Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

calimba

calimbacalimba | n. f.
calimbacalimba | n. f.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ca·lim·ba ca·lim·ba 1


(espanhol calima, do latim calymma, -atis, do grego kálumma, -atos, véu, capuz, rede de pesca)
nome feminino

[Pesca]   [Pesca]  Primeiro enredo do saco no aparelho da xávega.


ca·lim·ba ca·lim·ba 2


(do banto)
nome feminino

[Música]   [Música]  Instrumento musical idiofónico de origem africana, constituído por uma base onde se fixam lâminas, geralmente de metal, com tamanhos diferentes, que são tocadas com os dedos.

pub

Parecidas

Anagramas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

...Sol Poente” que fala de Luanda e tocou-o com quissange, instrumento que conhecemos como Calimba que é “uma espécie de harpa

Em acertezadamusica.blogspot.com

espetáculo conta com as participações de Rafael Scherk (violoncelo e calimba ), Evandro Cardoso – Manchinha (gaita ponto), Carlos Ferraz (voz, textos e rabeca) e...

Em suplementocultural

espetáculo conta com as participações de Rafael Scherk (violoncelo e calimba ), Evandro Cardoso – Manchinha (gaita ponto), Carlos Ferraz (voz, textos e rabeca) e...

Em Bebel Ritzmann

,50€ Auditório 1 Sáb, 25 out'14 às 21h45 Ficha Técnica Najla Shami: voz e calimba Sérgio Tannus: guitarra, cavaquinho, percussões e coros Pedro Pascual: Acordeão diatónico e mandola Espetáculo...

Em ascoisasdomundo.blogs.sapo.pt

...enxuto, transitando muito bem em vários gêneros entre os quais uma faixa em rítmo Calimba (El Renguito, de Belmiro Barrela) e o quase rap " Esticazoi" de Durval Souto...

Em FORMAS & MEIOS
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Posso utilizar a expressão e/ou em um texto formal? Se não, como escrevê-la? Posso escrever e ou ou e, ou?
As palavras e e ou são conjunções coordenativas, isto é, relacionam termos que podem ter a mesma função na frase (ex.: vou comprar umas calças azuis e brancas; vou comprar umas calças azuis ou brancas), sendo que a conjunção e indica adição (ex.: calças azuis e brancas) e a conjunção ou indica alternativa (ex.: calças azuis ou brancas).

A expressão e/ou é utilizada para exprimir de maneira económica e clara três hipóteses, duas delas contidas numa alternativa (uma coisa ou outra) e a outra contida numa adição (uma coisa e outra). Por exemplo, numa frase como todos os utilizadores têm o direito de rectificação e/ou eliminação dos seus dados pessoais, o texto destacado indica que é possível 1) a rectificação dos seus dados pessoais, 2) a eliminação dos seus dados pessoais, 3) a rectificação dos seus dados pessoais e a eliminação dos seus dados pessoais. Os pontos 1) e 2) estão contidos na alternativa com ou e o ponto 3) está contido na adição com e.

Não há qualquer motivo para a não utilização desta expressão num texto formal. A barra indica opcionalidade entre o e e o ou: rectificação e/ou eliminação dos seus dados pessoais = rectificação e eliminação dos seus dados pessoais / rectificação ou eliminação dos seus dados pessoais.




Como dizer correctamente: ...a área que mais lhe fascina ou ... a área que mais a fascina?
O verbo fascinar é tradicionalmente registado nos dicionários como transitivo directo, isto é, como um verbo que selecciona um complemento nominal obrigatório que não é introduzido por uma preposição (ex.: esta área fascinou o aluno), não sendo consideradas aceitáveis construções com um complemento indirecto, isto é, um complemento nominal obrigatório introduzido por uma preposição (ex.: *esta área fascinou ao aluno; o asterisco indica agramaticalidade). Quando há pronominalização dos complementos de terceira pessoa, o complemento directo corresponde aos pronomes pessoais o, a os, as e o complemento indirecto aos pronomes pessoais lhe, lhes. Assim, relativamente aos exemplos acima referidos, a pronominalização do complemento directo da frase esta área fascinou o aluno deve ser feita com o pronome o (esta área fascinou-o), pois trata-se de um complemento directo, e não com o pronome lhe (*esta área fascinou-lhe).

Em relação às frases apontadas na dúvida colocada, o caso é o mesmo. Deverá ser usada a construção a área que mais a fascina (equivalente a a área que mais fascina alguém) e não a construção *a área que mais lhe fascina (equivalente a *a área que mais fascina a alguém).

pub

Palavra do dia

zoi·si·te zoi·si·ta


([Sigismund] Zois [von Eldstein], antropónimo [mineralogista esloveno] + -ite)
nome feminino

[Mineralogia]   [Mineralogia]  Mineral ortorrômbico do grupo dos epídotos, usado como pedra preciosa.


• Grafia no Brasil: zoisita.

• Grafia no Brasil: zoisita.

• Grafia em Portugal: zoisite.

• Grafia em Portugal: zoisite.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/calimba [consultado em 26-01-2022]