Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

camaronense

camaronensecamaronense | adj. 2 g. n. 2 g.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ca·ma·ro·nen·se ca·ma·ro·nen·se


(Camarões, topónimo + -ense)
adjectivo de dois géneros e nome de dois géneros
adjetivo de dois géneros e nome de dois géneros

O mesmo que camaronês.

pub

Parecidas

Anagramas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

...18 de Março de 2016: Queridos amigos, Foi uma grande surpresa conhecer este patriota camaronense , fez a sua longa vida de professor em França e voltou ao país...

Em Luís Graça & Camaradas da Guiné

A defesa camaronense é que não prima de tanta qualidade quanto o seu setor ofensivo..

Em PORTO ALEGRE NA COPA

Homem sul-africano negro Mulher etíope Homem etíope Mulher camaronense Mulher chinesa Homem chinês Mulher coreana Homem coreano Mulher japonesa Homem japonês Mulher mongol...

Em Com Texto Livre

Camaronense , vai pedir o aumento da pena máxima de cinco anos para 20 anos...

Em PortugalGay.PT News

...boas jogadas dos franceses, mas também, e infelizmente, pela morte em campo do jogador camaronense , Marc- Vivien Foe..

Em PORTO ALEGRE NA COPA
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Qual é o superlativo absoluto sintético do adjectivo miúdo?
O adjectivo miúdo admite o superlativo regular miudíssimo e o irregular minutíssimo, derivado do superlativo latino minutissimus, do adjectivo minutus, que está na origem etimológica de miúdo.



Li hoje uma citação de José Régio que dizia: "Um deles morreu lá dentro e ninguém 'no' foi buscar". Pergunto: por que o pronome oblíquo "o" assume nesse caso a forma "no"? Também poderia ser escrito: "...e ninguém o foi buscar"? Poderiam dar também mais algum outro exemplo do uso desse tipo de colocação especial, e como usá-la da maneira correta?
A frase Um deles morreu lá dentro e ninguém no foi buscar é equivalente a Um deles morreu lá dentro e ninguém o foi buscar, com nasalização do pronome átono o após nasal (na sílaba final de ninguém).

O pronome átono o (com as flexões -a, -os, -as) assume regularmente a forma -no (com as flexões -na, -nos, -nas) quando é antecedido de uma forma verbal terminada em nasal (ex.: levem + o = levem-no), normalmente -am, -em, -ão ou -õe (ex.: limpam-no, limpem-no, dão-nos, põe-na, põem-nos).

Este comportamento acontece também, mas não como regra, antes num registo de língua considerado popular, em contextos com o pronome átono antecedido de nasal, nomeadamente em advérbios como não, bem ou pronomes como alguém, ninguém, quem (ex.: espero não na ver; ninguém no sabe; quem nas viu não disse nada).

pub

Palavra do dia

re·fu·gar re·fu·gar


(latim refugo, -are)
verbo transitivo

1. Pôr de parte. = DESPREZAR, REJEITAR

2. [Brasil]   [Brasil]  Separar, apartar (ex.: refugar o gado).

Confrontar: refogar.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/camaronense [consultado em 22-01-2022]