentuação desta palavra. Se Oceânia é escrito com acento circunflexo no primeiro A, então trata-se de uma palavra esdrúxula (vocábulo proparoxítono). No entanto, em linguagem oral usa-se como palavra grave: Oceania. É mais um caso de mera diferença entre oralidade e escrita?
O Dicionário Priberam da Língua Portuguesa (DPLP) é um dicionário cuja nomenclatura compreende o vocabulário geral e, tal como a maioria dos dicionários de língua, não inclui nomes próprios. Como Oceânia é um nome próprio geográfico, não pode ser encontrado no DPLP. Neste caso, o FLiP permite sugerir formas gráficas que se aproximam da forma digitada. Esta funcionalidade é particularmente útil, pois possibilita a correcção de erros de digitação, apesar de muitas vezes o corrector ortográfico do FLiP reconhecer palavras que não estão no DPLP: é este o caso de Oceânia.

A palavra Oceânia é esdrúxula (ou proparoxítona). Apesar de haver inúmeras ocorrências escritas e orais de Oceania, esta forma não está atestada nas obras de referência para o português europeu, apesar de ser a forma consagrada no português do Brasil.

pub

Palavra do dia

ar·ven·se ar·ven·se


(latim arvensis, -e)
adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

1. Que cresce em terras cultivadas (ex.: espécie arvense).

2. Que produz grão ou forragem (ex.: cultura arvense; produções arvenses).

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/capit%C3%A3o-boca-mole [consultado em 01-07-2022]